OFICIAL ADMINISTRATIVO POLÍCIA MILITAR SP

Categoria: Fórum | Assunto: Polícia Militar SP | Comentários: 9.850 | Visitas: 1.139.219

    Antonio Jair

    Criado por antonio8953 em 21/02/2014 às 16:46:06

    Fala ai galera, to criando esse tópico para todo mundo que queira trocar ideias, conhecimentos e materiais sobre este novo cargo da Policia Militar de São Paulo.
    Acredito que juntos seremos mais fortes e juntos poderemos alcançar nossos objetivos que é ingressar nessa grande carreira que é a de Funcionário Público do Estado de São Paulo.

    Um abraço a todos e bem vindos

Fórum comentários

    Alex Roberto dos reis

    Por alexediomar em 08/10/2017 às 14:27:02

    Eu tenho uma raiva quando eu LIGO a TV e vejo o Geraldinho falando que o Estado de São Paulo é o mais prospero do Brasil e que caminhamos na contra mão do país que está em crise. E no processo que eu almejo uma vaga no concurso que eu passei, o Estado diz que por Causa da crise, não tem dinheiro.
    Não devia ter ligado a TV...estragou o dia......

    Tmx

    Por tmx em 14/10/2017 às 02:14:41

    Alguém sabe dizer se tem alguém que conseguiu, se ja esta trabalhando?

    Marília Ramos de Oliveira

    Por mari2506 em 16/10/2017 às 20:46:49

    Alguém pode me explicar o que diz essa publicação acima, por favor.

    Edson Santana

    Por luz1 em 17/10/2017 às 13:53:18

    Ao que tudo indica, é uma ação coletiva, veja o texto: Trata-se de ação civil pública proposta pela Defensoria do Estado de São Paulo em face da Fazenda do Estado de São Paulo com pedido liminar no sentido de que seja determinado à ré que convoque imediatamente *todos os aprovados no concurso* da Polícia Militar edital 2/321/14 para provimentos dos cargos nele previstos.Alega o autor que o concurso se destinou ao preenchimento de 5.000 vagas para cargo Administrativo na Polícia Militar...

    SHIRLEI CRISTINA DE SOUZA PETRORENZO

    Por petrorenzo em 19/10/2017 às 14:18:24

    No meu caso o juiz que decidiu esses dias que um fotografo foi culpado por perder o olho em manifestação ( https://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2016/08/17/fotografo-cego-por-pm-em-sp-teve-culpa-exclusiva-diz-juiz-em-sentenca.htm ) Decidiu que não tenho direito a posse e que praticamente nenhum de nós que fomos aprovados no concurso dentro do numero de vagas temos esse direito.

    1044913-95.2017.8.26.0053

    (Tramitação prioritária)
    Classe:
    Mandado de Segurança

    Área: Cível
    Assunto: Nomeação
    Outros assuntos: Posse e Exercício
    Distribuição: 25/09/2017 às 11:18 - Livre
    10ª Vara de Fazenda Pública - Foro Central - Fazenda Pública/Acidentes
    Controle: 2017/001485
    Juiz: Olavo Zampol Júnior
    Valor da ação: R$ 2.900,00

    Não Concedida a Medida Liminar
    Trata-se de pedido liminarmente feito por Shirlei Cristina de Souza Petrorenzo nos autos da ação mandamental que move contra o Comandante Geral da Polícia Militar do Estado de São Paulo, por onde busca ser empossada em cargo para o qual foi aprovada em concurso, visto entender que estando vencido o prazo de validade do certame, não tendo a administração nomeado nenhum dos aprovados, assim deverá proceder.De ser indeferida a medida,Assim porque, entendo, não está presente o fumus boni juris.Filiado ao entendimento de que os candidatos aprovados em concurso têm mera expectativa de direito à nomeação, desde que não preteridos, a isso se chega.É que a aprovação no concurso não gera direito absoluto à nomeação ou à admissão, na medida em que continua o aprovado com a simples expectativa de direito à investidura no cargo ou emprego disputado.Não houve abertura de outro concurso e nenhum candidato aprovado foi nomeado.Não se desconhece a posição STF, que considera o direito subjetivo à nomeação do aprovado dentro do número de vagas, porém esse direito só surgiria na hipótese de a Administração deixar escoar o prazo de validade do concurso sem chamar os aprovados, praticando em seguida ato incompatível com a moralidade administrativa, abrindo novo concurso ou promovendo ascenção funcional interna.No caso, já adiantou a impetrante, nenhum candidato aprovado foi nomeado, o que releva os aspectos de ordem de conveniência e oportunidade que esvaziam, nesse momento, a possibilidade de entrega da liminar requerida.Isto posto, indefiro o pedido liminar.Requisitem-se as informações de estilo, dando-se vista, ao depois, ao Ministério Público.Dê-se ciência do feito ao órgão de representação judicial da pessoa jurídica interessada, enviando-lhe cópia da inicial sem documentos, para que, querendo, ingresse no feito.Defiro a gratuidade da justiça à impetrante.
    25/09/2017 Conclusos para Decisão

    Pablo Miramar Lourenço de Barros

    Por miramarsp em 20/10/2017 às 17:03:17

    petrorenzo

    O meu mandado de segurança deu o mesmo resultado, mas com argumentação um pouco diferente. No meu caso a juíza acatou o argumento do Governador sobre a crise e responsabilidade orçamentária (pausa para rir). Ou seja, o Estado optou pela ilegalidade e encontrou juízes que que lhe dessem amparo. No caso, o meu advogado entrou com recurso no TJ e, caso não consigamos, seguiremos até o STF se preciso. Recomendo que você faça o mesmo. A idéia agora é você procurar a orientação do seu advogado.

    fernando de barros goncalves

    Por fernandoopala em 25/10/2017 às 20:52:35

    alguem conseguiu resultado positivo com relação ao mandado??

