Engenheiro Elétrico: O que faz, salário e o que estudar?

Publicado por Sumaia Santana em 12/06/2019

Sabia que existem 34 tipos de engenharia? Hoje, falaremos sobre a engenharia elétrica, área que cuida da geração, transmissão, transporte, distribuição de energia e também na construção de sistemas eletroeletrônicos e sistemas de automação e controle.

Se você tem identificação com esse ramo da engenharia, fique aqui para descobrir tudo sobre a profissão de engenheiro elétrico.

O que é preciso para ser engenheiro elétrico?

É preciso estudar cinco anos da faculdade de Engenharia Elétrica. Estágio e trabalho de conclusão de curso são obrigatórios. O curso tem aulas práticas em laboratório que se intensificam no terceiro ano.

Para exercer a profissão é preciso ter registro no CREA (Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia).

De quanto é o salário médio?

O salário médio do engenheiro elétrico é de R$4.000,00 podendo chegar a R$50.000,00. Profissionais em começo de carreira também têm boa remuneração. O trainee em Engenharia Elétrica pode ganhar mais de R$3.000,00.

Quanto custa o curso de engenharia elétrica?

O valor da mensalidade varia conforme a instituição e a localidade. O valor começa em R$700,00 e pode chegar a R$1.500,00. Os valores mudam de acordo com a infraestrutura e qualificação dos professores.

O interessado pode se informar sobre bolsas e também prestar vestibular para universidades públicas.

Quais instituições oferecem o curso?

São muitas instituições que oferecem o curso no Brasil. Antes de se decidir é imprescindível verificar se é credenciada junto ao MEC. Outro detalhe a ser pesquisado é se o curso da instituição tem ênfase em algum assunto.

Quem pretende fazer Engenharia Elétrica da USP (Universidade de São Paulo), por exemplo, tem que optar se quer se especializar em Eletrônica, Sistemas de Energia e Automação, Automação e Controle, Energia e Automação Elétrica, Computação, Eletrônica e Sistemas ou Telecomunicações.

Confira essa lista com os 5 melhores cursos de Engenharia Elétrica.

  • Universidade Federal de Juiz de Fora: Juiz de Fora/MG;
  • Universidade Federal de Santa Catarina: Florianópolis/SC;
  • Universidade de Brasília: Brasília/DF;
  • Universidade Presbiteriana Mackenzie: São Paulo/SP;
  • Universidade Federal de Minas Gerais: Minas Gerais/MG.

O que o aluno estuda no curso?

  • Cálculos;
  • Fundamentos da Física;
  • Geometria Analítica;
  • Álgebra Linear;
  • Probabilidade e Estatística;
  • Mecânica dos Sólidos;
  • Física;
  • Eletricidade e Magnetismo.

Qual perfil do engenheiro elétrico?

Não basta apenas amar Matemática e Física. O aspirante a engenheiro elétrico precisa ser fluente em inglês, domínio da Língua Portuguesa para redigir relatórios e ter curiosidade para estar sempre de olho nas novidades.

Na questão comportamental, o profissional deve gostar de trabalhar em grupo.

O mercado de trabalho

As empresas de energia, tecnologia da informação e de telecomunicações são quem absorvem o trabalho desse profissional. Conheça quais são as áreas de atuação da Engenharia Elétrica:

Eletrônica

A Engenharia Elétrica com ênfase em Eletrônica consiste na construção de circuitos elétricos voltados para transmissão de informações.

Telecomunicações

Projetos e desenvolvimento de sistemas para telefonia, comunicação, transmissão de som e imagens e para processamento digital de dados.

Eletrotécnica

Projetos e acompanhamento de construção de redes, usinas, estações de energia e equipamentos de geração e transmissão de energia elétrica. Nessa área, o engenheiro elétrico também faz projetos, desenvolvimento e operação de sistemas para gerar e distribuir energia elétrica,

Automação

O trabalho do engenheiro elétrico especializado em automação é desenvolver equipamentos para automação industrial.

Hardware

Projetos de componentes eletrônicos e construção de sistemas.

Microeletrônica

Desenvolvimento de projetos, construção e testes de circuitos integrados para telecomunicações e computação.

Engenharia biomédica

Fazer projetos, construção e manutenção de equipamentos para instituições de saúde.

O que estudar para concursos de engenheiro elétrico?

Os concursos públicos com vagas para engenheiro elétrico trazem questões de Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico e Informática. Também são abordados assuntos relacionados à profissão. Confira alguns dos assuntos cobrados nas provas:

  • Interpretação de textos;
  • Crase;
  • Acentuação;
  • Pronomes;
  • Concordância e regência nominal e verbal;
  • Tempos e modos verbais;
  • Fontes de tensão e corrente;
  • Circuitos elétricos em regime permanente;
  • Fator de potencia e potencia complexa;
  • Sistemas trifásicos.

Teste seus conhecimentos: Simulados Grátis para Engenheiro Elétrico

Existe  dia do engenheiro elétrico?

O dia do engenheiro elétrico é comemorado em 23 de novembro. Isso acontece desde 2009 quando passou a vigorar a Lei no 12.074 assinada em 29 de outubro.

O dia foi escolhido porque em 23 de novembro de 193 foi inaugurado o que hoje é conhecido como Universidade Federal de Itajubá.

Quem idealizou a instituição foi Theodomiro Carneiro Santiago devido seu objetivo de construir uma escola para formação de engenheiros.

Você pode testar os seus conhecimentos sobre esse tema usando nossos simulados. É totalmente online e gratuito. Treine quantas vezes quiser! Acesse os Simulados Gabarite.

Comentar Dica

Para comentar esta dica é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!