Simulado DPE BA - Direito Processual Penal - Defensor Público - 2014

Categoria: Simulados | Questões: 3 | Disciplina: Direito Processual Penal | Ensino: Superior | Cargo: Defensor Público | Órgão: DPE BA | Banca: UNEB

  • 9 gabaritaram
  • Regular
  • 30 resolveram
barra ótimo 9 Ótimo
barra bom 8 Bom
barra ruim 9 Ruim
barra péssimo 4 Péssimo

    Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples, fácil e grátis!

  • 1 - Questão 33289.
  • No Direito Processual Penal Brasileiro, o chamado “princípio da intranscendência” garante que
  • 2 - Questão 33290.
  • “Encerrada a instrução criminal numa ação penal privada, abre-se vista dos autos para que o Querelante apresente suas alegações finais, sob a forma de memoriais escritos. Apresentada tal peça processual, verifica a Defesa que não houve pedido de condenação”.

    Tal circunstância autoriza a Defesa a pedir a extinção da punibilidade do Querelado em razão da ocorrência da
  • 3 - Questão 33291.
  • Tendo em vista as atuais regras sobre prisões no Brasil, identifique com V as afirmativas verdadeiras e comF, as falsas.

    ( ) A prisão em flagrante delito terá duração máxima de 30 (trinta) dias, improrrogáveis.
    ( ) Não se imporá prisão em flagrante ao autor de fato considerado como infração penal de menor potencial ofensivo que, quando da lavratura do termo circunstanciado, seja imediatamente encaminhado ao Juizado Especial Criminal.
    ( ) No rito procedimental do Júri Popular, uma vez pronunciado o Réu, torna-se obrigatória a decretação de sua prisão pelo Juiz.
    ( ) Decorrido o prazo determinado da prisão temporária, o preso deverá ser posto imediatamente em liberdade, independentemente da expedição de alvará de soltura.
    ( ) O Juiz poderá revogar a prisão preventiva se, no correr do processo, verificar a falta de motivo para que subsista, bem como de novo decretá-la, se sobrevierem razões que a justifiquem.

    A alternativa que indica a sequência correta, de cima para baixo, é a

Simulados Relacionados

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.