Simulado CREMESP - Português - Auxiliar de Serviços Administrativos - 2011

Categoria: Simulados | Questões: 6 | Disciplina: Português | Ensino: Fundamental | Cargo: Auxiliar de Serviços Administrativos | Órgão: CREMESP | Banca: VUNESP

  • 6 gabaritaram
  • Regular
  • 161 resolveram
barra ótimo 37 Ótimo
barra bom 83 Bom
barra ruim 33 Ruim
barra péssimo 8 Péssimo

    Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples, fácil e grátis!

  • 1 - Questão 32100.
  • Assinale a alternativa correta quanto à flexão verbal.
  • 2 - Questão 32101.
  • Assinale a alternativa correta, quanto à colocação pronominal e ao uso dos pronomes.
  • 3 - Questão 32102.
  • Leia as frases.

    I. Não devem haver excessos no uso de agrotóxicos.
    II. Consomem-se muitos alimentos com agrotóxicos.
    III. A Anvisa está meia preocupada com o uso de agrotóxicos.

    Está(ao) correta(s), quanto à concordância verbal e nominal, apenas a(s) frase(s)
  • 4 - Questão 32103.
  • Assinale a alternativa correta quanto ao uso da pontuação.
  • 5 - Questão 32104.
  •  Quanto veneno tem nossa comida?

         Desde que os pesticidas sintéticos começaram a ser produzidos em larga escala, na década de 1940, há dúvidas sobre o perigo para a saúde humana. No campo, em contato direto com agrotóxicos, alguns trabalhadores rurais apresentaram intoxicações sérias. Para avaliar o risco de gente que apenas consome os alimentos, cientistas costumam fazer testes com ratos e cães, alimentados com doses altas desses venenos. A partir do resultado desses testes e da análise de alimentos in natura(para determinar o grau de resíduos do pesticida na comida), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabelece os valores máximos de uso dos agrotóxicos para cada cultura. Esses valores têm sido desrespeitados, segundo as amostras da Anvisa. Alguns alimentos têm excesso de resíduos, outros têm resíduos de agrotóxicos que nem deveriam estar lá. Esses excessos, isoladamente, não são tão prejudiciais, porque em geral não ultrapassam os limites que o corpo humano aguenta. O maior problema é que eles se somam – ninguém come apenas um tipo de alimento.

    (Francine Lima, Revista Época, 09.08.2010)

    Em – Esses valores têm sido desrespeitados, segundo as amostras da Anvisa. – a expressão destacada pode ser substituída, sem alteração de sentido, por
  • 6 - Questão 32105.
  • Quanto veneno tem nossa comida?

    Desde que os pesticidas sintéticos começaram a ser produzidos em larga escala, na década de 1940, há dúvidas sobre o perigo para a saúde humana. No campo, em contato direto com agrotóxicos, alguns trabalhadores rurais apresentaram intoxicações sérias. Para avaliar o risco de gente que apenas consome os alimentos, cientistas costumam fazer testes com ratos e cães, alimentados com doses altas desses venenos. A partir do resultado desses testes e da análise de alimentos in natura(para determinar o grau de resíduos do pesticida na comida), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) estabelece os valores máximos de uso dos agrotóxicos para cada cultura. Esses valores têm sido desrespeitados, segundo as amostras da Anvisa. Alguns alimentos têm excesso de resíduos, outros têm resíduos de agrotóxicos que nem deveriam estar lá. Esses excessos, isoladamente, não são tão prejudiciais, porque em geral não ultrapassam os limites que o corpo humano aguenta. O maior problema é que eles se somam – ninguém come apenas um tipo de alimento.

    (Francine Lima, Revista Época, 09.08.2010)

    Segundo a Anvisa,

Mais CREMESP

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.