Figuras de Linguagem: Eufemismo, Comparação, Paradoxo, Sinestesia

Categoria: Resumos | Disciplina: Português | Visitas: 14.265

Figuras de linguagem são elementos ou estratégias em que o escritor usa para que o seu texto saia do padrão comum, dando um efeito que muitas das vezes o leitor não espera, assim pode deixar a leitura mais interessante e prender os leitores.

Abaixo uma explicação básica com exemplos sobre as principais figuras de linguagem existentes da língua portuguesa:

Eufemismo - quando se deseja falar algo de forma mais suave.

  • Exemplo: Você comeu só um pouco além da conta. (para não dizer que comeu muito)

Ironia - quando se deseja dizer algo falando outra coisa completamente diferente.

  • Exemplo: Meu filho é um anjinho! (desobediente)

Perífrase - quando se deseja se falar de algo, ressaltando as suas características .

  • Exemplo: Vamos conhecer a cidade maravilhosa. (Rio de Janeiro)

Personificação ou Prosopopeia - quando se atribui ações de seres humanos a seres inanimados.

  • Exemplo: A seringueira chorou a sua seiva.

Metonímia ou Transnominação - quando dizemos uma coisa para se lembrar de outra.

  • Exemplo; Assistimos ao Palmeiras - não se assiste ao Palmeiras, mas o jogo de futebol do Palmeiras.

Hipérbole ou Auxese - quando se exagera em um termo.

  • Exemplo: Ela comeu uma montanha de lanches.

Disfemismo ou Cacofemismo - figura de linguagem em que consiste em usar o sarcasmo ou depreciar uma situação ou uma pessoa.

  • Exemplo: ver o sol nascer quadrado.

Metáfora - quando se tem o objetivo de obter relação entre dois termos devido a alguma semelhança.

  • Exemplo: Ele é um gato.

Comparação - ato de se comparar duas coisas e no meio da frase se usa um conectivo.

  • Exemplo: A água está gelada como iceberg.

Sinestesia - quando se coloca em uma frase duas sensações  em que se fundem.

  • Exemplo: Aquela mulher tem uma voz muito suave.

Catacrese - figura de linguagem que é usada quando não se tem um termo exato para algo .

  • Exemplo: A boca do fogão deve ser bem lavada.

Paradoxo - Exposição de palavras com sentidos bem diferentes.

  • Exemplo: O menino não lava, suja mais ainda.

Antítese - quando duas ideias bem diferentes se encontram.

  • Exemplo: De tanto te odiar, acho que estou te amando.

Figuras de linguagem exercícios com gabarito

  • Compartilhar >>
  • ícone facebook
  • ícone google plus
  • ícone twitter

Resumos Português

Resumo Comentários:

Nínguem comentou ainda esse resumo. Seja o primeiro!

Comente o Resumo!

Para comentar este resumo é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É grátis!