CONCURSO ASSEMBLEIA LEGISLATIVA MS (AL MS 2015)

Categoria: Fórum | Assunto: Assembleia Legislativa MS | Comentários: 53 | Visitas: 6.784

    Mario Mattos
    Autor sanguenuzoi em 18/12/2014 às 09:29:14

    A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul realizará o primeiro concurso público para o seu quadro permanente de servidores.

    Na quarta-feira, dia 29/10/2014, durante a sessão plenária, o presidente da Casa de Leis, deputado Jerson Domingos (PMDB), solicitou que sejam tomadas as medidas necessárias para a abertura do certame.

    A expectativa é de que sejam oferecidas 350 vagas em cargos de níveis fundamental, médio e superior. Este será o primeiro concurso realizado pela Casa.

    Este fórum é destinado aos colegas que pretendam se preparar antecipadamente para o concurso!!

    • Compartilhar >>
    • ícone facebook
    • ícone google plus
    • ícone twitter

    Janaina Vareiro da Costa Batistoti
    Por concurseiracost em 23/01/2015 às 16:20:52

    Olá colegas,

    Segue abaixo uma nota que foi publicada no jornal correio do estado do dia 21-01-2015:

    Concurso
    " O novo presidente da Assembleia legislativa de MS terá de enfrentar um tabu, ou seja, conseguir realizar concurso público.Desde a implantação do Estado de MS, em 1° de janeiro de 1979, nenhuma oportunidade foi aberta para a população.Muitos aposentados por lá não querem abrir mão das tetas."

    Haja coração!

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 28/01/2015 às 14:47:18

    Deputados reúnem-se e definem composição da Mesa Diretora

    Os deputados estaduais eleitos reuniram-se nesta terça-feira (27/01) para definir a composição da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul para o biênio 2015/16.

    Na reunião, realizada na Presidência, ficou definida a chapa de consenso para a eleição. Junior Mochi (PMDB) será presidente e Zé Teixeira (DEM) assumirá a primeira secretaria da Casa de Leis. Também ficaram definidos os nomes de Onevan de Matos (PSDB) para a primeira vice-presidência; Grazielle Machado (PR) para a segunda vice-presidência e Felipe Orro (PDT) para a terceira secretaria.

    Os nomes do segundo secretário da Casa de Leis, indicado pelo PT, e da terceira vice-presidência serão definidos no decorrer da tarde. Os deputados estaduais eleitos e reeleitos para a 10ª Legislatura tomarão posse durante solenidade que será realizada às 9h do dia 1º de fevereiro (domingo), no Plenário Deputado Júlio Maia.

    Após a cerimônia de posse, será eleita a Mesa Diretora da Casa de Leis. O mandato dos parlamentares compreende o período de 1º de fevereiro de 2015 a 31 de janeiro de 2019.

    Janaina Vareiro da Costa Batistoti
    Por concurseiracost em 02/02/2015 às 17:29:38

    Edital nº 007/2015
    A 31ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e
    Social da comarca de Campo Grande-MS torna pública a
    conversão de Procedimento Preparatório em Inquérito
    Civil, que se encontra à disposição na Av. Ricardo
    Brandão, nº 232 - Itanhangá Park.
    Inquérito Civil nº 052/2014
    Requerente: Denúncia anônima
    Requerido: A apurar
    Assunto: Apurar suposta irregularidade na Assembleia
    Legislativa de Mato Grosso do Sul no que se refere à
    contratação de servidores sem a realização de concurso
    público.
    Campo Grande, 07 de janeiro de 2015.
    PAULA DA SILVA SANTOS VOLPE – Promotora de
    Justiça em substituição legal

    O novo presidente da casa ainda diz que "vai tentar realizar"... Temos que nos manifestar para que esse concurso saía, pq acho que do jeito que tá não vai sair!! Os sangue-sugas não querem perder a cadeira cativa.

    Flavio Santana
    Por concurseiroms em 02/02/2015 às 18:29:24

    Realmente, ouvi falar segundo fonte segura de dentro da casa que, o concurso só a partir do 2° semestre. Tanto é, que, se fosse prioridade o presidente da casa teria se manifestado a respeito na posse, mas no meu ponto de vista se ninguém pressionar os deputados, dificilmente ocorrerá esse concurso.

