Simulado CBM MA - História - Soldado do Corpo de Bombeiro - 2012

Categoria: Simulados | 5 questões | História | Ensino Médio | Soldado do Corpo de Bombeiro | Bombeiro Militar MA | FGV

  • 2 gabaritaram
  • Regular
  • 22 resolveram
  • barra ótimo 6 Ótimo
  • barra qtd_bom 6 Bom
  • barra ruim8 Ruim
  • barra péssimo2 Péssimo

Para corrigir este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples, fácil e grátis!

  • 1 - Questão 43016.
  • “O Maranhão passou a ser o primeiro estado brasileiro em número de conflitos agrários. Essa é a constatação da Comissão Pastoral da Terra (CPT), que (...) divulgou oficialmente no estado o seu 27° relatório anual sobre o tema. De acordo com a CPT, no ano passado, no Maranhão, foram registrados 251 casos de conflitos por terra, envolvendo 64.394 pessoas.” (g1.globo.com)

    Com relação às raízes históricas da violência no campo no Estado do Maranhão, analise as afirmativas a seguir. 

    I. No início da década de 1970, com o intuito de estimular a ocupação da região, o governo do Maranhão criou a Companhia Maranhense de Colonização (COMARCO), concedendo incentivos fiscais a grandes grupos empresariais, para a aquisição de vastas extensões territoriais a preços simbólicos, o que intensificou os conflitos de terra e a violência no campo.
    II. Para viabilizar a implantação do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), o governo maranhense assinou, a favor da União, o decreto de desapropriação de terras ocupadas por comunidades quilombolas, gerando conflitos fundiários que continuam, ainda hoje, em disputa judicial.
    III. Com o avanço do agronegócio na primeira década do século XXI, criou-se uma nova fronteira agrícola na região de MAPITOBA (parte do Maranhão, Piauí, Tocantins e Bahia), o que valorizou a terra e aumentou os conflitos com os posseiros tradicionais.

    Assinale:
  • 2 - Questão 43017.
  • Quase um ano após o Grito do Ipiranga (1822), a Província do Maranhão ainda se mantinha leal a Portugal e se recusava a aderir ao movimento de independência de D. Pedro I.

    A respeito do processo de adesão do Maranhão à independência do Brasil, assinale a afirmativa correta. 
  • 3 - Questão 43018.
  • Leia o texto a seguir. 

    Vai passar
    Nessa avenida um samba popular
    Cada paralelepípedo da velha cidade
    Essa noite vai se arrepiar
    (…)
    Num tempo página infeliz da nossa história
    Passagem desbotada na memória
    Das nossas novas gerações
    Dormia a nossa pátria mãe tão distraída
    Sem perceber que era subtraída
    Em tenebrosas transações
    Seus filhos erravam cegos pelo continente
    Levavam pedras feito penitentes
    Erguendo estranhas catedrais
    E um dia, afinal
    Tinham direito a uma alegria fugaz
    Uma ofegante epidemia
    Que se chamava carnaval
    O carnaval, o carnaval
    (Vai passar)
    (…)
    Meu Deus, vem olhar
    Vem ver de perto uma cidade a cantar
    A evolução da liberdade
    Até o dia clarear
    (…)

    (Samba-enredo composto por Chico Buarque e Francis Hime. 1984) 

    Chico Buarque e Francis Hime, assim como outros músicos e compositores brasileiros, usaram a sua arte para relatar fatos censurados e denunciar o regime militar (1964-1984), burlando, poeticamente, a censura.O trecho do samba-enredo Vai passar refere-se
  • 4 - Questão 43019.
  • Durante o período regencial (1831-1840) ocorreram revoltas nas províncias do norte – Maranhão e Pará – e nas do sul – Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

    As alternativas a seguir relacionam as causas da Balaiada, revolta que eclodiu no Maranhão em 1838, à exceção de uma. Assinale-a. 
  • 5 - Questão 43020.
  • A ampliação do voto para as mulheres e a instituição do voto secreto são medidas asseguradas na

Comentar Simulado

Para comentar este simulado é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.