Como funciona o Exame Psicotécnico em concursos?

Publicado por Letícia Cunha em 29/10/2019

Se você, concurseiro, já esbarrou com o termo exame psicotécnico, também conhecido como avaliação psicológica, em algum edital de concurso e não sabe o que significa, nós da equipe Gabarite podemos te ajudar!

O que é e como funciona o exame psicotécnico?

Essa etapa é eliminatória, ou seja, é passível de eliminação caso o candidato reprove.

Ela serve para avaliar o estado mental dos candidatos, assim como identificar se há traços de personalidades incompatíveis com o cargo que elas almejam desempenhar.

Geralmente, aparece nos editais da Polícia, Forças Armadas, Corpo de Bombeiros, entre outros.

O exame é feito através de uma entrevista ou teste psicológico, dependendo do concurso, onde o examinador irá apurar se o candidato está preparado para situações de conflito.

O teste não é um medidor de inteligência, mas ele capta a atenção, o controle emocional, capacidade de acatar regras e autonomia do candidato. Para realizar a prova, é bom estar calmo.

Alguns dos impedimentos para o exercício da função são psicopatologias, vícios, agressividade, fanatismos (religioso e ideológico, por exemplo) e impulsividade.

Reprovei no exame psicotécnico, e agora?

No caso de reprovação, o candidato que não concordar com o resultado do teste pode entrar com recurso administrativo e, ainda, contar com o apoio de um especialista na área psíquica para rever as provas e laudos.

É dever da banca do concurso justificar a eliminação do candidato, então, se houve falta de fundamentos e critérios para a avaliação, é possível recorrer à justiça.

Você pode testar os seus conhecimentos sobre esse tema usando nossos simulados. É totalmente online e gratuito. Treine quantas vezes quiser! Acesse os Simulados Gabarite.

Comentar Dica

Para comentar esta dica é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!