Vocativo Exemplos e Significado

Publicado por Jeniffer Elaina em 21/09/2013

O que significa vocativo?

Vindo do latim vocativus, o vocativo é um termo que serve para chamar e invocar pessoas, objetos, animais e entidades religiosas ou sobrenaturais.

Na regra sobre a ordem de aparição do vocativo na frase, ele pode aparecer no início ou final da oração, geralmente isolado por virgulas.

Exemplos uso do vocativo

O vocativo não apresenta relação sintática com nenhum termo da oração, ou seja, não está associado ao sujeito e ao predicado, porém, tem vínculo com a segunda pessoa do discurso.

Veja exemplos de uso:

  • Nunca mais fale isso, menina!
  • Você não pode ter tudo na vida, meu querido, entenda isso!
  • Ó Senhor, não nos desampare! 
  • Olá amigos, fiquem com mais essa dica!

O vocativo é isolado por vírgulas, pois, do contrário, você altera completamente o sentido da frase, como nesses exemplos:

  • Eu vou contar uma história pessoal
  • Eu vou contar uma história, pessoal!

O vocativo pode vir acompanhado de reticências. Pode acontecer de o vocativo vir antes de uma interjeição de apelo (Olá!, Ei!, Psiu!, etc.).

  • Ei, você, que está de blusa verde!

Diferenças entre vocativo e aposto

Muita gente se confunde e acredita que vocativo e aposto são a mesma coisa. Porém, o aposto é um termo acessório, ou seja, que não são necessários para o entendimento da frase.

Veja também: Exercícios sobre aposto e vocativo com gabarito.

A função do aposto é explicar, individualizar ou dar referências sobre um termo.

Veja exemplo de frase com aposto:

  • Sempre soube que Mariana seria escritora, porque sempre gostou de escrever.

Quais os tipos de aposto?

Até aqui você entendeu o conceito de vocativo e o que significa aposto, agora está na hora de ir para o próximo passo. 

Conhecer quais são os 7 tipos de aposto, suas definições e exemplos para nunca mais confundir essas estruturas.

Saiba mais: Adjunto adnominal, adverbial, vocativo e aposto.

Aposto explicativo

Como o nome diz, a função do aposto explicativo é esclarecer o termo presente na oração anterior. Esse aposto vem separado por vírgulas ou parênteses.

  • Joana, a aluna mais dedicada da turma, representará nossa escola na Olimpíada de Matemática;
  • De você, meu amigo de infância, jamais esperaria essa indiferença!

Aposto comparativo

Tem a função de comparar um termo da oração com o anterior e sempre vem com vírgula.

  • Seu filho mimado, uma espécie de ditador, diz o que você pode fazer.
  • Brigadeiro feito com banana verde, cujo gosto parece com chocolate, não é difícil de fazer.

Aposto resumidor ou recapitulativo

Aposto que resume os termos da oração anterior com um pronome indefinido.

  • Não há falta de dinheiro, diferenças ideológicas, tempo, nada nesse mundo que abale uma amizade!
  • Os sapatos, o vestido e maquiagem, enfim, tudo que eu precisava comprar saiu com desconto.

Aposto de oração

O aposto de oração, também chamado de aposto oracional serve para resumir a oração anterior.

  • A sempre estudiosa Juliana vem tirando notas baixas ultimamente, fato muito preocupante;
  • Mariana dançou demais em sua festa, sinal que superou a tristeza.

Aposto enumerativo

O aposto enumerativo enumera os elementos que integram a oração.

  • Incrível como nesse novo supermercado consegui fazer tudo o que precisava: legumes, verduras, roupas, sapatos e celular.
  • Coleciono todo tipo de coisa: selos, moedas antigas, pinguins de geladeira e cartões telefônicos.

Aposto especificativo

A função do aposto especificativo é individualizar um termo. Quase sempre esse aposto é um nome próprio e não é separado por vírgulas.

  • Gosto da obra do pintor Pablo Picasso.
  • A Avenida Paulista foi a primeira via com iluminação pública de São Paulo.

Aposto distributivo

O aposto distributivo distribui separadamente as informações ao longo da oração.

  • Maria e Talita são brilhantes na música, uma no canto e a outra no violão.
  • São irmãos gêmeos muito diferentes: este que sempre me acompanha é tímido, aquele que quase nunca está em casa é muito extrovertido.

Saiba mais: Aposto explicativo, enumerativo, resumitivo e especificativo.

Resumindo...o que é vocativo?

O vocativo é um termo isolado dentro da oração, pois não possui relação sintática com nenhum outro termo, não pertencendo nem ao sujeito nem ao predicado.

Refere-se geralmente a segunda pessoa do discurso (com quem se fala) como uma expressão de chamamento ou invocação. 

Sempre será separado por vírgulas, porém pode vir acompanhado por sinal de interrogação, exclamação, etc.

Exemplos de frases com vocativo

  • Não faça isso, meu amigo! (Vocativo)
  • Senhor síndico, faremos ou não essa reunião? (Vocativo)
  • Passar em provas, consurseiros, é necessário força de vontade e determinação! (Vocativo)
  • Ó pátria amada, idolatrada, salve salve! (Vocativo)

OBS: Interjeições de apelo podem vir antecedendo os vocativos.

Você pode testar os seus conhecimentos sobre esse tema usando nossos simulados. É totalmente online e gratuito. Treine quantas vezes quiser! Acesse os Simulados Gabarite.

Comentários em "Vocativo Exemplos e Significado"

    Marcelo Santos Silva
    Por marceloconcurso em 10/02/2019 às 09:53:16

    Aposto e vocativo são assuntos recorrentes em provas de concursos. Não tem como não estudar.

Comentar Dica

Para comentar esta dica é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!