← Mais dicas

Qual é o papel do professor no processo de ensino e na sociedade?

Por Luana Caroline em 24/02/2021 11:30:39 | Pedagogia, Educação Escolar, Escola

O fato é que o papel do professor é o de ensinar. Porém, ao longo do tempo houve uma mudança profunda nas concepções sobre o professor e seu papel.


Qual é o papel do professor no processo de ensino e na sociedade?
Qual é o papel do professor no processo de ensino e na sociedade?.

Para quem não tem uma relação próxima com professores ou não é professor, talvez compreender qual o papel do professor na sociedade não seja uma tarefa tão simples. Isso porque para algumas pessoas o papel do professor parece ser basicamente “dar aula”.

Engano destes, pois as funções do professor se estendem para outras atividades para além da classe.

Além disso, em muitos casos os professores acabam resolvendo problemas que nem são suas incumbências, especialmente no que tange a educação mais básica das crianças e adolescentes, que já deveria vir elaborada do seio familiar.

O professor é uma figura muito importante na sociedade, responsável pela formação de todos os demais profissionais.

Ainda assim há uma visão distorcida do papel do professor, o qual sofre com a falta de valorização por parte do Estado e o desrespeito por parte de pessoas que não compreendem o quanto estes profissionais fazem pela sociedade.

O papel do professor no processo de ensino

O fato é que o papel do professor é o de ensinar. Porém, ao longo do tempo houve uma mudança profunda nas concepções sobre o professor e seu papel.

Se uma vez o professor era visto como aquele que detinha todo conhecimento e que o passava pronto aos alunos, hoje esta visão já não mais se enquadra na sociedade atual.

Para cada concepção pedagógica, o professor adquire uma função diferenciada. Nas ideias mais tradicionais, há uma hierarquia na transmissão do conhecimento, onde o professor é aquele que carrega o conteúdo pronto e oferece ao aluno.

Noutras concepções mais atuais, o professor é um intermediador na formação dos conhecimentos. Ou seja, ele intermedeia o conteúdo científico-acadêmico e a socialização deste em sala de aula.

Há correntes ainda que apontam o professor como aquele que indica os métodos do aprender, mas que o aluno é aquele que trilha seus próprios caminhos da aprendizagem.

De qualquer forma, o professor é o sujeito que possibilita o ensino-aprendizagem, e que segundo uma visão mais democrática, reconstrói o conhecimento junto com o aluno, em uma relação de igualdade.

Desta forma, há um conteúdo geral, mas que pode ser reconstruído em conformidade com a realidade e o contexto dos alunos. O professor é aquele que conhece os métodos ideais para fazer isso.

Quais são as obrigações do professor?

É sabido que os professores atualmente acabam por fazer muitas outras funções além das que já lhe cabem. Não raro os professores se deparam com situações onde as crianças e adolescentes não receberam nem o mínimo de instrução necessária na família, inclusive no que diz respeito a higiene, saúde, respeito ao próximo, rotina.

É neste momento que se retoma a discussão sobre quem é o responsável pela educação da criança: família ou professor?

As obrigações de um professor podem variar em conformidade com a escola na qual ele trabalha. Cada escola tem sua própria organização, documentos oficiais, onde constam as tarefas que são incumbência de cada um.

No geral, as funções do professor vão muito além de ensinar. São elas:

  • Planejar e utar o trabalho docente, levando em conta o plano curricular da escola em que trabalha;
  • Definir os objetivos relativos ao plano curricular em sua aula;
  • Escolher as melhores formas para ução de seu trabalho (métodos, técnicas, materiais);
  • Definir os métodos avaliativos, preparando material nativo para alunos com necessidades específicas;
  • Realizar e participar de atividades integradoras no âmbito da escola;
  • Participar das reuniões, dos conselhos de classe e das atividades cívicas promovidas pela instituição de ensino;
  • Atender a direção da escola sempre que necessário;
  • Atender aos familiares no que tange as necessidades dos alunos.

Além disso, surgem questões que vão além do contexto do ensino. Muitas crianças trazem para a escola questões mais complexas de sua vida, como negligência, violência, dificuldades, medos, tristezas ou até abusos.

Os professores em alguns casos são os primeiros a entrar em contato com estes acontecimentos ou sentimentos, e são eles também que muitas vezes levam aos responsáveis a situação da criança.

É neste sentido que surge uma visão de que o professor é também um pouco “psicólogo”, um pouco “médico”, um pouco “nutricionista” e até mesmo referência de “pai” ou “mãe” para algumas crianças.

O papel do professor vai muito além de suas funções oficiais, pois ele adentra um mundo único do cotidiano das crianças e adolescentes, e é natural que as funções se expandam neste sentido.

Foto de perfil Luana Caroline
Por Luana Caroline em 24/02/2021 11:30:39
Professora de Geografia
Mestra em Geografia (2014), Especialista em Neuropedagogia (2013), Especialista em Educação Profissional e Tecnológica (2018) e Graduada em Licenciatura em Geografia (2011).

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!