    Moroni SP

    Por clarindomoroni em 02/11/2017 às 08:51:31

    Pessoal, bom dia.

    Este recado é para todos aprovados neste concurso Oficial da PM SP, que entraram com mandado de segurança ou estão já na Justiça em andamento.
    Quero deixar um alerta para que, busquem trocar idéias com seus advogados, e sugerir, estratégias para vcs conseguirem sucesso de vitória na justiça, pois o Governador, está tentando a todo modo vencer vcs que tem esse direito garantido.
    Ele está se defendendo no Tribunal de Justiça, alegando que nao tem dinheiro, porém todo mundo sabe que, eles estão usando o Estado como cabide de emprego para seus apadrinhados políticos. Agora, está publicado nos jornais de concursos, diversos Concursos abertos, inclusive para Polícia Militar e Polícia Civil. Ora, se não tem dinheiro, porque abrir novos concursos?? é mais um golpe??
    Pois bem, o que eu quero informar a vcs, para que, levem como sugestão a seus advogados é o seguinte:
    Todo mundo sabe que, o Ministério Público moveu uma ação, e a Juíza acatou, referente o desfalque de servidores da Polícia Civil. Pois o Alckmin com a desculpa do decreto 61.466/15 suspendeu as contratações, porém, corre solta cada dia mais entrando comissionados.
    Por causa disso, a justiça, obrigou ele como governador contratar servidores para polícia civil, e a juíza sustentou que, perante a Constituição Federal, o Estado tem o dever de zelar por serviços essenciais como Segurança Pública. Veja o trecho que a Juíza disse isso:
    " No entendimento da juíza Juliana Maria Finatti, a segurança é um direito constitucional do cidadão e obrigação do Estado. Coube a ela determinar que o governo estadual adotasse medidas cabíveis para garantir à Delegacia de Polícia de Águas de Lindóia, município de 18,4 mil habitantes na região de Campinas, o mínimo de 22 policiais, e afirmou:

    "Certo é que a resolução foi revogada. No entanto, a obrigação do Estado não advém apenas de um ato normativo, mas da Constituição Federal, que instituiu a segurança pública como um direito fundamental do cidadão", afirmou a juíza na sentença.

    O Geraldo Alckimin covardemente, tentou se defender, que o judiciário não deveria se intrometer em assuntos do Executivo, ou seja, ele faz as lambanças, improbidade administrativa, e nao quer que o Judiciário tome providência.
    Por essa razão que estou informando a todos.
    Se voces observar nos princípios constitucionais, vai ver que está contido na Lei 7783/89 no artigo 10, que fala sobre os serviços essenciais do Estado que o Governador deve manter a contento:
    Art. 10 São considerados serviços ou atividades essenciais:
    I - tratamento e abastecimento de água; produção e distribuição de energia elétrica, gás e combustíveis;

    II - assistência médica e hospitalar;

    III - distribuição e comercialização de medicamentos e alimentos;

    IV - funerários;

    V - transporte coletivo;

    VI - captação e tratamento de esgoto e lixo;

    VII - telecomunicações;

    VIII - guarda, uso e controle de substâncias radioativas, equipamentos e materiais nucleares;

    IX - processamento de dados ligados a serviços essenciais;

    X - controle de tráfego aéreo;

    XI compensação bancária.

    Dessa forma, quero informar a todos voces, que diante disso, e diante da decisao judicial, para repor servidores aprovados na Polícia Civil, seus advogados poderão invocar essa tese, em favor de todos vocês.
    Converse com seus advogados, leve essa sugestão a eles.
    Para quem está meio por fora dessa notícia que a justiça obrigou o Alckmin repor policiais civil, isso a imprensa noticiou, e vcs podem conferir aqui neste link http://delegados.com.br/component/k2/justica-obriga-governo-alckmin-a-repor-policiais-civis-mesmo-apos-fim-de-resolucao

    César Bolognisi

    Por bolognisi em 16/11/2017 às 10:05:06

    Pessoal será que algum dos aprovados já foi nomeado e está trabalhando? Será que ganharemos o Mandado de Segurança?

    dulcilene fernandes lima

    Por dulcilene20 em 16/11/2017 às 11:32:05

    Gostaria de saber também, se alguém conseguiu entrar

Comentar Fórum

Para comentar neste fórum é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Palavras de baixo calão ou agressões serão excluídas e o usuário bloqueado. Seu ip é 54.161.108.158.