← Mais dicas

Qual a importância da relação entre família e escola?

Por Luana Caroline em 12/11/2020 15:49:10 | Pedagogia, Escola, Educação Escolar

A relação entre as famílias e as escolas é muito importante e pode ocorrer através de ações pontuais, como palestras, reuniões, gincanas, ações comunitárias, atividades na escola.


Importância da relação entre escola e família
Importância da relação entre escola e família.

A educação de uma criança ou adolescente não acontece apenas pela via da escola.

A Constituição Federal de 1988 afirma que a educação é direito de todos e dever da família e do Estado, neste caso representado pelas instituições escolares.

Ou seja, entende-se que para que os processo educativos tenham êxito, é necessária uma integração entre as instituições de ensino e as famílias, bem como a comunidade escolar como um todo.

A importância da relação entre família e escola

A relação entre família e escola é fundamental para que os processos educativos atinjam adequadamente seus objetivos. Isso porque a criança, ou adolescente, não recebe educação em apenas um destes ambientes.

A aquisição dos conhecimentos ocorre em todos os lugares, nas mais diversas situações. No entanto, é na escola e na família (casa) que comumente estes alunos desenvolvem a maior parte de suas interações.

Em alguns casos, a relação entre família e escola acontece apenas quando há algum problema em relação ao aluno. Sejam notas baixas, comportamento inadequado, dificuldade de aprendizagem e encaminhamentos diversos.

No entanto, essa não é uma relação que promova uma real integração entre as partes.

Em um cenário ideal, família e escola atuariam permanentemente juntas no processo de desenvolvimento do aluno, não apenas nos momentos de resolução de problemas.

A relação entre as famílias e as escolas pode ocorrer através de ações pontuais, como palestras, reuniões, gincanas, ações comunitárias, atividades na escola.

Pode também ocorrer diariamente parcerias através da comunicação entre ambas, das atividades propostas para que os alunos façam em casa, da tomada de decisões no que tange ao espaço da escola e atividades diversas.

A boa relação entre escola e família possibilita que o aluno compreenda que a aquisição de novos conhecimentos não acontece apenas no ambiente escolar, mas que todos os dias ele aprende em suas vivências.

Os alunos chegam na escola já com uma ampla bagagem de informações e experiências, as quais são relacionadas e incorporadas aos conteúdos curriculares.

Quando as famílias têm uma boa relação com as escolas é comum que os alunos se sintam mais motivados para aprender, apresentando maior desempenho escolar.

É importante tirar aquela visão de “fardo” que a escola por vezes carrega, como se fosse um espaço chato por ser obrigatório. Quando esta visão é desconstruída e a importância da escola fica mais clara, somente benefícios podem ser observados nas relações entre alunos, família, comunidade e escola.

O papel de cada uma: família e escola

A questão sobre o papel da escola e da família no desenvolvimento do aluno é um assunto ainda muito discutido, especialmente na formação dos professores.

Há quem defenda uma divisão clara entre os papeis: escola ensina, família educa. No entanto, é muito difícil dividir com precisão estas incumbências.

A família também ensina muitas coisas para as crianças e adolescentes, a sociedade como um todo ensina, a televisão e a internet também ensinam.

A escola também educa quando permite a reflexão e questionamento de atitudes tidas como certas, quando depara o aluno com a realidade dos colegas, quando incentiva a inclusão e o respeito.  

É fato que na escola os alunos irão se deparar com os conhecimentos historicamente construídos pela humanidade, mas é também na escola em que eles irão praticar preceitos éticos e morais, confrontar sua realidade com os demais, conviver com preconceitos e criar seus grupos de sociabilidade.

Por isso, uma boa relação entre família e escola é importante para que as crianças e adolescentes tenham um adequado desenvolvimento.

Nem sempre os papeis de cada um neste processo ficam muito claros, mas ambos são fundamentais.

Foto de perfil Luana Caroline
Por Luana Caroline em 12/11/2020 15:49:10
Professora de Geografia
Mestra em Geografia (2014), Especialista em Neuropedagogia (2013), Especialista em Educação Profissional e Tecnológica (2018) e Graduada em Licenciatura em Geografia (2011).

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!