← Mais dicas

Será que vale a pena fazer os cursos da ETEC?

Por Sumaia Santana em 15/10/2021 14:45:01 | Como Passar, ETEC

Conheça os cursos oferecidos, descubra o que cai na prova do vestibulinho e saiba as cidades que possuem as ETECs.


Na lista das melhores escolas públicas de SP
Na lista das melhores escolas públicas de SP.

Estudar nas ETECs é o sonho de muita gente, visto que os profissionais com formação técnica costumam ser muito valorizados pelo mercado. Mas, será que os cursos da ETEC valem a pena?

Se você tem essa dúvida, vamos traçar um panorama sobre a instituição, além de trazer lista dos cursos e como o que cai no famoso “vestibulinho da ETEC”.

Breve histórico da ETEC

As ETECs (Escolas Técnicas Estaduais) são escolas de ensino técnico, integrado e médio no estado de São Paulo. A rede pertence ao Centro Estadual de Educação Tecnológica Paula Souza (CEETEPS), esta, por sua vez, pertence a autarquia da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia (SDECTI).

O Paula Souza surgiu por meio do Decreto Lei de 6 de outubro de 1969, durante a gestão do governador Roberto Costa de Abreu Sodré (1967 a 1971). Esse foi o início das Fatecs (Faculdades de Tecnologia), cujas primeiras unidades foram instaladas em Sorocaba (interior de São Paulo) e na cidade de São Paulo.

Na década de 80 o Centro Paula Souza incorporou o ensino técnico de nível médio e também começou a administrar instituições criadas em 1911 com intuito de ensinar “prendas manuais” e artes industriais aos jovens na capital paulista, caso da Escola Profissional Masculina (atual Etec Getúlio Vargas) e a Escola Profissional Feminina (atual Etec Carlos de Campos). Em 1981 e 1982, o Centro Paula Souza incorporou mais 12 escolas.

As primeiras escolas técnicas do Centro Paula Souza, a Escola Técnica Técnica de São Paulo (Etesp) e a Etec de Taquaritinga foram inauguradas no ano de 1988. O Paula Souza tornou-se em 1994 responsável pelo ensino técnico no estado de São Paulo, incorporando 85 escolas (já inclusas as 12 incorporadas entre 1981 e 1982).

Quantas ETECs existem?

São 212 unidades espalhadas em 156 cidades do estado de São Paulo distribuídas entre 15 regiões administrativas. Atualmente, as ETECs possuem mais de 228 mil alunos. Confira qual o número de escolhas por cada região:

Região Administrativa de São Paulo: 42 escolas;

Região Administrativa de Araçatuba - 5 escolas

  • Andradina;
  • Araçatuba;
  • Birigui;
  • Ilha Solteira;
  • Penápolis.

Região Administrativa de Barretos: 3 escolas.

  • Barretos;
  • Bebedouro;
  • Olímpia.

Região Administrativa de Bauru: 10 escolas

  • Barra Bonita;
  • Bauru;
  • Botucatu;
  • Cabrália Paulista;
  • Cafelândia;
  • Jaú;
  • Lençois Paulista;
  • Lins;
  • São Manuel.

Região Administrativa de Campinas: 27 escolas

  • Aguaí;
  • Americana;
  • Amparo;
  • Araras;
  • Atibaia;
  • Campinas;
  • Campo Limpo Paulista;
  • Casa Branca;
  • Espírito Santo do Pinhal;
  • Hortolândia;
  • Itapira;
  • Itatiba;
  • Jundiaí;
  • Mococa;
  • Santa Bárbara d’Oeste;
  • Mogi Guaçu;
  • Mogi Mirim;
  • Monte Mor;
  • Nova Odessa;
  • Piracicaba;
  • Pirassununga;
  • São José do Rio Pardo;
  • São Pedro.

Região Administrativa Central: 8 escolas

  • Araraquara;
  • Ibaté;
  • Ibitinga;
  • Matão;
  • Porto Ferreira;
  • Santa Rita do Passa Quatro;
  • São Carlos;
  • Taquaritinga.