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 04/02/2015 às 13:23:35

    Olá pessoal, hoje eu enviei um e-mail para o presidente de AL MS, solicitando o empenho dele na realização do concurso. Sugiro que os colegas façam o mesmo, pois sem pressão acho que o danado do concurso não sai não.
    O e-mail dele é: juniormochi[Arroba]juniormochi.com.br.
    Mãos à obra.

    DIEGO CORREA
    Por diegopcms em 04/02/2015 às 13:41:29

    BOM DIA,

    PESSOAL FALEI ONTEM COM UM DOS ASSESSORES DO JUNIOR MOCHI
    PERGUNTEI SOBRE O CONCURSO.

    ELE ME DISSE QUE O JÚNIOR NÃO TEM PRETENÇÃO DE REALIZAR O CONCURSO
    DAI FALEI A ELE QUE NO ANO PASSADO FOI PUBLICADO NA MÍDIA E TUDO MAIS
    ELE ME DISSE QUE ISSO FOI FEITO PELO JERSON DOMINGOS PARA SE PROMOVER
    UMA VEZ QUE ELE NÃO ESTARIA MAIS COMO PRESIDENTE PARA ARCAR COM AS DESPESAS DO CONCURSO
    ELE FEZ FACULDADE COMIGO (O ASSESSOR)
    AINDA DISSE QUE ELE IRÁ TRABALHAR NA ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA ASSIM QUE O JÚNIOR ASSUMISSE O CARGO DE PRESIDENTE.

    ENFIM, ACREDITO QUE SE OS PARLAMENTARES NÃO PRESSIONAR O JÚNIOR, ESSE CONCURSSO NÃO SAIRÁ EM BREVE.

    Janaina Vareiro da Costa Batistoti
    Por concurseiracost em 09/02/2015 às 14:01:12

    Olá colegas,

    enviei email conforme o shomano orientou.

    Exmo. Sr. Deputado Junior Mochi,

    Gostaria de verificar quais as medidas estão sendo tomados pelo exmo. presidente da assembleia para o concurso público que foi anunciado no ano passado? Pois acredito que a população tem o direito/dever de cobrar uma resposta, pois como nunca houve concurso público nesta casa de leis, nada mais justo que todos tenham direito a uma oportunidade de ingressar na ALMS, por meio de concurso púlico, claro!

    Contando com a compreensão de V.Exa., desde já agradeço a atenção.


    Espero que surta algum efeito! Além disso pretendo entrar em contato com as mídias locais(campo grande news, midiamax) para ver se eles não fazem alguma matéria dobre o assunto.

    Qualquer novidade posto aqui!

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 05/03/2015 às 08:00:54

    Pessoal alguma novidade???

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 05/03/2015 às 08:08:03

    NOTÍCIA DO DIA 24.02.2015

    Nesta tarde, os deputados líderes de bancadas na Assembleia Legislativa se reuniram na sala da presidência para definir metas e discutir propostas relacionadas aos trabalhos deste ano. O deputado Junior Mochi (PMDB), presidente do Legislativo, reafirmou que haverá a realização de concurso público na Casa de Leis e a previsão é que até o fim de 2015 será possível definir a quantidade de vagas.

    "Fizemos compromisso verbal com o MPE [Ministério Público Estadual] sobre o concurso e por esse motivo vamos propor um projeto de lei para aposentadoria incentivada para aqueles servidores que tenham tempo de serviço, mas não a idade para se aposentar. Vamos promover um incentivo remunerado para eles aderirem à aposentadoria e assim poder abrir vagas para a realização do concurso. Isso em um prazo de seis a oito meses para assim poder abrir concurso para um público fixo de funcionários administrativos da Casa”, explicou o presidente.

    Mochi ressaltou que as reuniões entre os líderes de bancadas ocorrerão semanalmente e nelas serão discutidas ordens internas e externas. “Definimos até mesmo critérios para o uso do plenário, plenarinho e saguão", disse.

    Pedro Kemp, líder do PT, relatou que na reunião de hoje também foram definidas regras quanto ao uso dos crachás. “Falamos ainda sobre a reforma das instalações físicas e tudo será divulgado a partir dos atos da Mesa Diretora”.

