Questões de Concursos Urgência e Emergência

  • Questão 31048.   Enfermagem - Nível Superior - CISSUL MG - FUNDEP - 2013

  • Segundo as atualizações propostas pela American Heart Association 2010, para RCP (Reanimação cardiopulmonar) assinale a assertiva INCORRETA.
  • Questão 24735.   Enfermagem - Nível Médio - CISLIPA - BD - 2014

  • A perda continua óssea produzida de forma brusca e violenta como resultado de um trauma, denomina-se:
  • Questão 31051.   Enfermagem - Nível Superior - CISSUL MG - FUNDEP - 2013

  • Na avaliação primária de um homem de 30 anos, que sofreu colisão de moto, você observa que ele apresenta assimetria torácica, dificuldade respiratória, desvio da traqueia para a esquerda, cianose, distensão de veia jugular e deformidade no terço médio do fêmur esquerdo.

    Determine a ordem do atendimento de urgência, relacionando os passos descritos na COLUNA I com as informações da COLUNA II.

    COLUNA I                                                                     

    1. 1° passo.                                                        
    2. 2° passo.                                                        
    3. 3° passo.                                                       
    4. 4° passo.

    COLUNA II

    ( ) Avaliar a ausculta torácica.
    ( ) Administrar oxigênio por máscara facial a 8l/min. 
    ( ) Aplicar o tracionador de fêmur. 
    ( ) Toracocentese de alívio.
                                                         
    Assinale a alternativa que apresenta a sequencia de números CORRETA.
  • Questão 31050.   Enfermagem - Nível Superior - CISSUL MG - FUNDEP - 2013

  • Você é o enfermeiro da USA (Unidade de Suporte Avançado), sua equipe é acionada para um acidente com múltiplas vítimas e, no local, existem quatro vítimas.

    Analise as assertivas abaixo e assinale aquela em que está CORRETO o encaminhamento a um centro de trauma.
  • Questão 34406.   Enfermagem - Nível Médio - EBC - CESPE - 2011

  • Texto anexado à questão Texto anexado à questão
  • No atendimento pré-hospitalar, o procedimento mais adequado em casos de queimaduras de segundo grau consiste em romper as flictenas com dispositivo perfurante adequado, para aliviar as dores do paciente.
  • Questão 31052.   Enfermagem - Nível Superior - CISSUL MG - FUNDEP - 2013

  • O choque é uma síndrome clínica caracterizada pela incapacidade do sistema circulatório de prover adequado fornecimento de oxigênio para o corpo. Pode ser classificado quanto à etiologia e quanto e à gravidade.

    De acordo com as classificações do choque, assinale a assertiva CORRETA.
  • Questão 32715.   Noções de Saúde - Nível Médio - DOCAS RJ - MS CONCURSOS - 2010

  • O Choque é uma crise aguda de insuficiência cardiovascular, ou seja, o coração e vasos não são capazes de irrigar todos os tecidos do corpo com oxigênio suficiente. A capacidade das trocas entre o sangue e os líquidos dos tecidos se darem é dependente da pressão do sangue dentro dos vasos: a pressão arterial. O choque pode ter várias causas. Contudo as mais freqüentes são o choque hipovolêmico por hemorragias graves ou desidratação, em que a perda de sangue leva à descida perigosa da pressão arterial; o choque séptico, em que bactérias produzem endotoxinas que causam vasodi latação em todos os vasos de forma inapropriada; e o choque cardiogênico, de causa cardíaca por falência desse órgão em manter a pressão sanguínea.

    Dentre algumas “ causas do choque hipovolêmico”, assinale a opção INCORRETA.
  • Questão 34405.   Enfermagem - Nível Médio - EBC - CESPE - 2011

  • Texto anexado à questão Texto anexado à questão
  • A contusão ocorre devido à compressão de tecidos moles contra os ossos, sem que haja rompimento da pele.
  • Questão 24734.   Enfermagem - Nível Médio - CISLIPA - BD - 2014

  • Um acidente (Moto/anteparo) com uma vítima com trauma em região lombar, ao abordar a vítima qual a prioridade do atendimento:
  • Questão 34404.   Enfermagem - Nível Médio - EBC - CESPE - 2011

  • Texto anexado à questão Texto anexado à questão
  • Ao confirmar a presença de corpo estranho — uma espinha de peixe, por exemplo — na garganta de um paciente, o auxiliar de enfermagem deve realizar, como medida preventiva, o procedimento de remoção desse corpo estranho para evitar complicações.