Região Administrativa de Franca: 8 escolas

  • Batatais;
  • Franca;
  • Igarapava;
  • Ituverava;
  • Miguelópolis;
  • Orlândia;
  • São Joaquim da Barra.

Região Administrativa de Marília: 13 escolas

  • Assis;
  • Cândido Mota;
  • Garça;
  • Ipaussu;
  • Marília;
  • Ourinhos;
  • Palmital;
  • Paraguaçu Paulista;
  • Quatá;
  • Santa Cruz do Rio Pardo;
  • Tupã;
  • Vera Cruz.

Região Administrativa Metropolitana de São Paulo: 24 escolas

  • Barueri;
  • Caieiras;
  • Cajamar;
  • Carapicuíba;
  • Cotia;
  • Diadema;
  • Embu;
  • Ferraz de Vasconcelos;
  • Francisco Morato;
  • Franco da Rocha;
  • Jandira;
  • Mauá;
  • Itaquaquecetuba;
  • Mogi das Cruzes;
  • Osasco;
  • Poá;
  • Ribeirão Pires;
  • Santa Isabel;
  • Santana de Parnaíba;
  • Santo André;
  • São Bernardo do Campo;
  • São Caetano do Sul;
  • Suzano.

Região Administrativa de Presidente Prudente: 9 escolas

  • Adamantina;
  • Dracena;
  • Presidente Prudente;
  • Presidente Venceslau;
  • Osvaldo Cruz;
  • Rancharia;
  • Teodoro Sampaio.

Região Administrativa de Ribeirão Preto: 5 escolas

  • Guariba;
  • Monte Alto;
  • Ribeirão Preto;
  • Santa Rosa do Viterbo;
  • São Simão;
  • Serrana.

Região Administrativa de Santos: 13 escolas

  • Caraguatatuba;
  • Cubatão;
  • Guarujá;
  • Iguape;
  • Itanhaém;
  • Mongaguá;
  • Peruíbe;
  • Praia Grande;
  • Registro;
  • Santos;
  • São Vicente;
  • São Sebastião.

Região Administrativa de São José do Rio Preto: 9 escolas

  • Catanduva;
  • Fernandópolis;
  • Jales;
  • Mirassol;
  • Monte Aprazível;
  • Novo Horizonte;
  • São José do Rio Preto;
  • Santa Fé do Sul;
  • Votuporanga.

Região Administrativa de São José dos Campos: 11 escolas

  • Caçapava;
  • Cachoeira Paulista;
  • Caraguatatuba;
  • Cruzeiro;
  • Guaratinguetá;
  • Jacareí;
  • Lorena;
  • Pindamonhangaba;
  • São José dos Campos;
  • São Sebastião;
  • Taubaté.

Região Administrativa de Sorocaba: 22 escolas

  • Avaré;
  • Capão Bonito;
  • Capivari;
  • Cerqueira César;
  • Cerquilho;
  • Itararé;
  • Itapetininga;
  • Itapeva;
  • Itu;
  • Mairinque;
  • Piedade;
  • Pirajú;
  • Sorocaba;
  • São Roque;
  • Taquarituba;
  • Taquarivaí;
  • Tatuí;
  • Tietê;
  • Votorantim.

Vale ressaltar que além das escolas nas regiões acima, o Centro Paula Souza firma parcerias com as prefeituras e Secretarias de Educação Municipais para que cursos técnicos sejam aplicados nas escolas municipais que não tenham aulas à noite.

Quais os cursos oferecidos nas ETECs?

As ETECs possuem 192 cursos técnicos. Os cursos listados abaixo não estão disponíveis em todas as escolas, devendo o candidato consultar a unidade.

  • 103 cursos técnicos presenciais;
  • 5 cursos técnicos semipresenciais;
  • 7 cursos técnicos on-line;
  • 3 cursos técnicos na modalidade aberta;
  • 33 cursos técnicos integrados ao Ensino Médio (ETIM)
  • 31 cursos do Novotec Integrado;
  • 4 cursos na Articulação da Formação Profissional Média e Superior (AMS);
  • 6 cursos técnicos integrados ao Ensino Médio na modalidade EJA (Educação de Jovens e Adultos).;
  • 20 cursos de especialização técnica.

