Questões de Concursos Arquivos Permanentes

  • Questão 23307.   Arquivologia - Nível Superior - CEFET RJ - CESGRANRIO - 2014

  • Em arquivos públicos, a descrição é fundamental para promover o pleno acesso aos documentos.
    Esse procedimento se verifica no exemplo abaixo.

    BRAN1H3
    Exame Contábil
    1905 a 1927
    Série

    No caso acima, o elemento série corresponde
  • Questão 30884.   Arquivologia - Nível Superior - FIOCRUZ - FGV - 2010

  • A descrição dos conjuntos documentais deve ser feita em relação à sua substância e à sua estrutura.

    Com relação à susbstância e à estrutura, os itens a seguir indicam:

    I. unidade de organização, funções, atividades, operações e assuntos.
    II. esquema de classificação adotado, unidades de arquivamento, datas abrangentes, classe ou tipos físicos de documentos e quantidade.
    III. unidade de espaciais, funções, atividades, operações e assunto.
    IV. esquema de ordenação adotado, unidades de arquivamento, datas abrangentes, classe ou tipos físicos de documentos e quantidade.
    V. unidade de organização, funções, atividades, código de classificação e assuntos.

    Assinale:
  • Questão 23305.   Arquivologia - Nível Superior - CEFET RJ - CESGRANRIO - 2014

  • O arranjo de documentos é uma atividade ao mesmo tempo material e intelectual.

    Em uma instituição, antes de se proceder à ordenação dos documentos e das séries documentais, é necessário, como operação preliminar,
  • Questão 30882.   Arquivologia - Nível Superior - FIOCRUZ - FGV - 2010

  • O processo de agrupamento dos documentos singulares em unidades significativas e o agrupamento, em relação significativa, de tais unidades entre si, é um Arranjo.

    Essa relação significativa deve ser entendida como o princípio da organicidade. Com relação às justificativas para utilizar este princípio como norteador da sistemática do arranjo, analise as afirmativas a seguir.

    I. Permite que se mantenha a integridade dos conjuntos documentais como informação;
    II. Permite que se conheçam a natureza e o significado dos documentos no seu contexto e circunstâncias.
    III. Permite que não haja critério rígido no arranjo e uniformidade na descrição.
    IV. Permite que se conheçam a espécie e o significado dos documentos no seu contexto e circunstâncias.
    V. Permite que se mantenha a acumulação dos conjuntos documentais como informação.

    Assinale:
  • Questão 23306.   Arquivologia - Nível Superior - CEFET RJ - CESGRANRIO - 2014

  • Ao desenvolver arranjo de documentos permanentes de uma empresa, um arquivista analisa o material a ser arranjado em termos de: 1- conteúdo, 2- proveniência, 3- tipo de material, 4- origens funcionais; 5- história da entidade.

    Destes, somente dois podem ser detectados por meio do exame da documentação, que são os de números
  • Questão 30883.   Arquivologia - Nível Superior - FIOCRUZ - FGV - 2010

  • “Nos arquivos permanentes os estudos ligados à teoria e à prática do arranjo e da descrição assumem lugar proeminente com o estabelecimento de um elo suficiente e necessário entre a indagação do pesquisador e sua solução, ou seja, a recuperação da informação”.

    A recuperação da informação é possível, graças aos:
  • Questão 30885.   Arquivologia - Nível Superior - FIOCRUZ - FGV - 2010

  • O instrumento de pesquisa que descreve, pormenorizadamente, documentos previamente selecionados, pertencentes a um ou mais fundos, segundo um critério temático, cronológico, onomástico ou geográfico, é chamado de:
1