    Além de Mochi e Kemp, participaram da reunião os deputados Zé Teixeira, 1º secretário da Assembleia Legislativa; Eduardo Rocha, líder do PMDB; Paulo Corrêa, líder do PR; Mara Caseiro, vice-líder do PTdoB; Beto Pereira, líder do PDT e Onevan de Matos, líder do PSDB e vice-presidente da ALMS.

    (Matéria alterada às 17h33) - See more at: http://www.al.ms.gov.br/Default.aspx?Tabid=56&ItemID=41419#sthash.DaTCWLvz.dpuf.

    Pedro Victor
    Por pedrovpf em 05/03/2015 às 13:55:53

    Pessoal, olhem essa notícia:



    "Projeto cria incentivos a aposentadoria de 100 funcionários da Assembleia
    A intenção dos deputados é abrir vagas para realização de concurso público

    Projeto da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa vai estimular os servidores efetivos a buscar a aposentadoria. Eles deverão atender alguns critérios. E abertura de vagas levará o legislativo estadual a realizar o primeiro concurso público de sua história. Cerca de 100 funcionários podem aderir ao programa.

    Após reunião entre os integrantes da Mesa Diretora e dos líderes partidários, o projeto de aposentadoria incentivada foi apresentado na sessão de hoje (04), pelo presidente da Casa, o deputado Junior Mochi (PMDB).

    A proposta determina que os servidores que atenderem aos critérios para concessão de aposentadoria integral, poderão aderir a este programa. De acordo com a legislação federal, não incidirá imposto de renda sobre o valor desta indenização.

    O projeto diz que este título de indenização terá o valor mensal líquido da remuneração do servidor, por um prazo de seis meses, sendo responsabilidade do pagamento da Assembleia Legislativa, com as despesas advindas de dotação orçamentária própria.

    A Direção Geral de Recursos Humanos, em parceria com a Direção Geral de Finanças e Orçamento, irão adotar as providências necessárias para a execução do programa. A Mesa Diretora poderá suspender a qualquer tempo a realização destas ações, sendo que o prazo para adesão por parte dos servidores será de 60 dias, após a lei ser publicada. O processo de tramitação (adesão) também não pode ultrapassar o prazo de 30 dias.

    Meta – O deputado Eduardo Rocha, líder do PMDB, explicou que existem servidores com tempo de serviço, mas que não aposentam para não perderem benefícios, e que com este programa, irão receber valores durante algum tempo, com um prazo definido para a participação.

    “Acreditamos que mais de 100 servidores poderiam se enquadrar nos critérios, e esperamos que eles se interessem por este programa. Nós conversamos entre os líderes (partidos) justamente para que se abra vagas para o concurso público, mas precisamos primeiro saber o resultado desta iniciativa, esperamos que seja um sucesso”, disse Eduardo."

    Fonte: http://www.campograndenews.com.br/politica/projeto-cria-incentivos-a-aposentadoria-de-100-funcionarios-da-assembleia

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 06/03/2015 às 07:58:28

    BOM DIA PESSOAL.
    PARECE QUE O CONCURSO VAI SAIR MESMO, MAS DEVE DEMORAR UM POUQUINHO.
    APROVEITEMOS O TEMPO PARA ESTUDAR. MÃOS À OBRA.

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 24/04/2015 às 09:13:55

    DIÁRIO OFICIAL DA ALMS DIA 24.04.2015;



    A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL decreta e eu promulgo, nos
    termos do artigo 73 da Constituição Estadual a seguinte Lei:

    Art. 1º Fica instituído o Programa de Aposentadoria Incentivada – PAI, com o objetivo de incentivar
    a aposentadoria dos servidores ocupantes de cargos efetivos do Quadro Permanente de Pessoal da Assembleia
    Legislativa do Estado de Mato Grosso do Sul.

