← Mais dicas

O papel importante da família na Educação Infantil

Por Luana Caroline em 12/11/2020 16:01:20 | Pedagogia, Educação Infantil

O papel da família é importante em todos os momentos da vida de um indivíduo, porém, se faz ainda mais essencial nos primeiros momentos do desenvolvimento de um ser humano.


O papel da família na Educação Infantil
O papel da família na Educação Infantil.

Segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional de 1996, em seu artigo primeiro:

“A educação abrange os processos formativos que se desenvolvem na vida familiar, na convivência humana, no trabalho, nas instituições de ensino e pesquisa, nos movimentos sociais e organizações da sociedade civil e nas manifestações culturais”.

Isso significa que os processos educativos e de aprendizagem não são exclusividade dos ambientes formativos oficiais, como as escolas, mas estão permeados por uma complexa gama de agentes, e um deles é a família.

O papel da família é importante em todos os momentos da vida de um indivíduo, porém, se faz ainda mais essencial nos primeiros momentos do desenvolvimento de um ser humano, caracterizados pela infância.

O momento escolar da Educação Infantil é o contato da criança com novos e instigantes conhecimentos, mas é também um dos primeiros confrontos com a diversidade, com os limites impostos pela sociedade, com as noções do que é moralmente correto segundo os padrões sociais.

E se a família não for uma aliada da escola neste momento, podem surgir alguns problemas, como a falta de respeito com os professores e colegas, o não reconhecimento dos limites e das regras do ambiente escolar, bem como a resistência diante do que é novo para a criança.

O artigo segundo da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (1996) estabelece que: 

“A educação, dever da família e do Estado, inspirada nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, tem por finalidade o pleno desenvolvimento do educando, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho”.

Desta forma, tendo como base a legislação brasileira, é possível perceber que as instituições formais de educação devem trabalhar de forma inter-relacionada com as famílias, de modo que os indivíduos possam alcançar a plenitude de seu desenvolvimento.

A Educação Infantil é o primeiro momento da Educação Básica, e abrange a formação das crianças de zero a três anos na creche e de quatro e cinco anos na pré-escola.

Este momento formativo é essencial para que seja alcançado o princípio do desenvolvimento pleno do sujeito, e abarca os aspectos físicos, psicológicos, intelectuais e sociais.

Através disso, pode-se perceber que diante da complexidade da formação plena do indivíduo, a escola, enquanto instituição formal, não tem as condições necessárias para integralizar de forma concreta todos os aspectos deste processo formativo.

Por isso, a presença e atuação da família são fundamentais neste momento da vida escolar.

O papel de cada uma destas instituições – escola e família – por vezes parece estar distorcido na sociedade brasileira, de modo que se exige das escolas funções que não lhe cabem diante da legislação que embasa a educação no país.

Por isso, é necessário que se tenha clareza de que a família é a principal responsável pela educação das crianças, pois é a primeira instituição social a qual os indivíduos são integrados.

A escola é um espaço formal de aprendizagem, onde são socializados os conhecimentos produzidos cientificamente, e onde as crianças vivenciarão com maior intensidade os contatos e conflitos com outro.

Por isso, a escola é também um ambiente de constituição da identidade do sujeito.

As famílias não podem delegar apenas às escolas a educação de seus filhos, pois isso seria aceitar que uma instituição coletiva escolhesse totalmente os rumos da formação das crianças.

As famílias precisam trabalhar de forma integrada com as escolas, de modo que os conhecimentos teóricos tenham um significado na vida cotidiana das crianças.

Essa inter-relação entre a escola e as famílias é a base para que a educação alcance o ideal da formação plena do sujeito, e isso ocorre em todo o processo educativo, seja dentro ou fora da escola.

Por isso, a presença da família é essencial em todos os momentos da formação, mas é especialmente necessária na Educação Infantil.

Foto de perfil Luana Caroline
Por Luana Caroline em 12/11/2020 16:01:20
Professora de Geografia
Mestra em Geografia (2014), Especialista em Neuropedagogia (2013), Especialista em Educação Profissional e Tecnológica (2018) e Graduada em Licenciatura em Geografia (2011).

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!