O que é Tecnólogo: O que faz e quais os cursos?

Publicado por Sumaia Santana em 31/07/2019

O tecnólogo é o profissional formado em um curso de nível superior de menor duração (2 ou 3 anos). Os cursos de graduação tecnológica focam em uma determinada área do conhecimento, por exemplo, Gestão de Recursos Humanos.

Esta modalidade de graduação é uma maneira de acelerar a entrada no mercado de trabalho e a graduação tecnológica contempla 112 cursos em 13 áreas de atuação. Se você cogita fazer um curso desta modalidade, fique aqui para saber tudo sobre tecnólogo e cursos de graduação tecnológica.

O que é um tecnólogo?

O tecnólogo é quem se forma em um curso de graduação tecnológica. Um tecnólogo não é a mesma coisa que técnico.

A diferença entre tecnólogo e técnico é que o tecnólogo fez um curso de nível superior e o técnico é um profissional de ensino médio técnico.

O tecnólogo passa os 2 ou 3 anos estudando uma determinada área de atuação, por exemplo, o curso Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos aborda somente assuntos relacionados a Recursos Humanos.

O que são e quando surgiram os cursos de graduação tecnológica?

O curso tecnológico é voltado especificamente para o mercado de trabalho, por isso, este tipo de curso não aprofunda muito na teoria e se concentra na área.

Os cursos tecnológicos surgiram em São Paulo, no ano de 1969, na Fatec. Era um curso tecnológico na área da Construção Civil nas especialidades Edifícios, Obras Hidráulicas e Pavimentação.

Atualmente, existem cursos em 13 áreas de atuação Por ser tão direcionada ao mercado de trabalho, alguns cursos podem existir apenas em algumas cidades.

Localidades cuja renda esteja atrelada ao agronegócio oferecem cursos tecnológicos nesta área, assim como municípios que vivem do Turismo têm cursos tecnológicos voltados para tal segmento.

Fazer curso tecnológico ou graduação convencional?

Depende dos seus objetivos. Se você já tem certeza sobre a área de atuação que você pretende trabalhar e quer uma formação rápida, faça uma graduação tecnológica.

Agora, se você sabe a profissão que deseja seguir, por exemplo, Administração, mas, não sabe qual atividade deseja seguir, faça a graduação tradicional.

A graduação tecnológica é reconhecida?

Sim! O que você precisa ter certeza é se a instituição é reconhecida pelo MEC. O mercado não faz distinção entre profissionais com formação de cursos de ensino superior tradicionais e aqueles que fizeram graduação tecnológica.

Outra dúvida que pode surgir na sua mente é se dá para ingressar em pós-graduação, mestrado e doutorado sendo formado em curso tecnológico. Segundo o artigo 44, inciso III da Lei de Diretrizes e Bases do MEC um curso na modalidade tecnológica não impede.

Porém, as universidades são livres para aceitar ou recusar estudantes com formação tecnológica.

Quais são as áreas dos cursos de tecnológo?

