Tipos de conjunção existentes na língua portuguesa

Equipe Gabarite Português, Conjunção Erramos?

Veja os tipos de conjunção existentes na língua portuguesa com exemplos: Aditivas, adversativas, alternativas, conclusivas, explicativas, comparativas, concessivas, finais, proporcionais, temporais.

Em frases que são bem maiores, muitas das vezes muitas frases estão unidas por meio das conjunções existentes na língua portuguesa, que são palavras invariáveis que ligam dois termos ou duas frases.

Esta união pode acontecer por diversos motivos, que pode ser uma concordância, uma discordância ou outro motivo qualquer, mas a conjunção também serve para que se defina melhor onde se tem a causa e aonde está a consequência.

Uma das coisas que não podem faltar em textos e frases é justamente a ligação entre os termos e as frases e as conjunções estão aí justamente para fazer esta ligação e o contexto ter um sentido lógico.

Tipos de conjunção existentes na língua portuguesa

Abaixo serão descritos os mais comuns tipos de conjunção existentes na língua portuguesa com exemplos:

Aditivas

Lembram ideia de adição, de somar, de acrescentar algo bem interessante.

  • Exemplo: Eu comi o frango e a salada.

Adversativas 

Lembram ideia de ser do contra, ser adversário. 

  • Exemplo: Eu sou corintiana, mas a minha família torce pelo Palmeiras.

Alternativas

Lembram ideias de alternativa, de escolha, de opção.

  • Exemplo: Ou você come ou vai ficar de castigo.

Conclusivas

Lembram ideia de que vai concluir algo.

  • Exemplo: Trabalhei muito, por isso que mereço férias.

Explicativas

Lembram ideia de explicação, de dar um motivo.

  • Exemplo: Hoje não fui trabalhar porque estava doente.

Comparativas

Em momentos em que se desejam comparar algo.

  • Exemplo: Ele come mais que um elefante.

Concessivas

Em momentos em que se deve abrir mão de algo.

  • Exemplo: Apesar de estar doente, fui trabalhar hoje.

Consecutivas

Dá uma ideia de consequência de um ato.

  • Exemplo: Estava tão cansada que dormiu no sofá mesmo.

Finais

lembra uma ideia de fim.

  • Exemplo: Todos dormem para que fiquem bem descansados.

Proporcionais

Lembram ideia de proporção.

  • Exemplo: Quanto mais o homem trabalhava, menos tempo tinha para o lazer.

Temporais

Ideia de tempo.

  • Exemplo: Quando eu sair, vou passar no salão de jogos do meu time.