7 dicas de Compreensão e Interpretação de textos para concursos

Publicado por Rafael Thomas em 21/12/2019

Infelizmente o Brasil é conhecido por ser um país de poucos leitores. Consequentemente a falta do hábito da leitura atua diretamente na capacidade de interpretar e compreender o que é lido.

Afinal, quanto mais se lê, mais se ganha vocabulário e pensamento crítico.

Saber ter o entendimento do que está sendo proposto no texto é o grande desafio para conseguir realizar uma boa interpretação textual.

A falta do habito de leitura afeta não só o candidato na hora da prova, mas também o comércio neste ramo.

Veja também: 800 Questões Comentadas sobre Interpretação de Textos.

Em uma pesquisa realizada no início de 2019 pela Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), mostrou que em 2018 o Brasil fechou em torno de 21 mil livrarias em todo território nacional.

Mas não se desespere, não é porque os números são tristes e que você tenha pouco hábito de leitura, que não conseguirá realizar uma boa interpretação e compreensão de um texto.

Como interpretar e compreender bem um texto?

O primeiro passo e mais importante é sem dúvidas desenvolver o hábito pela leitura. Você pode começar com assuntos que mais lhe agradam.

Certamente saber um pouco mais sobre os assuntos do seu interesse podem contribuir para criação de um novo leitor em potencial.

Procure conhecer os estilos de textos que mais lhe agradam.  Podem ser literários, persuasivos, informativos, narrativos, dissertativos, não importa, exercite diariamente algum tipo de leitura para treinar.

Pode ser livro, revista, jornal, gibi, até bula de remédio, o importante é ler.

Esse é o primeiro exercício para desenvolver o pensamento, criar novas ideias, desenvolver senso crítico, aumentar o vocabulário, evitar erros de grafia e outros diversos benefícios.

Porém, é importante prestar atenção se você está conseguindo captar a ideia que o autor deseja passar a você. A seguir daremos dicas de como conseguir interpretar bem um texto.

7 dicas de compreensão e interpretação de textos para concursos:

1. Leia todo texto até o fim

A primeira dica é ler o texto todo. Nada de ficar como a maioria das pessoas que apenas leem os títulos das matérias e já vão dando a opinião achando que já estão informadas. Título só é um chamativo.

O conteúdo está no corpo do texto. Então, nada de preguiça. Leia tudo até o fim.

Ao terminar de ler o texto se questione sobre a ideia central do que foi escrito. Procure separar as principais ideias que foram propostas pelo autor.

Caso não tenha compreendido o texto, será necessário refazer o exercício até conseguir captar as ideias centrais.

2. Pesquise novas palavras no dicionário

Para fazer uma boa interpretação de texto é importante que o leitor tenha um vasto vocabulário. Isso em um concurso público poderá ser um grande diferencial entre os demais candidatos.

Se durante a leitura encontrar alguma palavra que desconheça, não pare de ler. Tente encontrar o sentido dela no contexto geral da oração.

Ao final da leitura pesquise a palavra nova e descubra o seu significado. Afinal os dicionários estão aí parar nos auxiliar nestes pontos.

3. Exercite sua memória, leia todos os dias

Disciplina é a palavra chave para conseguir realizar tudo na vida. Com a leitura não é diferente. Leia todos os dias, nem que o tempo seja de dez minutos.

Assim como um atleta tem sua rotina de treino, o leitor precisa desenvolver seu hábito de leitura. Leia o que gosta e principalmente o que te mantém informado.

Afinal estamos na era da informação onde tudo acontece com uma velocidade incrível.

4. Procure compreender o texto que está sendo proposto

Normalmente quando se pega um texto para ler, o título terá o papel de apresentar o assunto que está sendo tratado.

A partir do título começa o seu pré-conhecimento sobre o assunto. Ao iniciar a leitura de fato, começa a etapa que chamamos de conhecimento.

Onde o leitor irá adquirir novas informações e reconhecer saberes que já lhes foram apresentados.

Ao final da leitura entramos de fato na interpretação do texto que nada mais é do que a sua resposta quanto ao seu entendimento sobre o assunto apresentado.