  1. Ambiente e Saúde: cursos com temáticas sobre proteção e preservação do meio ambiente, tecnologia em prol da defesa dos seres vivos e uso racional dos recursos naturais. Exemplos: Gestão Ambiental e Gestão Hospitalar;
  2. Apoio Escolar: planejamento, coordenação e administração de atividades da  área pedagógica. Exemplos: Processos Escolares;
  3. Controle e Processos Industriais: cursos que abordam a instalação, controle, operação e melhoria de processos industriais mecânicos, fisioquímicos e eletroeletrônicos. Exemplos: Gestão da Produção Industrial e Processos Metalúrgicos;
  4. Gestão e Negócios: aborda conceitos de marketing, informática, gestão de pessoas, logística e tudo que aumente a produtividade das empresas. Exemplos: Gestão de Recursos Humanos, Gestão Financeira, Processos Gerenciais e Secretariado;
  5. Hospitalidade e Lazer: abrange assuntos como planejamento e operações de serviços de turismo, gastronomia e eventos. Exemplos: Gestão de Turismo, Eventos e Gastronomia;
  6. Informação e Comunicação: criação, desenvolvimento, implantação, operação, administração e manutenção de sistemas de processamento de dados e de telecomunicações. Exemplos: Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Banco de Dados, Gestão de Telecomunicações;
  7. Infraestrutura: criação, desenvolvimento, implantação, operação, administração, manutenção e análise de tecnologias ligadas à construção civil. Exemplos: Agrimensura, Controle de Obras, Construção de Edifícios e Gestão Portuária;
  8. Militar: desenvolvimento de tecnologias de gerenciamento e logística que aumentem a produtividade de processos aplicados nas instituições militares. Exemplos: Meteorologia Aeronáutica, Fotointeligência, Comunicações Aeronáuticas e Gerenciamento de Tráfego Aéreo;
  9. Produção Alimentícia: tecnologias e ferramentas que entreguem produtividade em todas as áreas das indústrias de gêneros alimentícios. Exemplos: Agroindústria, Alimentos e Viticultura e Enologia;
  10. Produção Cultural e Design: aborda tecnologias de concepção, produção, edição, divulgação e gerenciamento de programas de televisão, rádio, peças teatrais, filmes, fotografia, publicidade e artes plásticas. Exemplos: Produção Multimídia, Produção Audiovisual, Produção Fonográfica e Design de Produto;
  11. Produção Industrial: tecnologias de planejamento, operação, gerenciamento e outros elementos que levem a produtividade da produção industrial. Exemplos: Biocombustíveis, Petróleo e Gás, Produção Têxtil, Produção Moveleira, Construção Naval e Produção Gráfica;
  12. Recursos Naturais: cursos que abordam conceitos de planejamento, operação, gerenciamento e outros conceitos envolvidos na indústria de produtos de origem animal e vegetal e também mineração. Exemplos: Agronegócio, Agroecologia, Silvicutura;
  13. Segurança: abrange assuntos sobre tecnologias e infraestrutura de proteção de seres vivos, recursos naturais e tudo relacionado ao meio ambiente. Exemplos: Gestão de Segurança Privada, Segurança do Trabalho e Segurança Pública.

Quanto ganha um tecnólogo?

O salário do tecnólogo não segue um piso salarial. A remuneração pode começar em R$4.000,00 e pode aumentar conforme a empresa, experiência e currículo acadêmico do profissional.

O que estudar para concursos públicos?

As provas dos concursos públicos com vagas para profissionais com graduação tecnológica trazem questões de Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico, Informática e Conhecimentos Específicos do cargo. Confira quais alguns dos assuntos abordados numa prova para a função de Gestão de Recursos Humanos:

  • Língua Portuguesa: Interpretação de texto, Coerência e Coesão, Ortografia, Acentuação, Pontuação, Crase, Classes de palavras, Estrutura e processos de formação das palavras, Tempos e modos verbais, Concordância e Regência nominal e verbal;
  • Matemática: Operações e problemas com números racionais, Porcentagem, Regra de três, Máximo divisor comum, Mínimo múltiplo comum, Equações de 1º e 2º graus, Sistemas de medidas;
  • Conhecimentos Específicos: Teorias motivacionais, Estrutura Organizacional, Recrutamento, Seleção de Pessoal, Administração de RH.

Existe dia do tecnólogo?

Existem várias teorias sobre o dia do tecnólogo. A primeira diz que é comemorado em 6 de outubro, por força da lei no 9.657 de 14 de maio de 1997. No site do CREA (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) apresenta o dia 24 de novembro como o dia do tecnólogo.

Você pode testar os seus conhecimentos sobre esse tema usando nossos simulados. É totalmente online e gratuito. Treine quantas vezes quiser! Acesse os Simulados Gabarite.

Comentar Dica

Para comentar esta dica é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!