Descriminar ou discriminar - Diferenças e significados

Categoria: Resumos | Disciplina: Português | Visitas: 10.096

Descriminar e discriminar existem na língua portuguesa e ambas estão escritas e grafadas corretamente. Apesar disto seus significados possuem diferenças e deverão ser utilizados sempre em situações diferentes. 

Discriminar

O verbo discriminar é relacionado diretamente ao ato de estabelecer diferenças e ainda de distinguir e diferenciar. Ele é relativo ao ato de separar algo, segregar e acima de tudo marginalizar, tendo por grande base as mesmas diferenças. Isto poderá ainda significar o ato de especificar algo listando, descrevendo, relacionando ou ainda precisando.

Ele é bastante utilizado para referir um tipo de discriminação racial, religiosa ou mesmo social. O verbo descriminar por sua vez é relacionado ao ato de inocentar alguém ou algo tirando toda a sua culpa ou crime, é relacionado ao ato de descriminalizar, ou seja, absolver, isentar ou ainda inocentar.

Discriminar é uma palavra originária do latim discriminare, devendo ser escrito com i em sua primeira sílaba. As formas conjugadas do verbo, sem exceção deverão também ser escritas desta forma.

Exemplos:

  • Essa lei vai discriminar as pessoas mais pobres!
  • Não podemos discriminar ninguém pela sua classe social.
  • Ele não discriminou ninguém, chamou todos os amigos. (diferenciou).

Descriminar

Já descriminar é uma palavra formada acrescentando um prefixo des- ao verbo criminar, o que altera o sentido do mesmo. Este prefixo é de origem latina e significa uma separação, um tipo de ação em sentido contrário, ou seja, algo para absolver um crime.

Exemplos:

  • O adultério foi descriminado no Código Penal.
  • Ele falou em descriminar o uso de algumas drogas.
  • O júri descriminou, ou seja, destituiu o crime cometido pelo réu.
  • Compartilhar >>
  • ícone facebook
  • ícone google plus
  • ícone twitter

Resumos Português

Resumo Comentários:

Nínguem comentou ainda esse resumo. Seja o primeiro!

Comente o Resumo!

Para comentar este resumo é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É grátis!