    Art. 2º O servidor efetivo do Poder Legislativo Estadual que se encontra em atividade, que já houver
    preenchido ou que vier a preencher todos os requisitos para aposentadoria voluntária integral até a data de 15
    de fevereiro de 2016, poderá aderir ao Programa de Aposentadoria Incentivada no Poder Legislativo do Estado
    de Mato Grosso do Sul.
    § 1º O pagamento do incentivo está condicionado ao deferimento da Aposentadoria e a respectiva
    publicação do Ato Aposentatório.
    § 2º Conforme legislação Federal vigente, sobre as verbas de natureza indenizatória não incidirá
    Imposto de Renda retido na fonte.
    Art. 3º Será concedido, a título de indenização, o valor mensal bruto da remuneração do cargo que o
    servidor ocupa na ativa, igual a soma de 08 (oito) parcelas, a serem pagas em 08 (oito) meses, excluído o
    valor pago a título de Abono de Permanência, sendo que sobre a verba de caráter indenizatório não incidira
    qualquer desconto, a nenhum título.
    § 1º As parcelas mensais referidas no caput deste artigo serão pagas após a publicação do Ato
    Aposentatório, concomitante com o recebimento dos proventos de aposentadoria.
    § 2º Fica expressamente vedada a nomeação em cargo em comissão, ou qualquer outra modalidade de
    contratação, no âmbito do Poder Legislativo Estadual, de servidor beneficiado com o Programa de
    Aposentadoria Incentivada, exceto através de concurso público de provas ou de provas e títulos.
    § 3º As despesas decorrentes da aplicação deste artigo correrão por conta de dotação orçamentária
    própria.
    Art. 4º Fica autorizada a Diretoria Geral de Recursos Humanos em parceria com a Diretoria Geral de
    Finanças e Orçamentação adotar as providências necessárias para execução do programa.
    Art. 5º A qualquer tempo poderá a Mesa Diretora suspender as adesões ao programa por interesse da
    administração.
    Art. 6º O prazo para adesão ao programa será de 30(trinta) dias a contar da data da publicação desta
    Lei e poderá ser interrompido ou ampliado a critério da Mesa Diretora.
    Art. 7º A Tramitação do processo de adesão no programa, bem como o de aposentadoria, não poderá
    ultrapassar o prazo de 30(trinta) dias.
    Art. 8º Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.
    Campo Grande, 23 de abril de 2015
    Deputado JUNIOR MOCHI
    Presidente

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 06/05/2015 às 06:05:13

    DIÁRIO AL MS 06 DE MAIO ATO Nº 014/2015MESA
    DIRETORA
    Dispõe sobre a regulamentação da Lei n. 4.657,
    de 23 de abril de 2015, que institui o Programa
    de Aposentadoria Incentivada – PAI, e dá outras
    providências
    A MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO
    ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, no uso de suas
    atribuições legais e nos termos do artigo 30, II, j do
    Regimento Interno deste Poder, bem como na forma do
    artigo 80, II, e paragrafo único da Lei n. 4091 de 28 de
    setembro de 2011;
    R E S O L V E:
    Art.1º O
    servidor interessado em aderir ao Programa de
    Aposentadoria Incentivada – PAI deverá dirigirse
    ao
    Protocolo da Diretoria Geral de Recursos Humanos para
    assinar Requerimento de Aposentadoria e Termo de Adesão
    a Lei n. 4.657/2015.
    Art. 2º – A adesão terá início a partir da publicação deste
    Ato.
    Art. 3° O
    pagamento dos valores relativos a indenização
    do Programa terá inicio a partir da publicação do ato de
    aposentadoria a serem creditados na conta corrente do
    servidor.
    Parágrafo Único – Em caso de opção por financiamento
    bancário com vistas ao recebimento integral da indenização,
    os juros correrão por conta do servidor optante.
    Art.4º Os
    servidores que venham a cumprir os requisitos
    para a aposentadoria voluntária integral até a data de
    15/02/2016 também deverão assinar o TERMO DE ADESÃO
    e Requerimento de Aposentadoria no prazo constante do
    artigo 2º deste Ato, cujo processo ficará sobrestado até o
    integral cumprimento dos requisitos para a aposentadoria,
    quando voltará a tramitar de ofício.
    Art. 5º Este
    Ato entra em vigor na data de sua publicação,
    revogadas as disposições em contrário.
    Palácio Guaicurus, 04 de maio de 2015

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 02/07/2015 às 10:31:15

    E AÍ GALERA??? NADA DE NOTÍCIAS??

