Perito Polícia Civil SP 2014 - Gabarito e Resultado

Categoria: Fórum | Assunto: Polícia Civil SP | Comentários: 1.514 | Visitas: 273.670

    Rafael Peixoto

    Criado por rafapeixoto em 21/07/2012 às 14:15:53

    Sobre a prova, gabarito e o resultado final do concurso para Perito da Polícia Civil de São Paulo 2014.

    A prova está prevista para ser aplicada neste domingo dia 16/02/2014.

    E ai galera o que vocês estão esperando da prova?

    - Nível de dificuldade, nota de corte, se é que podemos prever algo. rs

    Boa sorte a todos!!!

    http://www.vunesp.com.br/PCSP1302/

Fórum comentários

    Magno Elpidio

    Por magno54 em 18/04/2017 às 10:22:33

    Falta de peritos criminais prejudica serviços no Estado
    Sindicato da categoria diz que profissionais enfrentam problemas, porque número é 40% abaixo do necessário
    DA REDAÇÃO 16/04/2017

    A quantidade de peritos criminais é 40% menor do que o necessário no Estado de São Paulo, reclama o sindicato da categoria. O resultado, segundo a entidade, é a ineficiência do Estado para colocar bandidos na cadeia. Enquanto isso, aprovados em concursos públicos não foram chamados.

    “Você fica angustiada. Acaba deixando um monte de coisas de lado, porque fica naquela expectativa que pode ser chamada a qualquer momento”, traduz uma moradora da Grande São Paulo, de 32 anos, sobre o sentimento de ter passado em um concurso público e ainda não ter começado a trabalhar.

    Ela, que pediu para não ter o nome revelado, é apenas uma das milhares de pessoas aprovadas na seleção para perito criminal da Polícia Científica. “O resultado saiu em maio de 2015 e até agora chamaram apenas 30% dos 447 aprovados. Se pelo menos dessem um cronograma”, lamenta.

    Efeito cascata

    O resultado, segundo os funcionários, é a ineficiência do trabalho. Um perito criminal da Polícia Científica em Santos, há 25 anos, ouvido pela Reportagem, diz que, por falta de pessoal, é comum parar um atendimento em Praia Grande para fazer um outro, de emergência, na Ponta da Praia, em Santos.

    “A logística é bastante complicada, até porque o trânsito está cada vez mais difícil”, diz ele, que também pediu para não ter o nome publicado.

    Isso gera, segundo o profissional, diversas consequências. “Você vai parar na corregedoria que apura atraso na confecção dos laudos. Tem cobrança também do Ministério Público e aí entramos num círculo vicioso muito ruim”, explica.

    Há os peritos que não suportam a pressão e acabam pedindo afastamento por problemas de saúde. “É muita pegação no pé”, diz uma fotógrafa da Polícia Científica, afastada do serviço desde o fim do ano passado.

    Com 23 anos de experiência, ela não resistiu à rotina. “É a pior situação que já vivi nesses anos de polícia. A coisa nunca esteve tão ruim”, reclama.

    Números

    O presidente do Sindicato dos Peritos Criminais do Estado de São Paulo (Sinpcresp), Eduardo Becker, prevê que a situação pode piorar até o fim do ano, porque cerca de 200 profissionais devem se aposentar.

    Na opinião de Becker, o Governo Estadual precisa admitir cerca de 500 peritos. A conta leva em consideração o preconizado pela Organização das Nações Unidas (ONU), que seria necessário um perito criminal para atender 5 mil habitantes. Atualmente, São Paulo conta com 1.177 funcionários atuando nessa área, o que dá uma média de um perito para 45 mil habitantes.

    “O governo tem investido em viatura, mas não tem pessoal. É por isso que você vê tanto carro parado nas delegacias. Um único perito tem que cobrir um raio de 200 quilômetros”, lamenta Becker.

    O sindicalista diz, ainda, que São Paulo (Estado com a maior população carcerária do País - mais de 230 mil detentos) não tem nenhum preso cadastrado no banco de dados. “Porque não tem material nem gente para fazer esse serviço”.

    Respostas

    A Tribuna enviou uma série de perguntas à Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP). Seguem, abaixo, as questões e as respostas dadas pelo Estado.

    O Estado pretende chamar peritos aprovados em concurso?
    A Superintendência de Polícia Técnico-Científica (SPTC) informa que, desde 2011, foram contratados para Baixada Santista 37 policiais científicos. Essas contratações são realizadas sempre de acordo com as provisões orçamentárias e com a Lei de Responsabilidade Fiscal. O número atual é próximo ao considerado ideal pela Superintendência.

    O Governo concorda com os números apresentados pelo sindicato sobre a defasagem e necessidade de contratações?
    Sem resposta.

