Simulado Polícia Militar PB - Português - Soldado da Polícia Militar - 2014

Categoria: Simulados | 10 questões | Português | Ensino Médio | Soldado da Polícia Militar | Polícia Militar PB | IBFC

  • 48 gabaritaram
  • Regular
  • 2.346 resolveram
  • barra ótimo 370 Ótimo
  • barra qtd_bom 1.057 Bom
  • barra ruim836 Ruim
  • barra péssimo83 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples, fácil e grátis!

  • Texto I
    Aí pelas três da tarde
    (Raduan Nassar)

    Nesta sala atulhada de mesas, máquinas e papéis, onde invejáveis escreventes dividiram entre si o bom-senso do mundo, aplicando-se em ideias claras apesar do ruído e do mormaço, seguros ao se pronunciarem sobre problemas que afligem o homem moderno (espécie da qual você, milenarmente cansado, talvez se sinta um tanto excluído), largue tudo de repente sob os olhares à sua volta, componha uma cara de louco quieto e perigoso, faça os gestos mais calmos quanto os tais escribas mais severos, dê um largo “ciao" ao trabalho do dia, assim como quem se despede da vida, e surpreenda pouco mais tarde, com sua presença em hora tão insólita, os que estiveram em casa ocupados na limpeza dos armários, que você não sabia antes como era conduzida. Convém não responder aos olhares interrogativos, deixando crescer, por instantes, a intensa expectativa que se instala. Mas não exagere na medida e suba sem demora ao quarto, libertando aí os pés das meias e dos sapatos, tirando a roupa do corpo como se retirasse a importância das coisas, pondo-se enfim em vestes mínimas, quem sabe até em pelo, mas sem ferir o pudor (o seu pudor bem entendido), e aceitando ao mesmo tempo, como boa verdade provisória, toda mudança de comportamento. Feito um banhista incerto, assome depois com uma nudez no trampolim do patamar e avance dois passos como se fosse beirar um salto, silenciando de vez, embaixo, o surto abafado dos comentários. Nada de grandes lances. Desça, sem pressa, degrau por degrau, sendo tolerante com o espanto (coitados!) dos pobres familiares, que cobrem a boca com a mão enquanto se comprimem ao pé da escada. Passe por eles calado, circule pela casa toda como se andasse numa praia deserta (mas sempre com a mesma cara de louco ainda não precipitado), e se achegue depois, com cuidado e ternura, junto à rede languidamente envergada entre plantas la no terraço. Largue-se nela como quem se larga na vida, e vá fundo nesse mergulho: cerre as abas da rede sobre os olhos e, com um impulso do pé (já não importa em que apoio), goze a fantasia de se sentir embalado pelo mundo.
  • 1 - Questão 17757.
  • Ao analisar a estrutura do texto, percebe-se que se trata de um grande “bloco”, formado por um único parágrafo. Assinale a opção que melhor estabelece uma relação entre a forma do texto e o conteúdo abordado.
  • 2 - Questão 17758.
  • É possível perceber que há, no texto, várias referências a um interlocutor ou receptor. Desse modo, indique a opção que não evidencia essa característica.
  • 3 - Questão 17759.
  • O texto começa com a expressão “Nesta sala”. Sobre o emprego do pronome demonstrativo “esta” que se encontra contraído em tal expressão, é correto afirmar que:
  • 4 - Questão 17760.
  • No fragmento “onde invejáveis escreventes dividiram entre si o bom-senso do mundo”, o pronome “onde” poderia ser substituído, mantendo-se o sentido original do texto, pela seguinte estrutura:
  • 5 - Questão 17761.
  • O texto pode ser entendido também como um convite ao leitor para mudar de realidade. Um elemento gramatical que contribui para esse efeito e:
  • 6 - Questão 17762.
  • Em “Feito um banhista incerto”, percebe-se que se indica, corretamente, a classe gramatical de uma dessas palavras em:
  • 7 - Questão 17763.
  • Os parênteses, geralmente, introduzem um comentário acessório no texto. Assim, em “(espécie da qual voce, milenarmente cansado, talvez se sinta um tanto excluído)”, considerando o contexto, com o trecho em destaque; o autor pretende dizer que o interlocutor:
  • 8 - Questão 17764.
  • Em “Desça, sem pressa, degrau por degrau, sendo tolerante com o espanto”, além de um papel sintático a pontuação cumpre um efeito importante, pois:
  • 9 - Questão 17765.
  • Considerando o contexto e o fragmento “os que estiveram em casa ocupados na limpeza dos armários, que você não sabia antes como era conduzida.", conclui-se o seguinte motivo pelo qual a condução da impeza não fora conhecida pelo interlocutor:
  • 10 - Questão 17766.
  • O autor baseia seu texto na representação de várias imagens simbólicas. Por exemplo, no trecho “dê um largo “ciao" ao trabalho do dia, assim como quem se despede da vida.", há um fragmento destacado que combina duas figuras de linguagem. São elas:

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.