    Janaina Vareiro da Costa Batistoti
    Por concurseiracost em 18/07/2015 às 08:59:26

    Assembleia prevê concurso e mudança em prédio no 2º semestre

    O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB) fez o balanço deste 1° semestre de 2015 e já definiu as prioridades para o restante do ano, onde está o lançamento do edital do primeiro concurso da Casa de Leis em novembro e a reforma no local, com adequações no prédio e nos gabinetes. Está previsto a construção do restaurante no lado de fora.

    Veja Mais
    › Gaeco apura sumiço de imagem de pagamento de propina em Água Clara
    › Com duas férias por ano, Assembleia e Câmara custam R$ 3,1 milhões

    Mochi explicou que para o primeiro concurso da história da Assembleia, uma comissão irá fazer o levantamento detalhado do que o legislativo precisa no seu corpo técnico, para saber quantos servidores e em que áreas serão abertas as vagas. “Vamos ter conhecimento sobre o que é de nossa competência e lançar o edital em novembro”, disse ele.

    A Mesa Diretora inclusive lançou neste ano um programa de aposentadoria voluntária, onde os servidores que já preenchiam os requisitos mínimos, poderia se aposentar com incentivo da Assembleia. A intenção era justamente abrir vagas para a realização deste concurso público. Os deputados revelaram que mais de 100 servidores vão aderir ao projeto.

    Reforma – Mochi ponderou que a Assembleia já abriu licitação para avaliar sua folha de pagamento que será repassada para um instituição bancária, que vai pagar para ter acesso a estes servidores. “Com este recurso pretendemos reformar e fazer as devidas adequações no prédio e gabinete, além de construir o restaurante do lado de fora, hoje ele está dentro das dependências”, explicou.

    O presidente ainda destacou a parceria com o governo estadual onde combinou que R$ 2 milhões deixam de ser repassados para Casa de Leis, para serem investidos em programas e ações de saúde. “Foi uma forma de contribuir com o governo estadual”. Ele revelou que em média o repasse mensal do duodécimo está em R$ 18, 4 milhões, com este acordo a Assembleia fica com R$ 16 milhões a disposição.

    Avanços – Mochi citou que neste primeiro semestre a Assembleia teve mais transparência em sua ações, o regimento foi cumprido com rigor e que todas as matérias foram tramitadas e colocadas em votação, seguindo os prazos estabelecidos. Ele lembrou que foi implantado a chamada nominal e declaração de voto, para que a população acompanhasse os seus parlamentares.

    Também ressaltou a abertura de espaço para federações, sindicatos e entidades para discutir diferentes temas e que a intenção é continuar com boa relação com os segmentos, os poderes e governo estadual. Foram apresentados 130 projetos de lei, sendo que 54 tiveram aprovação.

    A Assembleia realizou 20 audiências públicas, com 66 sessões ordinárias e 12 solenes. Os deputados entram amanhã (17) em recesso parlamentar e voltam ao trabalhos nas sessões ordinárias no dia 04 de agosto.

    Sergio Lima
    Por smonte em 21/07/2015 às 17:17:15

    Boa tarde !

    Prezados,

    Sou novo no grupo, mais venho repassar algumas notícias, entrei em contato com o RH da ALMS, a princípio , me informaram que não podiam passar informações, ( como sempre ), mais fui informado por fonte da casa , que o edital poderá sair nos meados de Maio de 2016, ou seja, primeiro semestre do ano que quem, tentei confirmar isso no RH, falei com pessoas diferentes e dias diferentes , uma me disse " houvi dizer que é para 2016".

    um abraço !

    Silvana Pignataro Delgado
    Por sylvanah em 29/07/2015 às 09:02:34

    Olá, tenho interesse em saber mais acerca deste concurso tais como: provável banca e matérias exigidas. Qual o palpite de vocês já que será o primeiro concurso da casa.

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 17/09/2015 às 14:45:24

    E AÍ PESSOAL, NADA DE NOVO???

    Janaina Vareiro da Costa Batistoti
    Por concurseiracost em 21/09/2015 às 11:42:04

    Shomano,

    Duas pessoas ligadas a Assembleia me garantiram que haverá concurso até novembro...Mas não estou vendo movimentação nenhuma, alguém está acompanhando o diário oficial da casa? Mas acredito que se tivesse autorizado, já teriam divulgado na imprensa.

