Auxiliar de Necropsia: O que é, o que estudar e quanto ganha?

Sumaia Santana | Profissões, Polícia Civil, Necropsia | Comentar (6)

Entenda quais funções desempenhadas por um Auxiliar de Necropsia! O que é, quanto ganha, o que estudar e quais as matérias que mais caem em provas de concursos públicos.

Auxiliar de Necropsia: O que é, o que estudar e quanto ganha?
Auxiliar de Necropsia: O que é, o que estudar e quanto ganha?.

Se você está sempre de olho em informações sobre concursos abertos aqui no Gabarite já deve ter visto uma função chamada auxiliar de necropsia

Esse é um daqueles cargos cujo nome não é tão comum, poucas pessoas sabem do que se trata, mas que existem várias oportunidades em concursos todo ano.

Caso você seja uma dessas pessoas que não sabem o que é, o que faz e quanto ganha um auxiliar de necropsia, e, é claro, o que estudar e como se preparar para conquistar a tão sonhada vaga no serviço público, vamos explicar tudinho aqui.

O que é o Auxiliar de Necropsia e suas funções?

O auxiliar de necropsia (do grego: necro (morte, morto ou cadáver) + psia (ação de ver ou examinar) é o profissional que trabalha ao lado do médico legista e pode trabalhar em funerárias, IML (Instituto Médico Legal), Polícia Civil e nas prefeituras que tenham o Serviço de Verificação de Óbito (SVOs).

As funções desempenhadas pelo auxiliar de necropsia são:

  • Identificação e manuseio dos cadáveres,
  • Realização de cavidades no abdômen, tórax e cavidade craniana para averiguar possíveis lesões,
  • Encaminhamento e realização de exumações,
  • Colher amostras para exames laboratoriais, preparar cadáver para sepultamento,
  • Reconstituir (costurar) cadáveres e procedimentos para cumprir ordens judiciais,
  • Manutenção de equipamentos e ambiente de trabalho.

Quanto ganha e requisitos do Auxiliar de Necropsia?

O salário médio do auxiliar de necropsia varia de R$2.700,00 a quase R$5.000,00.

Os principais requisitos são ter 18 anos completos, ensino médio completo, não ter antecedentes criminais, estar em dia com as obrigações eleitorais e, se homem, não ter pendências militares.

Alguns editais exigem habilitação categoria B, também é necessário ter cursos na área e alguns poucos concursos públicos pedem experiência e comprovação de títulos.  

Existe curso para Auxiliar de Necropsia?

Sim. O curso geralmente tem duração estimada de um ano e aborda os seguintes assuntos. As disciplinas que você vai estudar no curso de Auxiliar de Necropsia são:

  • História da necropsia e ética;
  • Noções de medicina legal;
  • Criminalística;
  • Anatomia, Fisiologia e Patologia;
  • Tanatologia, Sexologia e Traumatologia;
  • Cronotanatognose e Praxitanatologia;
  • Técnicas de necropsia e biossegurança;
  • Tanatopraxia e embalsamento.
  • Antropologia Forense.
  • Microbiologia e Parasitologia.
  • Tanatopraxia e Tanatologia.
  • Ética e Bioética.
  • Fisiologia Humana.
  • Biossegurança.
  • Patologia.
  • Anatomia humana.
  • Macroscopia e Conservação de Peças Anatômicas

A grande maioria dos concursos públicos não pedem cursos ou experiências na função, mas se você quer realmente atuar nessa função, é bom saber que existem cursos e apostilas no mercado.

O que estudar para concursos de Auxiliar de Necropsia?

Os processos seletivos são compostos por Prova Objetiva, Avaliação Psicológica, Aptidão Física e Comprovação de Idoneidade e Conduta, que é a verificação da conduta do candidato.

Veja as matérias que caem em provas de Auxiliar de Necropsia:

  • Língua Portuguesa: Interpretação de textos, Sinônimos e antônimos, Pontuação, Classes de palavras, Concordância nominal e verbal, Regência nominal e verbal, Colocação pronominal e Crase;
  • Noções de Informática: Pacote Office 2010 (ou versões mais recentes), Correio Eletrônico, Internet, Navegadores e Sistemas Operacionais;
  • Lógica: Porcentagem, Razão e proporção, Grandezas proporcionais, Regra de três, Teoria dos conjuntos, Conjuntos numéricos, Operações com conjuntos numéricos, Verdades e mentiras, Sequências lógicas com números, letras e figuras, Problemas com raciocínio lógico;
  • Biologia: Citologia, Organização celular, Componentes químicos das células, Membranas plasmáticas e transportes, Citoplasma e organelas, Divisão celular, Classificação e organização, Genética, Anatomia, histologia e fisiologia humana, Ligação gênica, Alelos múltiplos e tipos sanguíneos;
  • Noções de Medicina Legal: Conceito e finalidade, Identidade/Identificação, Antropológica, Odontológica, Genética, Dactiloscópia, Traumatologia Forense, Químicos, Mecânicos, Físicos, Lesões corporais, Tanatologia, Cronotanatologia, Cronotanatognose;
  • Criminologia: Conceitos e métodos, Teorias e escolas, Fatores condicionantes e desencadeantes da criminalidade, Vitimologia e Prevenção de delitos; Noções de Criminologia;
  • Noções de Criminalística: Conceitos e princípios, Local de crime: definição e classificação, Isolamento e preservação do local do crime, Levantamento pericial do local do crime, Vestígios encontrados no local do crime;
  • Noções de Direito: Constituição Federal artigos 1º ao 5º, 37, 41 e 144, Legislação Penal, Direitos Humanos, Lesões Corporais, Crimes contra a vida, Crimes contra o respeito aos mortos, Crimes praticados por funcionários públicos, Exame de corpo de delito, Perícias.

Agora... teste seus conhecimentos aqui:

Deixe seu comentário (6)

Foto de perfil vazia
Por Anna Ferreira em 12/04/2021 19:17:32
Mulher pode trabalhar no IML também ou é apenas para homens?
Foto de perfil vazia
Por Tâmara Araújo da Silva em 18/04/2021 18:33:15
Mulher pode trabalhar no IML também ou é apenas para homens?
??????
Foto de perfil vazia
Por Tâmara Araújo da Silva em 18/04/2021 18:33:58
Alguém sabe onde se inscreve para CONCURSO PÚBLICO ??? Quero muito
Foto de perfil vazia
Por Tâmara Araújo da Silva em 18/04/2021 18:34:17
Responde a gente aqqq pfv ????
Foto de perfil Claudio Pessanha
Por Claudio Pessanha em 19/04/2021 22:37:41
Olá Tâmara, geralmente mulher pode disputar esses cargos sim, porém, sempre, tem que conferir o edital quando for publicado.