Funções da Linguagem: Resumo completo com exemplos de frases

Publicado por Equipe Gabarite em 27/09/2014

As funções de linguagem são recursos de comunicação que dão ênfase à mensagem transmitida, tendo como função o contexto em que o ato comunicativo acontece.

Levando isso em consideração, podemos associar seis funções de linguagem, que estão diretamente relacionadas aos elementos da comunicação. 

Elas estão classificadas como: função referencial, função emotiva, função poética, função fática, função conativa e função metalinguística.

Cada uma delas está relacionada com alguns dos elementos presentes na comunicação, seja o emissor, receptor, mensagem, código, canal e contextos.

Vamos entender cada uma delas. 

Funções da linguagem e Elementos da comunicação

Primeiramente, para começar a entender as funções da linguagem, é necessário saber a que elementos da comunicação elas estão ligadas. Veja abaixo: 

  • Função referencial ou denotativa - Contexto
  • Função expressiva ou emotiva - Emissor
  • Função apelativa ou conotativa - Receptor
  • Função poética - Mensagem
  • Função fática - Canal
  • Função metalinguística - Código

As funções da linguagem

Agora que entendemos a ligação, vamos aprender o que cada função da linguagem representa e como ela é aplicada.

Entender cada uma e saber diferenciar ajuda a interpretar textos com mais eficiência e compreender como são organizados os atos comunicativos. 

Função referencial ou denotativa

A principal desta função é a informação, seja ela em qualquer assunto. A ênfase está presente no seu contexto comunicativo.

Esta função pode ser percebida em artigos científicos, textos didáticos, folhetos, documentos oficiais, entre outros. 

Um exemplo claro de aplicação em um gênero textual são nas notícias, cujo objetivo é informar os leitores sobre fatos relevantes e recentes, que, na maioria das vezes, são transmitidos com ausência de opinião, não tendo como objetivo a persuasão. 

Características: 

Nesta função podemos perceber algumas características, sendo: 

  • Transmissão da informação de forma clara, direta e objetiva; 
  • Informação da realidade baseada em fatos e dados concretos; 
  • Impessoalidade; 
  • Linguagem denotativa;
  • Uso da terceira pessoa. 

Exemplos

  • A tarifa dos transporte aumenta R$ 0,50 centavos no próximo mês; 
  • Educadores físicos recomendam a prática de exercícios diários; 
  • Nutricionistas atentam para o consumo de comidas industrializadas. 

Função expressiva ou emotiva 

Nesta função o caráter subjetivo é presente, ou seja, a emissão de opiniões, desejos, sentimentos emoções, sentimentos. A ênfase é dada ao emissor da mensagem.

Ela está presente em artigos de opinião, diários, cartas pessoais, poemas, músicas, entre outros. 

Características

  • Subjetiva, conforme visão do emissor; 
  • Pessoal, utilizando 1ª pessoa do discurso; 
  • Há interjeições para enfatizar o discurso; 
  • Utilização de pontuação para acentuação da entonação da emoção. 

Exemplos

  • Ah, fiquei muito triste com essa informação. 
  • Nossa, fiquei tão chateado com o diretor.
  • Sinto-me extremamente feliz depois de comer!

Função apelativa ou conotativa 

O principal objetivo desta função é persuadir o receptor para que ele faça algo. Os verbos estão sempre presentes no modo imperativo, indicando a forma como o outro deve agir.

A ênfase é dada ao receptor da mensagem. Este tipo de função pode ser percebida em textos publicitários, discursos políticos e religiosos, livros de autoajuda, horóscopo, entre outros.

Características 

  • Verbo imperativo é predominante; 
  • Uso da 2ª ou 3ª pessoa do discurso; 
  • Presença de vocativos para direcionar a mensagem; 
  • Uso de pontos de exclamação para dar ênfase no discurso. 

Exemplos

  • Descontos imperdíveis, aproveite!
  • Não perca! ligue agora!
  • Para um futuro melhor, vote em mim!

Função poética 

Apesar do nome, esta função não é exclusiva de poemas. O principal objetivo é transmitir uma mensagem de forma estruturada, valorizando a elaboração.

A ênfase é dada na própria mensagem. Ela pode ser percebida em textos em prosa, poemas, letras de músicas, obras literárias, publicidade, entre outros. 

Características

  • Uso de linguagem elaborada e estruturada
  • Leva em consideração o ritmo, melodia e sonoridade das palavras; 
  • Dá importância ao belo e inovador. 

Exemplo

"Basta-me um pequeno gesto,
feito de longe e de leve,
para que venhas comigo
e eu para sempre te leve..."
Cecília Meireles

Função fática ou de contato

O principal objetivo desta função é estabelecer um canal de comunicação entre o emissor e receptor, buscando estratégias para manter a interação entre eles.

Ela pode ser percebida em cumprimentos (Bom dia, boa tarde, boa noite, entre outros), em saudações, conversas telefônicas, entre outras. A ênfase é dada ao canal comunicativo. 

Características

  • Usa de frases interrogativas para obter a resposta do receptor; 
  • Usa interjeições  e onomatopeias para manter o discurso.

Exemplos

  • Alô! Alô?
  • Bom dia!
  • Você vai dar risada quando souber. 
  • Posso ajudá-lo?

Função metalinguística

O objetivo desta função é a explicação. Ela usa um determinado código para explicar o próprio código, ou seja, ela explica a própria linguagem.

A ênfase, então, é dada ao código comunicativo. Ela pode ser percebida em expressão como “ou seja”, “por exemplo”, “sendo assim”. Além disso, pode ser encontrada em dicionários, gramáticas. 

Características 

  • Sua função é explicativa; 
  • Usa o código como tema da mensagem.

Exemplos 

  • O código linguístico é um sistema de signos usados na construção de mensagens.
  • Uma mensagem é uma comunicação oral ou escrita que visa transmitir uma informação.

Você pode testar os seus conhecimentos sobre esse tema usando nossos simulados. É totalmente online e gratuito. Treine quantas vezes quiser! Acesse os Simulados Gabarite.

Comentários em "Funções da Linguagem: Resumo completo com exemplos de frases"

    Romulo fraga de araujo fraga
    Por romulo190 em 14/11/2016 às 13:25:58

    Bem objetivo, gostei!

    carmem lucia pessoa de lima
    Por carmem29 em 02/10/2014 às 11:12:18

    Explicação curta e direta. Adorei!

Comentar Dica

Para comentar esta dica é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!