    Com a reforma do Palácio da Polícia, para onde iria a Polícia Científica?
    Até o momento, o órgão não foi notificado formalmente de necessidade de desocupação, por parte do IC (Instituto de Criminalística), do prédio do Palácio da Polícia.

    Quando os cerca de 230 mil detentos serão cadastrados no banco de dados?
    A SSP tem realizado estudos baseados em relatórios apresentados pela Polícia Cientifica para viabilizar esse tipo de coleta de DNA.

    http://www.atribuna.com.br/noticias/noticias-detalhe/cidades/falta-de-peritos-criminais-prejudica-servicos-no-estado/?cHash=5728750709a1712d877c6a1894ffe891



    Magno Elpidio

    Por magno54 em 10/05/2017 às 15:47:40

    Contra déficit, secretário de Segurança anuncia 1.040 novos policiais civis em SP

    Agentes devem atuar nos municípios após quatro meses de preparação na Acadepol, disse Mágino Barbosa Filho, em Ribeirão Preto. Desde início da gestão Alckmin, Estado teve perda de 3 mil agentes.

    O secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Mágino Barbosa Filho (Foto: Rodolfo Tiengo/G1) O secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Mágino Barbosa Filho (Foto: Rodolfo Tiengo/G1)
    O secretário de Segurança Pública do Estado de São Paulo, Mágino Barbosa Filho (Foto: Rodolfo Tiengo/G1)
    O secretário de Segurança Pública do Estado, Mágino Barbosa Filho, confirmou nesta quarta-feira (10) a nomeação de 1.040 policiais civis para São Paulo. Segundo ele, os novos agentes devem começar a atuar nos municípios após quatro meses de preparação na Academia de Polícia (Acadepol).
    A medida visa minimizar o déficit dos quadros da instituição, que perdeu três mil profissionais desde o início da gestão de Geraldo Alckmin (PSDB), segundo levantamento feito no final de 2016 pelo G1 com dados do Diário Oficial e do Portal da Transparência. No ano passado, o governador havia anunciado a nomeação de outros 835 policiais.
    "Nomeamos mais 1.040 policiais civis e ao longo deste ano ainda vamos nomear mais policiais civis. A nossa ideia é reduzir ao máximo esse déficit que existe nos efetivos da Polícia Civil", disse Barbosa Filho durante visita a Ribeirão Preto (SP) para a cerimônia de passagem do Comando de Policiamento do Interior (CPI-3).
    O déficit no efetivo tem relação com a forma como as prisões têm sido realizadas no Estado, de acordo com o Instituto Sou da Paz. Estudo realizada pela entidade com base em estatísticas oficias da Segurança Pública aponta que, de cada dez prisões no Estado, sete são em flagrante, um sinal de falta de investigação da Polícia Civil para os pesquisadores.
    O secretário, no entanto, não definiu quais cidades serão priorizadas com os novos profissionais.
    "Não tem previsão, isso depende de uma análise que a gente faz para o Estado inteiro. Então ao término do curso lá na academia, onde todos policiais têm que passar, vamos fazer a distribuição do efetivo para todo Estado."
    Déficit de policiais civis
    A Polícia Civil de São Paulo perdeu 3 mil policiais desde que Geraldo Alckmin (PSDB) assumiu o governo do estado em 2011. Levantamento realizado pelo G1 com dados do Diário Oficial e do Portal da Transparência mostra que, em contrapartida, o efetivo da Polícia Militar pouco se alterou no período: a taxa de ocupação dos cargos da instituição sempre se manteve na casa dos 95%.
    Para especialistas, a diferença de investimento é clara, aponta a priorização de uma polícia de confronto e acirra uma competição já existente entre as duas instituições. O governo garante que "investe constantemente na modernização e ampliação de todas as polícias" e que "não há qualquer privilégio de uma em detrimento das outras".
    Em janeiro de 2011, quando tomou posse, Alckmin encontrou uma Polícia Civil com defasagem de 13% no número de funcionários. A instituição deveria contar com 35.337 policiais, mas apenas 30.714 estavam em atividade.
    Em julho de 2013, o próprio governador promulgou a Lei Complementar nº 1206 que determinou que o contingente da Polícia Civil fosse ampliado e composto por um total de 36.506 profissionais - já excluindo o cargo de carcereiro que acabou extinto pelo tucano.
    A lei de 2013 adicionou 1.169 cargos aos quadros da Polícia Civil. O reforço aconteceria especificamente no braço técnico-científico da instituição, que é o encarregado pelos trabalhos de perícia criminal. As novas vagas foram anunciadas, mas, até agora, não foram ocupadas integralmente. E, segundo o governo, não há nem previsão certa para que sejam.
    Após quase seis anos de gestão Alckmin, o déficit de servidores na Polícia Civil na verdade quase dobrou, subindo para 24%, ou seja, 8,7 mil policiais a menos do que o previsto em lei. Em outubro de 2016, o efetivo da instituição era de 27.714 profissionais.