Veja a relação dos cursos em cada categoria:

Cursos Técnicos Presenciais: duração de 1200 horas divididas em três semestres

  • Açúcar e Álcool;
  • Administração;
  • Agenciamento de Viagem;
  • Agente Comunitário de Saúde;
  • Agricultura;
  • Agrimensura;
  • Agroecologia;
  • Agroindústria;
  • Agropecuária;
  • Alimentos;
  • Arquivo;
  • Automação Industrial;
  • Avicultura;
  • Biblioteconomia;
  • Bioquímica;
  • Biotecnologia;
  • Biotecnologia;
  • Cafeicultura;
  • Calçados;
  • Canto;
  • Celulose e Papel;
  • Comércio;
  • Comércio Exterior;
  • Comunicação Visual;
  • Contabilidade;
  • Cozinha;
  • Cuidador de Idosos;
  • Curtimento;
  • Dança;
  • Desenho de Construção Civil;
  • Desenvolvimento de Sistema;
  • Design de Interiores;
  • Design de Móveis;
  • Edificações;
  • Eletroeletrônica;
  • Eletromecânica;
  • Eletrônica;
  • Eletrotécnica;
  • Enfermagem;
  • Eventos;
  • Fabricação de Instrumentos Musicais;
  • Farmácia;
  • Finanças;
  • Florestas;
  • Guia de Turismo;
  • Hospedagem;
  • Informática;
  • Informática para Internet;
  • Instrumentação;
  • Instrumento Musical;
  • Lazer;
  • Legislativo;
  • Logística;
  • Manutenção Automotiva;
  • Manutenção de Aeronaves em Célula;
  • Manutenção de Máquinas Pesadas;
  • Manutenção e Suporte de Informática;
  • Marketing;
  • Mecânica;
  • Mecanização Agrícola;
  • Mecatrônica;
  • Meio Ambiente;
  • Metalúrgica;
  • Mineração;
  • Modelagem do Vestuário;
  • Móveis;
  • Multimídia;
  • Museologia;
  • Nutrição e Dietética;
  • Organização Esportiva;
  • Orientação Comunitária;
  • Órteses e Próteses;
  • Paisagismo;
  • Portos;
  • Processos Fotográficos;
  • Produção de Áudio e Vídeo;
  • Produção de Cana de Açúcar;
  • Produção de Vidro;
  • Programação de Jogos Digitais;
  • Projetos Mecânicos;
  • Prótese Dentária;
  • Química;
  • Recursos Humanos;
  • Rede de Computadores;
  • Regência;
  • Restaurante e Bar;
  • Saneamento;
  • Saúde Bucal;
  • Secretariado;
  • Segurança do Trabalho;
  • Seguros;
  • Serviços Jurídicos;
  • Serviços Públicos;
  • Teatro;
  • Telecomunicações;
  • Têxtil;
  • Transações Imobiliárias;
  • Transporte Metroferroviário;
  • Transporte Rodoviário;
  • Turismo Receptivo;
  • Vestuário;
  • Zootecnia.

Cursos Técnicos Semipresenciais: Administração, Comércio, Eletrônica, Secretariado e Sistemas de Energia Renovável.

Cursos Técnicos On-line: Administração, Comércio, Desenvolvimento de Sistemas, Eletrônica, Guia de Turismo, Secretariado e Transações Imobiliárias.

Cursos Técnicos na Modalidade Aberta: duração de três semestres onde o aluno acessa às aulas via smart TV, computador, tablet ou celular. O estudante organiza seu cronograma e faz as provas presencialmente. Cursos disponíveis: Administração, Comércio e Secretariado.

Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio (ETIM)

  • Administração;
  • Agronegócio;
  • Agropecuária;
  • Alimentos;
  • Automação Industrial;
  • Biotecnologia;
  • Comunicação Visual;
  • Contabilidade;
  • Cozinha;
  • Desenvolvimento de Sistemas;
  • Edificações;
  • Eletroeletrônica;
  • Eletrônica;
  • Eletrotécnica;
  • Eventos;
  • Florestas;
  • Hospedagem;
  • Informática;
  • Informática para Internet;
  • Lazer;
  • Logística;
  • Marketing;
  • Mecânica;
  • Mecatrônica;
  • Meio Ambiente;
  • Modelagem de Vestuário;
  • Nutrição e Dietética;
  • Programação de Jogos Digitais;
  • Química;
  • Secretariado;
  • Segurança do Trabalho;
  • Serviços Jurídicos.

Cursos Técnicos Integrados ao Ensino Médio (EJA): Administração, Agronegócio, Calçados, Cozinha, Edificações e Química.

Articulação da Formação Profissional Média e Superior (AMS): formação de cinco anos que mescla conteúdos de Ensino Médio Técnico e Ensino Superior Tecnológico. Cursos disponíveis: Administração, Agronegócio, Desenvolvimento de Sistemas e Química.

Novotec Integrado - Habilitação Técnica Profissional

  • Administração;
  • Agronegócio;
  • Agropecuária;
  • Alimentos;
  • Automação Industrial;
  • Comunicação Visual;
  • Contabilidade;
  • Cozinha;
  • Desenvolvimento de Sistemas;
  • Edificações;
  • Eletrônica;
  • Eletrotécnica;
  • Eventos;
  • Hospedagem;
  • Informática para Internet;
  • Logística;
  • Mineração;
  • Modelagem de Vestuário;
  • Nutrição e Dietética;
  • Programação de Jogos Digitais;
  • Química;
  • Secretariado;
  • Segurança do Trabalho;
  • Serviços Jurídicos;
  • Serviços Públicos.

Novotec Integrado - Qualificação Profissional: Administrador de Banco de Dados, Assistente de Recursos Humanos, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Finanças e Auxiliar de Marketing e Comercial.

Especialização Técnica

  • Automação Predial;
  • Centro Cirúrgico e Instrumentação Cirúrgica;
  • Composição e Arranjo;
  • Dança de Salão;
  • Desenvolvimento de Aplicativos para Smartphones;
  • Desenvolvimento de Novos Produtos para a Área da Indústria Alimentícia;
  • Desenvolvimento de Sistemas;
  • Enfermagem do Trabalho;
  • Enfermagem na Assistência ao Idoso;
  • Enfermagem no Atendimento em Urgência e Emergência Intra e Extra-Hospitalar;
  • Geoprocessamento;
  • Gestão Ambiental;
  • Gestão de Energia;
  • Gestão de Projetos;
  • Gestão de Unidades de Alimentação e Nutrição;
  • JAVA-WR;
  • Logística Reversa;
  • Organização de Eventos Corporativos;
  • Panificação e Confeitaria;
  • Produção Cultural.

Ensino Médio com Ênfase

  • Ensino Médio com ênfase em Ciências Biológicas, Agrárias e da Saúde;
  • Ensino Médio com ênfase em Ciências Exatas e Engenharias;
  • Ensino Médio com ênfase em Linguagens, Ciências Humanas e Sociais.

Como entrar na ETEC?

Para entrar na ETEC é preciso fazer o Vestibulinho. O processo seletivo é semestral, sendo o 1º semestre para Ensino Médio e Ensino Técnico e o 2º semestre apenas Ensino Técnico.

Pode concorrer às vagas quem está cursando a partir do 2º ano do ensino médio. Sobre a idade, é preciso ter no mínimo 17 anos completos até 31 de janeiro ou 31 de julho para os cursos técnicos de Enfermagem e Cozinha.

Além do mais, o processo seletivo tem o “Sistema de Pontuação Acrescida”, onde negros têm acréscimo de 3% sobre a nota e, quem estudou na rede pública recebe bônus de 10%.

Encontre informações sobre o Vestibulinho, neste link.