    Enquanto isso estou vendo muita gente sendo cedida para a casa...concurso que é bom nada.

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 21/10/2015 às 14:20:52

    PODEM ACREDITAR.

    Ato nº 13 / 15 Mesa
    Diretora
    Dispõe sobre autorização de
    Concurso Público de Provas e
    Títulos para provimento de cargos
    efetivos do quadro permanente de
    pessoal da Assembleia Legislativa
    de Mato Grosso do Sul.
    A MESA DIRETORA DA ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO
    ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL, no uso de suas
    atribuições legais , e considerando o que dispõe as alíneas
    "a" e "f" do inciso II do art. 30 do Anexo da Resolução nº
    65/08, de 17 de dezembro de 2008 Regimento
    Interno.
    R E S O L V E:
    Art. 1º Fica autorizada a realização de Concurso
    Público de Provas e Títulos, para provimento dos cargos
    efetivos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.
    Art. 2º Este Ato entra em vigor na data de sua
    publicação, revogadas as disposições em contrário.
    Campo Grande, 20 de outubro de 2015

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 29/10/2015 às 13:36:58

    E AÍ PESSOAL, ALGO DE NOVO???

    Mario Mattos
    Por sanguenuzoi em 10/11/2015 às 11:38:00

    AUTORIZADO!! AGORA ESPERAR O EDITAL.QUANDO SERÁ??

    Janaina Vareiro da Costa Batistoti
    Por concurseiracost em 16/11/2015 às 09:11:26

    Acredito que o edital saia somente em 2016. Alguém arrisca a banca que fará a prova?

    Silvana Pignataro Delgado
    Por sylvanah em 28/11/2015 às 10:30:47

    Olá pessoal, também estou interessada neste concurso. Li em algum lugar que o edital provavelmente saia em dezembro ou janeiro com a intenção das provas serem realizadas no final de fevereiro ou início de março, com posse em Abril. Àlguém saberia me indicar um curso específico paea este edital? Oqe eu encontrei foram: Elo (mas com foco no técnico oque achei pouco) e Gran Cursos on line (que é oque estou mais tentada a fazer). Não sei vocês mas creio que poderemos tentar os dois (analista e técnico) então estou querendo ser precavida com uma noção maior das matérias possíveis. Sugestões?

    Janaina Vareiro da Costa Batistoti
    Por concurseiracost em 02/12/2015 às 10:44:17

    Sylvanah,

    Acredito que o edital não saia em Janeiro, tampouco em dezembro, pois pelo que vi ainda não foi nem definida a banca organizadora. Mas isso é só um palpite meu. Até agora foi feito a autorização do concurso e definido a comissão organizadora. Com as festas de fim de ano e o recesso da casa, tenho minhas dúvidas que o edital saia em janeiro. Mas enfim, por enquanto tenho estudado sem um curso específico, por exemplo, português estou fazendo um curso online geral, que abrange qualquer banca e não visa nenhum concurso específico. Direito administrativo a mesma coisa, vou ler o regimento interno, mas para ser bem sincera ainda não comecei a ler o regimento. Acredito que a partir do momento em que o edital for publicado, procurarei algum curso específico.

    FERNANDO CESAR CORREA DA COSTA
    Por shomano em 26/02/2016 às 17:57:47

    O EDITAL SAI EM ABRIL DE 2016 MESMO?????

    Janaina Vareiro da Costa Batistoti
    Por concurseiracost em 29/02/2016 às 10:44:09

    Shomano,

    Estou na torcida, e se o poder legislativo estadual seguir as mesmas regras que a esfera federal, eles têm até 21/04/2016 para lançar o edital, visto que a autorização foi feita no dia 21/10/2015.

    THIAGO MACIEL CASTRO
    Por thiagocastro85 em 18/03/2016 às 19:20:35

    Pessoal, quais serão as disciplinas desse concurso??

1

Comente o Fórum!

Para comentar neste fórum é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É grátis!

Faça seu comentário com educação e civilidade, sem agredir ou ofender ninguém, e evite palavrões.