5. Parafrasear o texto ajuda bastante na interpretação do texto

Depois de ler o texto. É importante voltar a ele e captar os pontos mais importantes.

Para isso existe um recurso chamado de paráfrase, que nada mais é que a transcrição de ideias, sem cópia fiel das palavras.

A paráfrase pode ser um resumo, onde o leitor irá sublinhar as ideias principais, separar as palavras chaves e montar a sinopse do texto.

Caso prefira o leitor pode também parafrasear por meio de uma resenha.

Onde deverá pegar os pontos centrais e tecer comentários positivos ou negativos a respeito daquela informação e justificando cada um dos pensamentos. 

É possível ainda parafrasear por meio de esquemas. Assim que encontrar as ideias centrais do texto, o leitor deverá separar as palavras em tópicos com setas para facilitar a interpretação.

6. Leia o texto várias vezes e devagar

Muita gente sofre da falta de atenção na hora da leitura. Isso faz com que seja preciso ler o texto por diversas vezes e ainda assim não conseguir captar a ideia proposta.

Outro fator determinante é que com a internet temos textos rápidos, rasos e com grande demanda de informação.

Então, algumas pessoas por estarem habituadas a este tipo de leitura tendem a ter mais dificuldade quando se deparam com textos mais longos.

7. Interpretação e compreensão de texto é pratica

Para conseguir fazer uma boa interpretação de texto além de seguir as dicas que passamos é preciso praticar.

Portanto, leia muito e faça paráfrases sobre tudo o que lê.

Isso te ajudará a desenvolver melhor a interpretação do texto e sem dúvidas conseguir melhores resultados nas provas em que for prestar.

Exercícios de compreensão e interpretação de textos:

Tomate é fruta?

Sim, ele é. Não só o tomate é fruta, como a berinjela, a abobrinha, o pepino, o pimentão e outros alimentos que nós chamamos de legumes também são. Fruta é o ovário amadurecido de uma planta, onde ficam as sementes. A confusão acontece porque nós somos acostumados a chamar as frutas salgadas de legumes. Se você acha que sua vida foi uma mentira até agora, saiba que também existem alimentos que nós chamamos de fruta, mas não são. Trata-se dos pseudofrutos – estruturas suculentas que têm cara e jeito de fruto, mas não se desenvolvem a partir do ovário da planta, como as frutas reais. É o caso do morango, do caju, da maçã, da pera e do abacaxi, entre outros.

HAICK, Sabrina. Tomate é fruta? Mundo Estranho. Ed. 177. Disponível em::  . Acesso em: 8 mar. 2016 (Adaptação).

1. Analise as afirmativas a seguir.

I. Os pseudofrutos não são frutos, considerada a acepção científica dessa palavra.
II. Morango, caju, maçã e pera são provenientes do ovário das plantas.
III. As frutas salgadas e as doces provêm da mesma parte da planta.

A partir da leitura do texto, estão CORRETAS as afirmativas:

a) I e II, apenas.
b) I e III, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I, II e III.

2. Releia o trecho a seguir.

"Trata-se dos pseudofrutos – estruturas suculentas que têm cara e jeito de fruto [...].”

Sobre esse trecho, analise as afirmativas a seguir:

I. O travessão utilizado nesse trecho pode ser substituído por vírgula sem prejuízo de seu sentido original.
II. As informações colocadas após o travessão têm caráter explicativo.
III. O travessão foi utilizado para separar uma oração deslocada de sua posição normal.

De acordo com a norma padrão, estão CORRETAS as afirmativas:

a) I e II, apenas.
b) I e III, apenas.
c) II e III, apenas.
d) I, II e III.

Resolva mais: Questões de Interpretação de Textos para Concursos.

Você pode testar os seus conhecimentos sobre esse tema usando nossos simulados. É totalmente online e gratuito. Treine quantas vezes quiser! Acesse os Simulados Gabarite.

Comentar Dica

Para comentar esta dica é preciso Cadastrar-se. É simples, rápido e grátis!