Atribuições de um Biomédico: O que faz?

Publicado por Sumaia Santana em 22/05/2019

O biomédico faz análises de micro-organismos para diagnosticar doenças e ajudar o médico no tratamento. Embora visto apenas como o profissional que realiza laudo de análises clínicas, exames de sangue, por exemplo, o campo de trabalho do biomédico é bastante amplo.

Ele pode trabalhar em laboratórios, clínicas médicas, clínicas de estética e hospitais e o salário do biomédico varia de R$3.940,00 a quase R$9 mil, aumentar conforme a experiência e formação acadêmica.

Áreas de atuação do biomédico

Geralmente, a porta de entrada para esse profissional é o campo das análises clínicas. Mas, vamos mostrar e explicar quais são as 21 áreas de atuação da biomedicina:

  • Análises Clínicas: analisa os agentes encontrados em exames clínicos, como exames de sangue e elabora o laudo com o resultado;
  • Diagnóstico por Imagem: aqui o trabalho do biomédico é fazer exames de imagem, como tomografia e assinar o laudo;
  • Análise Ambiental: estudar elementos físicos, químicos e microbiológicos da água e esgoto para elaborar laudos;
  • Sanitarista: trabalho em empresas de atuação em vigilância sanitária;
  • Biofísica: valendo-se de fundamentos da física, esta especialização da bioquímica estuda a fisiologia dos seres vivos;
  • Bioquímica: analisa a estrutura química de vegetais e animais;
  • Biologia Molecular: investiga questões relacionadas ao DNA (ácido desoxirribonucleico) e RNA (ácido ribonucleico). O biomédico especializado em biologia molecular trabalha com a fertilidade humana e animal;
  • Genética: estudar como os genes atuam para a definição de características e também como características hereditárias são transmitidas;
  • Citologia: o biomédico com ênfase em citologia investiga tudo relacionado à estrutura e composição das células;
  • Imunologia: estudo do sistema imunológico do ser humano com objetivo de desenvolvimento de remédios e vacinas;
  • Microbiologia: análise de bactérias, fungos e vírus;
  • Farmacologia: investigação da estrutura, da interferência de elementos fisiológicos e bioquímicos e empregos das substâncias ativas de medicamentos;
  • Embriologia: análise de órgãos e tecidos humanos e animais;
  • Histologia: estudo de órgãos e tecidos de plantas e animais;
  • Toxicologia: estudar a toxidade de substâncias presentes em medicamentos, inseticidas e cosméticos;
  • Parasitologia: investigar organismos de animais e vegetais que tem sua sobrevivência atrelada a outros organismos;
  • Psicobiologia: associações existentes entre comportamento humano e sistema nervoso;
  • Patologia: investigação, diagnóstico e tratamentos de patologias;
  • Análises Bromatológicas: análise da composição dos alimentos nas etapas de produção e transporte;
  • Biotecnologia: modificar substâncias para fabricação de cosméticos, alimentos e medicamentos;
  • Docência e Pesquisa: dar aulas para alunos de graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado e realização de pesquisas.

Biomedicina estética

A origem da biomedicina estética está em estudos feitos pela médica Ana Carolina Puga no ano de 2006 em clínicas médicas e estéticas, além de palestras e congressos.

Os resultados desse trabalho foram apresentados e aprovados pelo Conselho Federal de Biomedicina em 2010. Essa é uma área com crescimento bastante expressivo.

Segundo o Conselho Federal de Biomedicina, as funções desempenhadas pelo biomédico esteta são a avaliação, eletroterapia, eletroestimulação, procedimentos a laser e por luz pulsada, peelings, microagulhamento, procedimentos bioquímicos, procedimentos injetáveis, responsável técnico e desenvolvimento de cosméticos e equipamentos.

Formação acadêmica

A graduação em biomedicina tem duração de 4 anos. O aluno estudara teoria de fisiologia,  bioquímica, genética, química, entre outras. Fará aulas práticas em laboratórios, além de estágio supervisionado. O curso termina com a aprovação no trabalho de conclusão de curso.

Os cursos de pós-graduação abrangem áreas da biomedicina como diagnóstico por imagem, biomedicina estética, operação de equipamentos radioterápicos, biotecnologia, análises clínicas e reprodução humana.

Por fim, os cursos de mestrado e doutorado abrangem esses assuntos de forma bem mais complexa.

O que estudar para concursos públicos?

O concurso Polícia Civil Espírito Santo 2019 foi uma das notícias que publicamos com vagas para biomédico.

A prova foi em 24 de março e teve questões de Língua Portuguesa, Estatuto da Policia Civil do Espírito Santo, Noções de Direito Administrativo, Direito Penal e Direito Processual Penal, além de questões de Conhecimentos Específicos sobre biomedicina como bioquímica básica, biomoléculas, estrutura e função de ácidos nucleicos, biologia molecular, etc.

Enquanto não surge outro concurso público com vagas para biomédicos, que tal responder questões de concursos biomedicina?