SEAP RJ DE PRÓXIMO AGUARDANDO TESTE FÍSICO

Categoria: Fórum | Assunto: Seap RJ | Comentários: 10.140 | Visitas: 735.300

    andre silva de souza

    Criado por andresilvadesouza em 20/11/2012 às 12:56:30

    VAMOS POSTAR INFORMAÇÕES DE MAIS CONVOCAÇÕES PARA SEAP RJ. BOA SORTE A TODOS.

Fórum comentários

    Elvio de Sálvio

    Por elvio82 em 20/02/2018 às 12:01:59

    Falar de 2006 hj é falar de mortos.

    wilson moreira cesar

    Por wcesar2c em 20/02/2018 às 12:07:57



    Rebelião em penitenciária de Japeri é debelada por INSPETORES PENITENCIÁRIOS
    19/02/2018 11:39:41
    No final da tarde desse domingo (18), quatro inspetores penitenciários faziam a contagem (confere) de 2109 (dois mil, cento e nove) presos nas galerias da Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, quando foram rendidos sob a mira de armas. Os rebelados alcançaram a inspetoria e renderam também os dois únicos inspetores que a guarnecia. Na tentativa de fuga frustrada os presos vestiram os uniformes dos inspetores (deixando-os de cueca) fazendo-os reféns. Com o coletivo destrancado, os amotinados tentaram sair pela porta da frente, mas foram impedidos pelo inspetor penitenciário Barroso que teve o apoio do Grupamento de Serviço de Segurança Externa (GSSE) da Seap.

    Um destacamento da Polícia Militar estava no local por causa de uma denúncia de tentativa de fuga que supostamente contaria com a ajuda de criminosos que dominam a região. Diante da constatação da rebelião, outros reforços policiais chegaram ao local em apoio aos inspetores penitenciários na segurança externa da penitenciária, uma vez que não tiveram autorização para entrar e em nenhum momento entraram na unidade prisional. Toda a negociação foi conduzida pelo Subsecretário de Gestão Operacional Isap Rodolfo Laterça, pelo Superintendente de Segurança Edmilson Gama Anastácio, pelo subdiretor e pelo chefe de Segurança da penitenciária. Foram entregues um revólver cal.38 2 polegadas; uma pistola Ruget 89 9mm e uma pistola Glock 9mm, uma granada de efeito moral e uma lanterna.

    A Penitenciária Milton Dias Moreira, em Japeri, abriga atualmente 2109 presos, embora sua capacidade de lotação seja de 884 detentos e não conta com cinturão de segurança. Mesmo com o equipamento de escâner parado há três meses e com a revista pessoal (chamada vexatória) proibida, a unidade continua com a visitação liberada e recebe uma média de 1100 a 1200 visitantes por semana, com um efetivo funcional de 7 (sete) inspetores penitenciários na turma de plantão. Destaque-se que esse efetivo funcional era de apenas 4 ou 5 inspetores antes da recente chegada de concursados do certame de 2003.

    Inspetores penitenciários que não estavam de plantão e também de outros grupamentos da Seap estiveram no local em apoio aos companheiros. A diretoria do Sindicato dos Servidores do Sistema Penal esteve representada pelo presidente Isap Gutembergue de Oliveira, pelo diretor de Defesa de Classe Isap Marcos Ferreira de Lima e pelo diretor Secretário Isap Odonclei Boechat, que acompanharam toda a ocorrência. A negociação foi vitoriosa e obteve êxito com o fim da rebelião sem nenhum dano físico nos reféns. Os presos que tentaram empreender fuga foram feridos ao trocar tiro com o policiamento que se encontrava de reforço. Levados ao hospital e atendidos, um deles já retornou para a unidade e os outros permanecem em observação.

    “Isso demonstra o grau de profissionalismo dessa categoria, que sem condições de trabalho, calendário de pagamento atrasado, ainda assim, controla há anos esse caos”, disse Gutembergue de Oliveira presidente do SindSistema Penal ao final da rebelião. “Inspetores penitenciários, como os que atuam nas turmas de plantão em Japeri e em todas as nossas unidades prisionais expõem suas vidas todos os dias em condições precaríssimas, para custodiar e vigiar uma superpopulação carcerária e dar um pouco mais de segurança à população do estado do Rio de Janeiro”, ressaltou Gutembergue de Oliveira.
    FUI

    wilson moreira cesar

    Por wcesar2c em 20/02/2018 às 12:22:03

    ABSURDO EM JAPERI( quando houve a rebelião)
    4 Inspetores Penitenciários, fazendo a contagem de mais de 2.000 presos nas galerias das Penitenciárias( regime fechado), tiveram alívio com a chegada de mais 4 estagiários da 2° Turma do Concurso de 2003.

    GALERA DA 2ª TURMA DE 2003. É isso aí, vocês não vão encontrar "mamão com açucar "
    Obs: Estou sendo informado que muitos do Estágio, já pediram exclusão, não aguentaram a " pressão "
    fui

Comentar Fórum

Para comentar neste fórum é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Palavras de baixo calão ou agressões serão excluídas e o usuário bloqueado. Seu ip é 54.90.119.59.