← Mais dicas

Piteco e Horácio: O ensino da Pré-história e os desenhos em quadrinhos

Por Nickolas Laprovita em 28/04/2021 23:38:58 | História, Pré História

Algumas vezes consideradas como infantis ou como leituras simples, os quadrinhos podem representar mais do que esses adjetivos, podem ser importantes fontes de conhecimento.


A turma do Piteco e Horácio: O ensino da Pré-história e os desenhos em quadrinhos
A turma do Piteco e Horácio: O ensino da Pré-história e os desenhos em quadrinhos.

A pré-história ainda desperta muita curiosidade nas pessoas, questões relativas a seus costumes e culturas povoam o imaginário social, por isso que se constroem diversas formas de representá-las desde filmes, séries, jogos e quadrinhos.

No Brasil a Turma do Piteco e do Horácio ganharam destaque, pois se tratavam de dois personagens criados para representar o as questões e descobertas da pré-história.


Vemos aqui Piteco e Horácio, os mais conhecidos personagens da pré-história das histórias em quadrinhos na cultura brasileira.

A Importância das histórias em quadrinhos como transmissora de conhecimento

Algumas vezes consideradas como infantis ou como leituras simples, os quadrinhos podem representar mais do que esses adjetivos, podem ser importantes fontes de conhecimento.

As histórias em quadrinhos são uma forma de transmissão de linguagem e imagem da indústria cultural. Em suas páginas transmitem as mais diversas sensações para seu público.

Alguns temas dentro de suas páginas podem ser utilizados como um eficaz como material de ensino pode auxiliar no entendimento de algumas questões importantes sobre diversos temas.

A turma do Piteco e do Horácio: a pré-história nos quadrinhos brasileiros

Criados pelo cartunista brasileiro Maurício de Souza na década de 1960 os personagens Piteco e Horácio juntos com os personagens da Turma da Mônica, se tornaram importantes ícones dos quadrinhos brasileiros.

Piteco conta a história de um homem das cavernas caçador e coletor que vive na aldeia de Lem com seus amigos vivendo algumas aventuras da idade da pedra. Foi inspirado em outro personagem de quadrinhos americano o “Brucutu” publicado em 1932.

Horácio é um filhote de Tiranossauro Rex vegetariano que teve sua primeira aparição junto à tirinha do Piteco que o encontrou abandonado, Horácio ganhou tanta notoriedade que depois, suas próprias aventuras.


Primeira aparição de Horácio e Piteco juntos em uma tirinha no jornal Folha de São Paulo em 13 de Junho de 1961.

Algumas características da pré-história apresentada nos quadrinhos do Piteco e Horácio

Mesmo que de forma anacrônica e fantasiosa, os quadrinhos do Piteco e de Horácio nos apresentam a algumas características importantes que levaram ao desenvolvimento humana durante o período da pré-história.

1. A importância do uso dos membros superiores

O bipedismo propiciou ouso dos membros superiores para outras tarefas além da locomoção foi um importante avanço na parte biológica do ser humano primitivo.

Diferentemente de algumas espécies de animais os primeiros humanos passaram a deixar os membros superiores livres para e a contar com o auxílio dos polegares opositores para segurar e utilizar objetos a seu favor.

Essa ação do uso e controle das primeiras ferramentas de madeira pedra e ossos foi um dos primeiros passos da humanidade para dominar a natureza.


Os diversos usos dos membros superiores impulsionaram o processo evolutivo humano, pois possibilitou a ução de múltiplas tarefas.

2. O fogo e os novos hábitos sociais

Mesmo já conhecendo a existência do fogo, os primeiros humanos ainda não sabiam como obtê-lo. O seu uso e domínio durante o período Paleolítico foram de extrema importância para a vida evolutiva dos povos primitivos.

Foi através dele que os primeiros homens das cavernas conseguiram importantes conquistas como afastar o frio e possíveis predadores e cozinhar o alimento

O fogo modificou os hábitos sociais desses indivíduos onde possibilitou a reunião desses durante no período noturno em volta de fontes de luz, que levou a novos métodos de interação social como a criação da própria linguagem.


A imagem mostra a importância que o fogo possuiu para o desenvolvimento das primeiras sociedades primitivas. Podemos ver na imagem não só a importância na mudança da alimentação, mas também na fala da personagem que classifica o fato como "A era da carne queimada”.

3. A Invenção e o uso da roda

Já no fim do Neolítico, com o estabelecimento das sociedades sedentárias, uma ideia de comercio já sendo utada por esses grupos, um dos marcos desse período foi a criação e uso da roda.

O uso da roda, principalmente quando aliada à tração animal, facilitou diversas atividades humanas, principalmente a locomoção de pessoas e de cargas e excedentes para serem comercializados com outros indivíduos.


A roda foi um importante invento principalmente no final do neolítico proporcionando o uso em diversas tarefas. Na capa desse Almanaque vemos a imaginação fantasiosa de Piteco e Horácio na hora de utilizar o invento.

Foto de perfil Nickolas Laprovita
Por Nickolas Laprovita em 28/04/2021 23:38:58
Professor de História
Mestrando em História Social na Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e graduado em licenciatura e bacharelado na Universidade Federal Fluminense (UFF)

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!