    http://g1.globo.com/sp/ribeirao-preto-franca/noticia/contra-deficit-estadual-secretario-de-seguranca-publica-anuncia-1040-novos-policiais-civis-para-sp.ghtml

    Magno Elpidio

    Por magno54 em 21/06/2017 às 11:24:42

    Só para deixar acesa aquela luz no fim do túnel. Ou seja, até 12-08-2019 ainda há esperança
    http://www.policiacivil.sp.gov.br/portal/ShowProperty?nodeId=/dipolContent/UCM_031458//idcPrimaryFile&

    Diário Oficial Poder Executivo - Seção I – quinta-feira, 01 de junho de 2017 – página 17.
    Segurança Pública
    GABINETE DO SECRETÁRIO
    Despachos do Secretário, de 31-5-2017
    No Prot. GS 5971/17, acolhendo a representação do Delegado Geral de PolíciaDGP, Prorrogo por mais 2 anos a validade do Concurso Público de Perito
    Criminal (PC - 01/2013), a partir de 12-08-2017.


    fernando zorzette

    Por zorzette em 21/06/2017 às 15:51:29

    Pessoal, tudo bem?

    Sobre a prova de títulos:

    Caso a pessoa tenha 2 pós-graduações, a banca levará em consideração apenas um único título desta modalidade (no caso pós) ou soma todos as pós como pontos até o limite de 20.

    Abraço.

    Alfredo Figo

    Por alfredofigo em 22/06/2017 às 08:44:31

    zorzette, bom dia!

    Verifique o Edital, mas pelo que eu me lembre era assim:
    Poderia apresentar até 2 títulos de Pós, 1 de Mestrado, 1 de Doutorado, e cada artigo publicado conta 1 ponto.
    Lembro que cada pós 3 ponto, não lembro o resto.
    Todos os títulos não poderiam ultrapassar 20 pontos.

    A questão do artigo publicado levantou muita gente no concurso.
    Teve candidato que estava muito mal na prova teórica e publicou inúmeros artigos em um mês. Este candidato ficou nos primeiros lugares e já foi chamado, mas não houve nenhuma ilegalidade.

    Att, Alfredo Figo.

    fernando zorzette

    Por zorzette em 22/06/2017 às 16:03:21

    Pessoal!


    Será que em algum futuro próximo teremos novo concurso para perito criminal. Há alguma noticia animadora?


    Abraço.

    Alfredo Figo

    Por alfredofigo em 23/06/2017 às 09:17:46

    zorzette,

    Em breve vai surgir um novo concurso, mas o GRANDE problema é chamar as pessoas.

    O Governo PSDB restringi muito a contratação de servidores, dificulta os reajustes das categorias e coloca o ESTADO para economizar sem previsão de Investimento.

    Não quero politizar o nosso Fórum, mas espero que o partido politico do Estado de São Paulo mude. São muitos anos de PSDB!
    Na minha opinião, pode ser qualquer outro partido: PK, PY, PX, PXLS, PVIN, PSPERANÇA menos PSDB.
    O PSDB não defende meus interesses com Servidor Público.

    Att, Alfredo Figo

    fernando zorzette

    Por zorzette em 24/06/2017 às 12:16:23

    Olá alfredofigo, blz?

    Valeu pelas respostas, tudo de bom.

    Abraço.

    Edu

    Por duda2004 em 08/08/2017 às 21:07:00

    Boa noite a todos,

    No dia 12/08/2017 completar-se-ão 2 anos desde a homologação do concurso PC-1/2013.

    Supostamente, até esse prazo, o Governo do Estado já deveria ter convocado todos os aprovados até o número de vagas do edital.

    Isso ainda não aconteceu, certo? Não tenho mais acompanhado de perto nomeações no DO.

    fernando zorzette

    Por zorzette em 06/09/2017 às 11:40:46

    Pessoal,

    Parece que sairá concurso para a Polícia Civil de São Paulo, mas não se tem notícia para concurso para perito criminal, o que é uma pena.
    Alguém tem alguma notícia mais concreta?

    mac7

    Por mac7 em 12/09/2017 às 08:25:16

    zorzette,
    Com a prorrogação da validade do concurso até agosto de 2019, provavelmente não terá edital até esta data.

    Nalva D L Telles

    Por nalvi13 em 27/09/2017 às 22:05:01

    Olá, resolvi criar esse abaixo-assinado, acessem o link e assinem por favor!

    http://www.peticaopublica.com.br/pview.aspx?pi=BR102207

Comentar Fórum

Para comentar neste fórum é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Palavras de baixo calão ou agressões serão excluídas e o usuário bloqueado. Seu ip é 54.80.146.251.