Como é a prova do vestibulinho da ETEC?

Saber o que cai na prova do vestibulinho da ETEC é importante para se preparar.

São 50 questões de Matemática, Português, Ciências Humanas e Ciências Naturais, abordando assuntos do Ensino Fundamental. Descubra os tópicos abordados na prova:

Matemática

  • Conjuntos Numéricos;
  • Frações;
  • Sistemas de Medida;
  • Estatística;
  • Ângulos;
  • Círculo e Circunferência;
  • Poliedros;
  • Regra de Três;
  • Equações do 1º Grau;
  • Potenciação;
  • Expressões Algébricas;
  • Plano Cartesiano;
  • Teorema de Tales e de Pitágoras;
  • Área e Perímetro;
  • Volumes;
  • Frações;
  • Semelhança de Triângulos;
  • Razões Trigonométricas;
  • Probabilidade.

Língua Portuguesa

  • Interpretação de Texto;
  • Acentuação;
  • Pronomes;
  • Tempos e modos verbais;
  • Figuras de linguagem;
  • Pontuação;
  • Conotação e denotação;
  • Objeto direto e indireto;
  • Agente da passiva;
  • Complemento nominal;
  • Concordância nominal e verbal;
  • Regência nominal e verbal;
  • Funções acessórias: adjunto adnominal, aposto, adjunto adverbial e vocativo;
  • Crase.

História

  • Sistemas sociais e culturais de notação de tempo;
  • A vida na Grécia Antiga;
  • O fim do Império Romano;
  • Império Bizantino e Oriente no imaginário medieval;
  • O Feudalismo;
  • As Cruzadas e os contatos entre as sociedades europeias e medievais;
  • Reforma e Contrarreforma;
  • Expansão marítima nos séculos XV e XVI;
  • Sociedades maia, asteca e inca;
  • Conquista espanhola na América;
  • Sociedades indígenas no Brasil.

Geografia

  • Formação territorial do Brasil;
  • Regionalização do território brasileiro;
  • Biomas e domínios morfoclimáticos do Brasil;
  • Políticas ambientais no Brasil;
  • Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC);
  • Globalização em três tempos;
  • Matriz energética brasileira;
  • Blocos econômicos supranacionais;
  • A história da Terra e os recursos minerais;
  • Atividades econômicas e o espaço geográfico.

Biologia

  • Origem e evolução dos seres vivos;
  • Características básicas dos seres vivos;
  • Poluição do ar e do solo;
  • Parasitas humanos e os agravos à saúde;
  • Sexualidade, reprodução humana e saúde reprodutiva.

Física

  • Dimensão e estrutura do planeta Terra;
  • Rotação da Terra;
  • Materiais como fonte de energia;
  • Usos tecnológicos das radiações.

Química

  • Fórmulas químicas;
  • Substâncias e misturas;
  • Estados da matéria;
  • Reações químicas;
  • Estrutura atômica.

Vale a pena estudar na ETEC?

Sim! Segundo o Centro Paula Souza, das 50 escolas públicas com maior pontuação, 12 eram ETECs.

Em relação à empregabilidade, de 5 estudantes das ETECs, 4 conseguiram emprego após um ano do término do curso, segundo o Sistema de Avaliação Institucional do Paula Souza.

No ranking das melhores escolas públicas da cidade de São Paulo, 29 são ETECs. Já na lista das melhores escolas públicas do estado, 44 são ETECs.

Além do alto índice de empregabilidade, devido ao fato da qualidade do ensino, estudar em uma ETEC ainda tem a vantagem de obter uma formação robusta em pouco tempo, duração dos cursos é de 3 a 4 semestres.

Foto de perfil Sumaia Santana
Por Sumaia Santana em 15/10/2021 14:45:01
Redatora Web
Redatora freelancer com conhecimentos em SEO para produção de textos. Experiência na criação de artigos sobre concursos públicos, saúde física e mental, alimentação, autoconhecimento, seguros, locação de imóveis, construção/reforma e materiais de construção.

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.