← Mais dicas

Mapas Mentais para concurso público: Onde baixar e como estudar?

Por Gabriela Castro em 07/11/2021 22:42:05 | Como Passar, Mapa Mental

Vamos te ajudar a entender como os mapas mentais funcionam e como utilizá-los em seus estudos para concursos públicos. Confira!


Seu idealizador foi um consultor inglês, seu nome era Tony Buzan
Seu idealizador foi um consultor inglês, seu nome era Tony Buzan.

Se você já ouviu falar em mapa mental sabe como essa ferramenta pode te ajudar na hora dos estudos. Se nunca ouviu falar, fica tranquilo!

Vamos te ajudar a entender como essa ferramenta funciona e como utilizar em seus estudos em concursos públicos.

O que é um mapa mental?

O mapa mental nada mais é do que uma série de técnicas de estudos. O início do mapa mental, está descrito na década de 60.

De uma forma bem resumida, podemos dizer que essa é uma ferramenta visual. Seu principal objetivo é destacar os pontos importantes de um conteúdo. Assim, através desses pontos é possível criar associações necessárias para absorver o conteúdo.

Dessa forma, o principal objetivo de usar o mapa mental é te ajudar a memorizar o que é mais importante dentro de um conteúdo.

Seu idealizador foi um consultor inglês, seu nome era Tony Buzan. Ela não se aplica a uma matéria ou conhecimento específico. Assim, ela pode ser usada em várias matérias.

Aliás, nessa ferramenta se usa a linguagem não verbal, assim como a verbal. Para isso, são criados vários resumos, cheio de recursos como símbolos, setas, cores, frases curtas e tópicos.

Então, se você tem facilidade em aprender de forma visual, o mapa mental é uma ferramenta de aprendizagem incrível! E ao contrário do estudo tradicional, o mapa mental pode ser uma ferramenta bem divertida de estudo.

Como fazer um mapa mental?

Não existe uma regra para criar essa ferramenta para estudos. Cada pessoa pode criar à sua maneira. Entretanto, existem alguns passos que podem te ajudar a montar seu primeiro mapa mental.

Primeiramente você deve selecionar quais materiais irá utilizar na construção do seu mapa mental. Então, você pode usar como base um quadro, uma parede, uma folha de sulfite ou cartolina.

Aliás, selecione canetas, marcadores, adesivos, todo material que tiver para usar para destacar e organizar as informações. Bom no centro de tudo, você irá colocar o ponto fundamental do estudo. Por exemplo, a história da humanidade.

Em todo o redor você irá inserir informações relacionadas a esse tema. Pontos principais que você precisa aprender. Esses pontos podem ser ligados por setas ou traços. Entretanto, essa inserção precisa seguir etapas. Essas etapas precisam fazer sentido!

Como organizar seus mapas mentais?

Como falamos anteriormente o mapa mental precisa ser organizado e utilizar recursos visuais para te ajudar a memorizar o conteúdo estudado. Sendo assim, procure criar um sistema.

Escolha uma cor e atribua um significado para essa cor. No exemplo que demos, você pode usar uma cor distinta para divisão da história da humanidade. Azul para Alta Idade Média, rosa para o Feudalismo, e assim por diante.

Os formatos também são importantes na construção. As formas geométricas podem te ajudar a agrupar um determinado assunto dentro de outras categorias.

As setas, são essenciais para ligar os conteúdos. Dessa forma, será mais simples de estabelecer as conexões entre os conteúdos.

Assim, os queridos balõezinhos podem ser usados para complementar o assunto, ou simplesmente para lembrar a você algo sobre o assunto. Essas são apenas algumas formas de organizar. Mas você pode usar adesivos para categorizar um assunto.

Portanto, o mais importante é que tudo o que você fizer como visual no mapa mental faça sentido para você!

Aliás, é importante criar um material compacto para estudo. De preferência para palavras-chave, tópicos e frases curtas. Sempre que achar necessário, faça alterações, o importante é que ele seja claro para você!

Por isso, no momento de criar seu mapa mental, procure deixar ele aberto. Para que se necessário você pode fazer alterações em sua estrutura.

Como usar o mapa mental para estudar?

Bom vamos falar primeiramente, em que situações você pode usar o mapa mental.

  • Durante a aula ou estudo procure anotar todos os pontos principais;
  • Aproveite para fixar o conhecimento de livros ou artigos científicos;
  • Para desenvolver um plano de trabalho;
  • Construir e gerenciar uma agenda pessoal;
  • Para construir uma apresentação;
  • Estruturar ideias para uma reunião;
  • Entender os resultados de uma empresa;
  • Gerenciar ou elaborar um projeto.

Principais características do mapa mental:

  • Manter seu foco em um assunto principal;
  • Melhorar a visualização da ideia principal;
  • Fazer conexões entre assuntos principais e secundários;
  • Auxiliar na análise, compreensão e na lógica de um assunto.

Construção do mapa mental, pontos importantes:

  • Iniciar do centro e ir organizando para fora o conteúdo;
  • Destacar palavras-chave, títulos e frases curtas;
  • Usar imagens e símbolos;
  • Manter uma escrita legível;
  • Fazer o máximo de conexões possíveis;
  • Usar cores e formas para diferenciar assuntos;
  • Aproveitar de setas ou linhas para ligar assuntos.

Ferramentas para criar mapas mentais

Se você prefere usar a tecnologia para montar seu mapa mental, existem alguns sites que podem te ajudar nessa jornada. Assim, você pode ter seu mapa mental sempre à mão!

Canva

Uma das ferramentas mais usadas atualmente é o Canva. Com ele é possível criar um mapa mental cheio de recursos. A ferramenta tem ótimos recursos gratuitos! Depois se desejar é possível fazer o download e imprimir, se desejar.

Mind Node

O Mind Node é outra ferramenta bem prática. Entretanto, ela só está disponível para quem usa o sistema IOS.

Mindmesiter

O Mindmesiter você pode acessar de qualquer navegador e também tem a opção gratuita e paga. Se você é estudante pode conseguir um desconto para versão paga.

Coggle

Por fim, uma outra opção para fazer criar de forma online é o Coggle. Ela é uma das melhores opções, a única desvantagem é que ela não tem a tradução completa. Mas, a plataforma é muito intuitiva, facilitando o uso.

Word ou Power Point

Aliás, se você quiser ainda pode criar o seu em ferramentas comuns como o Word ou Power Point. A questão mais importante é que a forma de montar o seu, te ajude no momento de estudar as informações!

3 exemplos de mapas mentais

Você quer Mapas Mentais + Cadernos de Questões + Ebooks?

Exemplo de mapa mental da revolução francesa
Exemplo de mapa mental sobre a revolução francesa.

Exemplo de mapa mental sobre o sistema nervoso
Exemplo de mapa mental sobre o sistema nervoso.

Exemplo de mapa mental sobre sangue
Exemplo de mapa mental sobre sangue.

Então, com todas essas informações sobre o assunto, esperamos que possamos ter ajudado a montar e a utilizar seu mapa mental, para melhorar a sua rotina de estudos. Ou até quem sabe no dia a dia do seu trabalho!

Foto de perfil Gabriela Castro
Por Gabriela Castro em 07/11/2021 22:42:05
Redatora Web
Redatora freelancer de blog, sites, e-book, e-mail marketing, entre outros. Criadora de conteúdo para Redes Sociais.

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.