O que é, e o que faz um Inspetor de Polícia?

Sumaia Santana Profissões, Polícia, Inspetor Erramos?

Saiba o que faz um Inspetor de Polícia Civil e Federal. Quanto ganha esse profissional servidor público e como se tornar um. Veja o que estudar para a prova.

O que é, e o que faz um Inspetor de Polícia?
Capa: O que é, e o que faz um Inspetor de Polícia?

O cargo de inspetor de polícia é bem comum na lista de concursos abertos aqui no Gabarite. A função atrai muitos candidatos de olho no alto salário ao longo da carreira e estabilidade, é claro.

Quer ser um Inspetor de Polícia Civil ou Federal? Então, descubra aqui com se tornar um, quanto ganha e o que estudar para as provas de concursos.

O que faz um Inspetor de Polícia Civil e Federal?

O Inspetor de Polícia atua na Polícia Civil ou Federal e algumas das funções são:

  • Investigar crimes, cumprir mandados de prisões, buscas e apreensões, recolher informações com testemunhas, fazer relatórios das investigações, cuidar do banco de dados da polícia, dirigir viaturas policiais, manusear armas e quaisquer tarefas designadas pela autoridade policial superior.

Uma curiosidade é que a função também recebe o nome de Investigador de Polícia e na Polícia Federal é chamado de Agente de Polícia Federal.

Entre as funções já citadas do Agente de Polícia Federal também incluem a fiscalização em aeroportos, fronteiras e contato com a Interpol, a polícia internacional em alguns casos.

O Inspetor de Polícia Federal pode trabalhar nas seguintes instituições ligadas à PF:

  • Delegacias de Investigação ao Patrimônio (DELEPAT), Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE), Coordenação de Aviação Operacional (CAOP), Núcleo Especial de Polícia Marítima (NEPOM), Comando de Operações Táticas (COT), Grupos de Pronta Investigação (GPI).

Requisitos e salário um Inspetor de Polícia

A Polícia Civil e a Polícia Federal exigem:

  • Idade mínima de 18 anos, ensino superior em qualquer área, ter carteira de habilitação no mínimo da categoria B, ser brasileiro nato, estar em dia com obrigações eleitorais e militares, além de ter aptidão física e mental para desempenhar a função.

O salário do Inspetor de Polícia Civil gira em torno de R$5.809,58. Já o salário do Agente de Polícia Federal varia conforma a classe, veja:

  • O Agente de Terceira Classe ganha R$7.514,33; 
  • Agente de Segunda Classe recebe R$7.855,99 após 3 anos de experiência e R$9.468,92 após completar 5 anos e experiência; e em mais 5 anos, o profissional chega a Classe Especial e o;
  • Salário do Agente de Polícia Federal Classe Especial é de R$11.879,08.

As remunerações tanto para a Polícia Civil quanto para a Polícia Federal é para jornadas de 40 horas semanais.

O que estudar para concursos de Inspetor de Polícia?

Tendo em mente que é o cargo certo para o seu perfil, é hora de estudar o conteúdo programático.

Teste seus conhecimentos: Simulados para o cargo de Inspetor de Polícia.

As provas de concursos públicos para Inspetor de Polícia Civil e Agente de Polícia Federal, em sua grande parte, trazem questões de:

  • Língua Portuguesa, Informática, Raciocínio Lógico, Direito Penal, Direito Processual Penal, Direito Administrativo, Direito Constitucional e Direitos Humanos.

Confira o Conteúdo Programático do último concurso para Inspetor de Polícia e Escrivão da Polícia Civil do Rio Grande do Sul em 2018:

  • Língua Portuguesa: Interpretação de textos, Gêneros textuais, Variações linguísticas, Aspectos linguísticos, Emprego do hífen, Acentuação, Crase, Pontuação, Estrutura e formação de palavras, Colocação pronominal, Vozes verbais, Concordância nominal e verbal, Regência nominal e verbal, Orações coordenadas e subordinadas, Orações reduzidas e orações desenvolvidas, Equivalência e transformação de estruturas;
  • Informática: Microsoft Windows 7 Professional, Word e Excel 2007, BrOffice Writer e BrOffice Calc 3.2, Mozilla Firefox, Google Chrome e Internet Explorer, Lei no12.527, de 18 de novembro de 2011;
  • Raciocínio Lógico: Proposições simples e compostas, Álgebra proposicional, Implicação lógica, Equivalência lógica, Propriedades comutativa, Distributiva e Leis de Morgan; Tautologia, contradição e contingência; Sentenças abertas; Proposições categóricas; Diagramas lógicos; Afirmação e negação; Lógica de argumentação, Analogias, Análise combinatória: raciocínio multiplicativo, raciocínio aditivo; combinação arranjo e permutação, Progressões aritméticas e geométricas;
  • Direito Penal: Lei penal no tempo e no espaço, Tempo e lugar do crime, Contagem de prazo, Classificações do crime, Ação e omissão, Sujeito ativo e passivo, Ilicitude, Culpabilidade, Ação penal, Extinção da punibilidade, Teoria da imputação objetiva, Bem jurídico, Conceito de crime e seus elementos;
  • Direito Processual Penal: Princípios gerais do Direito, Princípios processuais penais, Direitos e garantias processuais penais presentes na Constituição Federal, Lei de Introdução ao Código Penal, Lei Processual no tempo, Lei Processual no espaço, Lei Processual e sua interpretação, Identificação criminal, Teoria geral da prova penal;
  • Direito Constitucional: CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988: Título I (artigos de 1 a 4), Título II (artigos de 5 a 17), Título IV (artigos de 44 a 135), Título V( artigos de 136 a 144), Título (artigos 170 a 192) e Título VIII (artigos de 193 a 232), Princípios fundamentais, Direitos e garantias, Poderes Legislativo, Executivo e Judiciário;
  • Direito Administrativo: Direito Administrativo: conceitos e fontes, Administração Pública: conceito e órgãos públicos, Agentes públicos: conceito, classificação, direitos, deveres, responsabilidade civil, penal e administrativa, Princípios da Administração Pública, Poderes da Administração Pública: hierárquico, disciplinar, regulamentar, de polícia, Atos administrativos: conceitos, requisitos, atributos, classificação, revogação e invalidação, Licitações e contratos administrativos, Processo Administrativo e Processo Administrativo Disciplinar, Sindicância e Responsabilidade Civil do Estado;
  • Direitos Humanos: Teoria geral dos direitos humanos: conceito e terminologia, Afirmação histórica dos direitos humanos, Direitos humanos e responsabilidade do Estado, Direitos humanos na Constituição Federal de 1988, Declaração Universal dos Direitos Humanos, Interpretação e aplicação dos tratados internacionais de proteção aos direitos humanos, Convenção contra a tortura e outras penas e tratamentos cruéis, Diretrizes Nacionais de Promoção e Defesa dos Direitos Humanos dos Profissionais de Segurança Pública.

Além da Prova Objetiva, nos concursos públicos há ainda etapas como Sindicância de Vida Pregressa, Testes Psicológicos, Avaliação Física e Exames de Saúde Complementares.