Prova da Prefeitura de Cândido Sales-BA é adiada para junho

Dinake Núbia em 27/04/2020 às 14:37:21 Comunicar erro!

Com o adiamento da primeira etapa, as outras duas provas previstas também sofreram alterações. Confira a nota divulgada pela prefeitura a respeito da continuidade do concurso.

Prova da Prefeitura de Cândido Sales-BA é adiada para junho

As provas objetivas do concurso da Prefeitura de Cândido Sales-BA foram adiadas para junho por causa da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

De acordo com o cronograma do concurso, as provas estavam previstas para acontecer no dia 26 de abril.

A decisão levou em consideração as medidas para a contenção da disseminação da doença. O comunicado foi publicado pela Administração e também pelo Instituto Brasileiro Educar Conquista (Ibec), empresa organizadora do certame.

Conforme a decisão, as provas objetivas devem acontecer no dia 14 de junho. Os candidatos devem estar atentos, pois demais informações serão divulgadas nos canais oficiais e também no Gabarite.

Veja na íntegra a nota divulgada pela Prefeitura de Cândido Salles-BA sobre o concurso:

A comissão do Concurso Público de Cândido Sales, através dos seus membros... decide suspender temporariamente a prova do Concurso Público de Cândido Sales- BA, que seria realizada em 26 de abril de 2020, para o dia 14 de junho de 2020, em conformidade com a divulgação posterior dos locais de provas e divisão de candidatos por salas. É de suma importância que os candidatos fiquem atentos às publicações no Diário Oficial do Munícipio de Cândido Sales e no site do IBEC para a divulgação de demais informações pertinentes ao certame.

Concurso Prefeitura de Cândido Sales-BA 2020

No total, 82 vagas estão sendo disponibilizadas para profissionais com ensino médio completo. As vagas são para preenchimento do quadro pessoal e também formação de cadastro reserva para o cargo de agente comunitário de saúde.

O salário oferecido é de R$ 1.400,00 para jornada de trabalho de 40 horas semanais.

A validade do presente Concurso é de um ano, contado da data de sua homologação, podendo inclusive, haver prorrogação por mais um ano, caso haja necessidade e a critério da administração pública.

Os candidatos inscritos no concurso serão submetidos a três etapas, sendo:

  • Prova objetiva: composta por 40 questões, nas áreas de Língua Portuguesa, Matemática e Conhecimentos Específicos. Para ser aprovado, o concurseiro deve ter, no mínimo, 60% de acertos do total de questões.
  • Prova de títulos e avaliação curricular: de caráter classificatório, voltada somente para os candidatos aprovados na primeira etapa. Os títulos devem ser enviados em até 72 horas após a divulgação da relação dos classificados. Os documentos considerados válidos como tempo de experiência são cursos de capacitação, atualização e similares para ACS e ACE, expedidos por Secretarias de Saúde.
  • Curso introdutório de formação inicial e continuada: de caráter classificatório, somente para os três primeiros aprovados em cada vaga oferecida. A carga horária é de 40 horas. Os participantes ainda serão avaliados através de prova teórica e prática a respeito do conteúdo ministrado na formação.

Além disso, também é necessário que o candidato tenha nacionalidade brasileira; 18 anos; esteja em dias com as obrigações eleitorais e militares, no caso de homens; tenha boa saúde; não possua condenação criminal em aberto, passada em julgado; entre outros critérios exigidos no edital.

Apesar das vagas existentes, para o cargo público os aprovados serão chamados conforme as necessidades da Administração.