Simulado Polícia Militar MA - História e Geografia de Estados e Municípios - Soldado da Policia Militar - 2012

Categoria: Simulados | 8 questões | Conhecimentos Específicos | História e Geografia de Estados e Municípios | Ensino Médio | Soldado da Polícia Militar | Polícia Militar MA | FGV

  • 7 gabaritaram
  • Difícil
  • 782 resolveram
  • barra ótimo 25 Ótimo
  • barra qtd_bom 219 Bom
  • barra ruim351 Ruim
  • barra péssimo187 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples, fácil e grátis!

  • 1 - Questão 41903.
  • Dentre as unidades de conservação existentes no Brasil para preservação do meio ambiente, os Parques Nacionais tem como objetivo a preservação de ecossistemas naturais de grande relevância ecológica e beleza cênica. Criado em 1981, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses garante a proteção de um dos principais patrimônios do estado do Maranhão e do país.

    Com relação ao Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, analise as afirmativas a seguir: 

    I. O parque abrange áreas dos municípios maranhenses de Barreirinhas, Primeira Cruz e Açailândia.
    II. Entre as dunas ativas situadas na área do parque ocorrem lagoas temporárias ou permanentes.
    III. A pluviometria local é marcada pelo elevado índice de chuvas e pela regularidade da distribuição ao longo do ano.

    Assinale:
  • 2 - Questão 41904.
  • Atualmente, as bacias hidrográficas vêm sendo adotadas como unidades de planejamento ambiental. As bacias limítrofes, compostas por rios que atravessam limites político-administrativos, representam um desafio para a gestão integrada dos recursos hídricos.

    Sobre as bacias limítrofes maranhenses, assinale a afirmativa correta.
  • 3 - Questão 41905.
  • Na década de 1970, o cultivo da soja passou a ocupar áreas do Centro-Oeste brasileiro. A partir da década de 1990 uma nova fronteira agrícola surgiu com a expansão da sojicultura nos estados do Maranhão, Piauí, Tocantins e Pará.

    Com relação ao cultivo da soja no Maranhão, analise as afirmativas a seguir. 

    I. As empresas exportadoras de soja se utilizam, além de outros modais, da logística da Estrada de Ferro Carajás para o escoamento da produção.
    II. A área plantada e a produção de soja, no período de 1990 a 2005, apresentaram um grande crescimento.
    III. Os principais municípios produtores de soja no Maranhão estão situados no sul do estado e na divisa com o estado do Piauí.

    Assinale:
  • 4 - Questão 41906.
  • O censo de 2010, realizado pelo IBGE, evidenciou que a população total do Maranhão, aproximadamente 6.574.789 habitantes, representava cerca de 3,5% da população brasileira. Em relação à população do Maranhão, analise as afirmativas a seguir. 

    I. O Maranhão apresenta o menor índice de urbanização dentre os estados brasileiros.
    II. A cidade de São Luís ultrapassou a marca de um milhão de habitantes.
    III. A população do Maranhão representa mais de 30% da população da Região Nordeste.

    Assinale:
  • 5 - Questão 41907.
  • O extrativismo vegetal é uma atividade tradicional do Estado do Maranhão. Dentre os produtos do extrativismo o que mais se destaca é o babaçu. As amêndoas dessa palmeira são transformadas em óleo ou azeite, utilizados no preparo de alimentos, na produção de sabão ou cosméticos e como combustível. 

    Sobre o extrativismo do babaçu no Maranhão, assinale a afirmativa correta.
  • 6 - Questão 41908.
  • “O Maranhão passou a ser o primeiro estado brasileiro em número de conflitos agrários. Essa é a constatação da Comissão Pastoral da Terra (CPT), que (...) divulgou oficialmente no estado o seu 27º relatório anual sobre o tema. De acordo com a CPT, no ano passado, no Maranhão, foram registrados 251 casos de conflitos por terra, envolvendo 64.394 pessoas.” (g1.globo.com)

    Com relação às raízes históricas da violência no campo no Estado do Maranhão, analise as afirmativas a seguir. 

    I. No início da década de 1970, com o intuito de estimular a ocupação da região, o governo do Maranhão criou a
    Companhia Maranhense de Colonização (COMARCO), concedendo incentivos fiscais a grandes grupos empresariais, para a aquisição de vastas extensões territoriais a preços simbólicos, o que intensificou os conflitos de terra e a violência no campo.
    II. Para viabilizar a implantação do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), o governo maranhense assinou, a favor da União, o decreto de desapropriação de terras ocupadas por comunidades quilombolas, gerando conflitos fundiários que continuam, ainda hoje, em disputa judicial.
    III. Com o avanço do agronegócio na primeira década do século XXI, criou-se uma nova fronteira agrícola na região de MAPITOBA (parte do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia), o que valorizou a terra e aumentou os conflitos com os posseiros tradicionais.

    Assinale:
  • 7 - Questão 41909.
  • Durante o período regencial (1831-1840) ocorreram revoltas nas províncias do norte – Maranhão e Pará – e nas do sul – Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

    As alternativas a seguir relacionam as causas da Balaiada, revolta que eclodiu no Maranhão em 1838, à exceção de uma. Assinale-a.
  • 8 - Questão 41910.
  • “Em 1682, foi criada a Companhia de Comércio do Estado do Maranhão que recebeu do Estado português o privilégio de monopolizar o comércio do açúcar e da arrecadação dos impostos. Em troca, a empresa deveria fornecer escravos, utensílios, equipamentos e alimentos aos colonos a juros baixos, criando uma relação comercial exclusiva.”

    (Adaptado. LACOMBE, Américo Jacobina. História do Brasil. São Paulo: Editora Nacional, 1979.)

    O não cumprimento desse acordo

Comentários Simulado

    Franco william nascimento da costa

    Por 436 em 30/11/2017 às 10:55:27

    Muinto bom.

    Franco william nascimento da costa

    Por 436 em 30/11/2017 às 11:04:09

    Muinto ótimo

    Chryslandia Pontes dos santos

    Por ch1235 em 10/12/2017 às 01:37:51

    Ok

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.