Termos Acessórios da Oração: Adjunto Adnominal e Adverbial, Aposto e Vocativo

Categoria: Resumos | Disciplina: Português | Visitas: 2.400

Os termos acessórios adjetivam o ser, definem substantivos e determinam circunstâncias verbais. São quatro os termos acessórios da oração: adjunto adnominal, adjunto adverbial, aposto e vocativo.

Termos integrantes dão sentido a oração. Já os termos acessórios da oração são elementos dispensáveis a compreensão do enunciado.

Conheça suas particularidades de cada um:

1. Adjunto adnominal

O adjunto adnominal dá a característica, modifica ou determina o nome. Artigos, adjetivos, numerais, pronomes e pelas locuções ou expressões adjetivas acompanhadas com a preposição de são adjuntos adnominais.

Para identificar é necessário localizar o núcleo da oração. Veja os exemplos:

  • Uma dor intensa atingiu o jovem paciente.

Sujeito: uma dor intensa;
Núcleo do sujeito: dor;
Adjunto Adnominal do Sujeito: uma/intensa.

  • Aquelas duas igrejas históricas serão restauradas.

Sujeito: aquelas duas igrejas;
Núcleo do sujeito: duas igrejas;
Adjunto Adnominal: históricas.

2. Adjunto adverbial

Advérbio é a palavra que modifica o verbo. O adjunto adverbial é o advérbio ou expressão adverbial que confere ideia de lugar, tempo, causa, modo, intensidade, dúvida, instrumento, meio, companhia, negação, afirmação e finalidade.

Confira alguns exemplos de adjuntos adverbiais:

  • De lugar: Foi para longe. Mudou-se para perto;
  • De tempo: Dormi cedo. Cheguei tarde;
  • De causa: Faltei à festa porque estava com enxaqueca;
  • De modo: Dirige bem. Cozinha mal;
  • De intensidade: Trabalha bastante. Estuda muito;
  • De dúvida: Talvez eu viaje no feriado;
  • De instrumento: A blusa foi feita com seda chinesa;
  • De meio: Voltei para casa de metrô;
  • De companhia: Moro com os pais. Trabalho com seu irmão;
  • De negação: Não fui ao cinema;
  • De afirmação: Trata-se, realmente de um grande filme;
  • De finalidade: Fui ao banco para encerrar minha conta.

3. Aposto

O aposto explica, resume ou desenvolve algo citado anteriormente. Ele vem separado por vírgulas, travessões ou parênteses. O aposto pode ser explicativo, distributivo, enumerativo, comparativo e resumidor. Veja um exemplo:

  • O rio Tietê, limpo em sua nascente, torna-se sujo quando aproxima-se de São Paulo.

Na frase acima, temos um aposto explicativo.

4. Vocativo

O vocativo é usado para chamar, interpelar ou evocar pessoas, animais e seres sobrenaturais. Separado por vírgulas, o vocativo não tem ligação com outros termos da oração. Confira um exemplo:

  • Não faça mais isso, menino!

Você se lembrava o que eram os termos acessórios da oração? No Gabarite tem mais dicas de Português.



Resumos Relacionados

Comentários Resumo

    Bethania Medeiros Costa
  • Por bellyy em 10/09/2017 às 14:16:32
  • Igreja é o núcleo do sujeito.

Comentar Resumo

Para comentar este resumo é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!