Questões de Concursos Filosofia e Ética

  • Questão 7328.   Filosofia - Nível Superior - Polícia Militar SP - VUNESP - 2012

  • Tramita no Senado um projeto que reserva 50% das vagas em universidades federais para egressos de escolas públicas. A proposta pode até ser justa, mas, se efetivada, representaria um golpe na excelência dessas instituições. (...) Democratizar-se e manter a qualidade são objetivos até certo ponto contraditórios. Não que seja impossível conciliá-los, mas existe um número ótimo de alunos menos preparados que uma instituição pode incorporar antes de comprometer a qualidade. Um corte linear de 50% em todas as universidades federais dificilmente é a melhor resposta.

    (Hélio Schwartsman. “Cotas e ilusões”. Folha de São Paulo, 09.06.2012)

    O texto sugere que
  • Questão 7326.   Filosofia - Nível Superior - Polícia Militar SP - VUNESP - 2012

  • Como a obra de arte exige sempre um contato mínimo com um dos sentidos (por exemplo, a música com o ouvido, a pintura com a visão), o ramo da filosofia dedicado a essa experiência deveria invariavelmente chamar-se Estética, na esteira do termo grego aesthésis, que designa a sensação. Em completa oposição à lógica, conhecida como a ciência das regras do pensamento, a Estética, ao contrário, deveria ser aquela linha de pensamento dentro da filosofia cujo objetivo fosse determinar as regras, não do pensamento, mas da sensação, a partir das quais se poderia definir uma experiência estética.

    (Ulisses Razzante Vaccari. “Por uma reflexão sobre o nascimento da filosofia da arte”. Revista Filosofia. In: http://filosofia.uol.com.br/ filosofia/ideologia-sabedoria/17/artigo134537-1.asp. Acesso em 07.06.2012)

    Considerando as colocações do texto e seus conhecimentos, assinale a alternativa correta.
  • Questão 7327.   Filosofia - Nível Superior - Polícia Militar SP - VUNESP - 2012

  • Na cidade sois todos irmãos, (...) mas o deus que vos formou misturou ouro na composição daqueles de entre vós que são capazes de comandar: por isso são os mais preciosos. Misturou prata na composição dos auxiliares; ferro e bronze na dos lavradores e na dos outros artesãos. Em geral procriareis filhos semelhantes a vós; mas, visto que sois todos parentes, pode suceder que do ouro nasça um rebento de prata, da prata um rebento de ouro e que as mesmas transmutações se produzam entre os outros metais. Por isso, acima de tudo e principalmente, o deus ordena aos magistrados que zelem atentamente pelas crianças, que atentem no metal que se encontra misturado à sua alma e, se nos seus próprios filhos houver mistura de bronze ou ferro, que sejam impiedosos para com eles e lhes reservem o tipo de honra devida à sua natureza, relegando-os para a classe dos artesãos e lavradores; mas, se destes últimos nascer uma criança cuja alma contenha ouro ou prata, o deus quer que seja honrada, elevando-a à categoria de guarda ou à de auxiliar.

    (Platão. República. Tradução Enrico Corvisieri. São Paulo, Nova Cultural, 1996, p. 111)

    Nesta passagem da República, Platão apresenta uma metáfora que descreve
  • Questão 7329.   Filosofia - Nível Superior - Polícia Militar SP - VUNESP - 2012

  • A noção de bioética tem sofrido várias mutações nos últimos anos, mas nos parece que a mais interessante e frutífera continua sendo a proposta por Van Rensselaer Potter. Ele primeiramente sugeriu uma bioética ponte, com a intenção de unir ciência e filosofia para promover a sobrevivência. Mais tarde, esta evolui para a bioética global, visto a necessidade de fusão da ética biomédica com a ecologia, numa escala mais ampla, com a mesma finalidade, trazendo à discussão questões de saúde pública de relevância mundial. Sua missão continua sendo o desenvolvimento da ética para a sobrevivência humana sustentável em longo prazo. Posteriormente, sugere a bioética profunda devido à necessidade de ampliar mais a discussão da bioética, pois a ciência é demasiadamente importante para estar nas mãos somente dos cientistas.

    (Cássia R. R. N. Nunes e Amauri Porto Nunes. “Bioética”. In: Revista Brasileira de Enfermagem, Brasília (DF), 2004, set/out. Adaptado)

    A partir das colocações do texto, assinale a alternativa correta.
1