Verbo Transitivo Direto e Indireto: Saiba quando usar com exemplos

Rafael Thomas Português, Verbos Erramos?

A nossa dica hoje vai explicar TUDO SOBRE Verbo Transitivo Direto e Indireto. Veja exemplos com aplicação em frases e quando usar cada um deles.

A língua portuguesa em sua estrutura básica possui módulos de morfologia e de sintaxe.

Essas estruturas gramaticais que normalmente são aprendidas durante o período ginasial, são muitas vezes o calcanhar de Aquiles dos concurseiros

Isso porque todo certame que exige língua portuguesa tem em seu conteúdo programático verbos transitivos diretos e indiretos.

Sabemos que os verbos possuem três tipos de terminação. Os verbos de primeira conjugação terminados em AR , como é o caso do verbo gabaritar.

Os verbos de segunda conjugação terminados em ER, como ocorre com o verbo vencer e os verbos de terceira conjugação terminados em IR, que podemos citar o verbo sorrir.

Mas a nossa dica hoje vai além das terminações verbais. Vamos explicar ao caro leitor o que são os verbos transitivos diretos e indiretos.

Quando usar Verbos Transitivos?

A transitividade verbal ocorre quando o verbo vem acompanhado de um complemento.

Ou seja, o sentido desse verbo transita, isto é, ele interage ao complemento para ter sentido completo. Quem sente, sente algo. Quem revela, revela algo a alguém.

Para descobrir se um verbo é transitivo direto, indireto ou transitivo direto e indireto é preciso realizar a análise sintática da oração.

Saber separar o sujeito do predicado e compreender os termos existentes naquele período apresentado.

Exemplo: Maria gosta de bolo

  • Maria - Sujeito
  • Gosta de bolo - Predicado
  • 1 gosta – verbo transitivo
  • 2 de bolo – complemento verbal (objeto)

Quando usar Verbo Transitivo Direto?

O Verbo transitivo direto ocorre quando o complemento está ligado diretamente ao verbo, mas não há a obrigatoriedade do uso de preposição.

Exemplo: O público ama a atriz.

  • O público – sujeito
  • Ama Verbo transitivo direto, porque quem ama, ama a alguém
  • A atriz – objeto direto.

Exemplo: Eu tomei sorvete de chocolate

  • Eu – Sujeito
  • Tomei – Verbo transitivo direto, porque quem toma, toma algo
  • Sorvete de chocolate – Objeto Direto.

Existem alguns verbos transitivos diretos que são muito comuns veja a lista de alguns deles:

Atropelar, comprar, derrubar, ter, amar, tomar, comer, causar, ler, fazer.

Quando usar Verbo Transitivo Indireto?

O Verbo transitivo indireto ocorre quando o complemento está ligado diretamente ao verbo, mas neste caso há a obrigatoriedade do uso de preposição.

Exemplo: Rafael gosta de chocolate

  • Rafael – Sujeito
  • Gosta – Verbo Transitivo Indireto, porque quem gosta, gosta de algo. Nota-se a obrigatoriedade do uso da preposição.
  • De Chocolate – Objeto Indireto (preposição de)

Exemplo: Helen duvidou da resposta de Pedro

  • Helen – sujeito
  • Duvidou – Verbo transitivo Indireto. Porque quem duvida, duvida de algo ou alguém.
  • Da resposta de Pedro – Objeto Indireto.

Existem alguns verbos transitivos indiretos que são muito comuns veja a lista de alguns deles:

Necessitar, saber, gostar, duvidar, precisar, lembrar, concordar, comparecer, responder, acreditar.

Quando usar Verbo Transitivo Direto e Indireto?

O verbo transitivo direto e indireto ocorre quando este verbo para ter sentido total precisa tanto do objeto direto como do objeto indireto.

Neste caso normalmente o objeto direto costuma indicar objetos ou coisas e o objeto indireto normalmente indica pessoas.

Exemplo: Meu tio deu um patinete ao meu irmão

  • Meu tio – sujeito
  • deu – verbo transitivo direto e indireto. 
  • Um patinete (um objeto) – objeto direto
  • Ao meu irmão (uma pessoa) – objeto indireto

Exemplo: Paulo não vai emprestar dinheiro a você

  • Paulo – sujeito
  • Vai emprestar – verbo transitivo direto e indireto
  • Dinheiro – objeto direto
  • A você – objeto indireto

Existem alguns verbos transitivos diretos e indiretos que são muito comuns veja a lista de alguns deles:

Emprestar, dar, contar, entregar, perdoar, oferecer, comunicar, influenciar, pagar, devolver.