Simulado CREMAM - Português - Assistente Administrativo - 2016

Categoria: Simulados | Questões: 3 | Disciplina: Português | Ensino: Médio | Cargo: Assistente Administrativo | Órgão: CREMAM | Banca: QUADRIX

  • 13 gabaritaram
  • Difícil
  • 76 resolveram
barra ótimo 13 Ótimo
barra bom 24 Bom
barra ruim 27 Ruim
barra péssimo 12 Péssimo

    Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples, fácil e grátis!

  • Hospitais do Amapá estariam sem ambulâncias por falta de pagamento
    Servidores contam que transporte de pacientes foi interrompido.
    Falta do serviço atinge HE, HCAL e PAI, em Macapá.

    Ambulâncias que atendem a hospitais públicos estaduais do Amapá teriam sido retiradas por falta de pagamento do governo à empresa responsável pela locação dos veículos. A informação foi confirmada por funcionários que atuam na rede hospitalar. Em nota enviada, o governo informou que foi "surpreendido" com a atitude da empresa e que foi à Justiça para buscar o retorno dos veículos.
    "No dia 10 de dezembro a Sesa foi surpreendida com a suspensão dos serviços sem prévio aviso. Imediatamente a secretaria entrou com pedido de liminar, uma vez que o atraso alegado extraoficialmente pela empresa não é superior a 90 dias do atual exercício financeiro, como prevê a Lei Geral de Licitações nº 8.666, para que o contratado interrompa os serviços", disse a nota, acrescentando que a Justiça deu 24 horas para a empresa voltar com as ambulâncias para as unidades.
    A falta das ambulâncias estaria afetando os hospitais de Clínicas Alberto Lima (HCAL) e de Emergências (HE) e Pronto Atendimento Infantil (PAI), todos em Macapá. O G1 percorreu as unidades e constatou que não havia ambulâncias em nenhum dos prédios. No HCAL, a vaga destinada ao veículo estava ocupada por um carro particular.
    De acordo com a enfermeira Sandra Pereira, de 49 anos, os funcionários receberam a informação de que o retorno das ambulâncias aconteceria somente mediante a efetuação dos pagamentos. “As ambulâncias foram todas retiradas. Não temos nenhuma no HCAL e nem no HE. Se o governo do estado não liberar o dinheiro para pagar as ambulâncias, elas vão continuar fora dos hospitais”, disse.
    Um técnico em enfermagem do Hospital de Emergências, que preferiu manter a identidade em sigilo, relatou que a retirada dos veículos atinge diretamente o transporte de pacientes entre uma unidade e outra. “Os pacientes que quiserem fazer algum exame têm que ir em algum carro particular por conta própria. Se ele entra, não sai mais do hospital, se depender das ambulâncias”, comentou o funcionário do HE de Macapá. [...]
    Motoristas das ambulâncias dizem que tiveram que ser remanejados para outros hospitais após o primeiro caso de retirada dos veículos. “As [ambulâncias] da UPA e da maternidade nunca mais voltaram. Nós fomos até transferidos para outros hospitais porque elas não retornaram”, contou um motorista, que pediu para manter a identidade em sigilo.

    (g1.globo.com)
  • 1 - Questão 31383.
  • Analise as afirmações sobre o texto como um todo e, em seguida, assinale a alternativa correta.

    I. O texto é jornalístico, o que se pode comprovar, inclusive, pela linguagem objetiva, direta e eminentemente denotativa.
    II. Segundo o texto, a responsabilidade pelo não pagamento das ambulâncias é exclusivamente da empresa Sesa.
    III. O problema que levou à paralisação das ambulâncias foi um tipo especial de greves, que se iniciou por conta da insatisfação dos funcionários da saúde em relação aos seus salários.
    IV. O termo “ambulâncias” entre colchetes no último parágrafo indica uma imprecisão semântica, que cria incoerência para o texto, o qual, por causa de seu uso, se tornou contraditório.

    Está correto o que se afirma em:
  • 2 - Questão 31384.
  • Veja:

    “O G1 percorreu as unidades e constatou que não havia ambulâncias em nenhum dos prédios.”

    A oração em destaque:
  • 3 - Questão 31385.
  • A respeito da morfologia e da sintaxe em “De acordo com a enfermeira Sandra Pereira, de 49 anos, os funcionários receberam a informação de que o retorno das ambulâncias aconteceria somente mediante a efetuação dos pagamentos.”, pode-se afirmar corretamente que:

Mais CREMAM

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.