Figuras de Linguagem: Anáfora, Anacoluto, Hipérbato

Publicado: 30/07/2018 | Disciplina: Português | Comentários: 0

As figuras de linguagem são edificações e representações que utilizam como recursos a definição conotativa dos vocábulos. Soam de uma forma diferente em redações tradicionais e, por isso, são comumente empregadas na linguagem coloquial, publicitária e em obras literárias.

Nesse contexto, você vai ser apresentado a 3 integrantes das figuras de linguagem: Anáfora, Anacoluto e Hipérbato.

Veja também as Figuras de Linguagem Eufemismo, Comparação, Paradoxo, Sinestesia

Anáfora

Anáfora é uma de várias figuras de linguagem presentes em nosso idioma. Ela se baseia na repetição de forma consciente de uma expressão ou palavra específica e tem como o objetivo ressaltar determinada ideia.

A anáfora é uma figura de linguagem consideravelmente utilizada por muitos escritores na nossa literatura. Por regra, o vocábulo ou expressão repetida se encontra no princípio de cada sentença.

Nos dias de hoje, é comum o uso da anáfora em filmes, porém, nesse caso, a repetição tem como ferramenta de informação as imagens.

Como exemplo de anáfora, veja o que está abaixo:

  • “Era uma casa alta
  • Era uma casa que se aproximava da lua
  • Era uma casa que quase tocava o sol
  • Era onde meu coração precisava estar”

Anacoluto

O Anacoluto é definido por sua forma de modificar a ordem lógica da estrutura da oração por meio de uma interrupção no fluxo da expressão.Ele evidencia uma colocação quanto à ideia, ao objeto ou à pessoa que esteja presente na oração.Esse tipo de figura de linguagem é comum em obras poéticas, pois permite que os artistas encham de expressividade suas obras.

É comum que a primeira expressão presente na frase pareça um pouco solta em relação ao restante. Também cria a sensação que é o sujeito da oração, mas, no fim, evidencia-se que não exerce essa função. Permita que os exemplos a seguir sejam mais ilustrativos.

  • Marido, não entendo a necessidade de ter.
  • A vida, a música que toca a alma.
  • Paris, vejo romantismo pesar o ar.

Hipérbato

O hipérbato é definido pela inversão ríspida da ordem direta das palavras em uma determinada frase.

Quando se constrói uma frase na forma mais utilizada na língua portuguesa, os vocábulos tendem a seguir uma sequência que coloca em ordem sujeito, predicado e complemento. O hipérbato age na inversão dessa ordem sugerida.

Alguns dos problemas dessa figura de linguagem é que pode atrapalhar o seu entendimento ou gerar a sensação de ambiguidade. Perceba nos exemplos abaixo como é o hipérbato:

  • São como jabuticabas seus olhos.
  • Caminhava eu pelo horizonte sem fim.
  • Brilhava em paz minha alma.

Reforçando o que foi dito até agora...

Exemplo de Anáfora

Anáfora trata-se da repetição de uma ou mais palavras no começo de diversas sentenças, produzindo, assim, uma consequência de sustentação e coerência.

Pela reiteração, a expressão - ou vocábulo - é colocada em evidência, possibilitando ao escritor enaltecer um específico elemento textual.

  • “Será que a vida é realmente bela?
  • Será que a vida não é apenas miséria?
  • Será que a vida pode me fazer forte?
  • Será que a vida é capaz de me mostrar o norte?
  • Será que a vida é algo além de flores no chão?”

Exemplo de Anacoluto

Anacoluto se baseia na transformação da construção sintática no meio da oração, permanecendo certas palavras desligadas do restante da frase, como no exemplo a seguir. Nele, a expressão "esses meninos rebeldes" deveria ser o sujeito, mas devido a interrupção de raciocínio, não tem uma função sintática.

  • Esses meninos rebeldes, não tem como aprisioná-los.

Exemplo de Hipérbato

Hipérbato é a inversão da estrutura de composição de uma oração, isto é, a troca da ordem imediata dos termos da frase. Veja o exemplo:

  • De todas essas músicas, sou o compositor.

Perceba que em ordem direta, a sentença ficaria da seguinte forma:

  • Sou o compositor de todas essas músicas.

Resolva Exercícios de Figuras de Linguagem com Gabarito



Comentar Dica

Para comentar esta dica é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!