Enem 2020: primeiro dia de provas com alunos barrados e salas lotadas

Rafael Thomas 18/01/2021 10:07:17 Enem, Brasil, Covid Erramos?

Mesmo com mais da metade de faltosos, muitos candidatos foram barrados na hora de fazer as provas porque as salas já estavam com a lotação máxima.

Enem 2020: primeiro dia de provas com alunos barrados
Capa: Enem 2020: primeiro dia de provas com alunos barrados

No último domingo, 17 de janeiro, 5,7 milhões de inscritos tiveram a primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM).

Porém, devido ao momento pandêmico, 51,5% (2.842.332) dos inscritos não compareceram para fazer as provas, sendo a maior taxa de abstenção da história do exame.

Aplicação das provas

Este ano a aplicação de provas do Enem foi dividida entre provas impressas e provas digitais. As provas impressas foram marcadas para os dias 17 e 24 de janeiro e as digitais serão aplicadas nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro.

No primeiro fim de semana de provas impressas, os candidatos tiveram 5 horas e 30 minutos para testarem seus conhecimentos em Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Redação (Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira (Inglês ou Espanhol), Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação) e Ciências Humanas e suas Tecnologias (História, Geografia, Filosofia e Sociologia).

Enem 2020: tema da redação

Este ano o tema da redação foi "o estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”, como divulgou o Ministro da Educação, Milton Ribeiro. O texto foi dissertativo, e os candidatos deveriam criar uma proposta de intervenção a respeito do tema.

Primeiro dia de provas com alunos barrados

Mesmo com mais da metade de faltosos, muitos candidatos foram barrados na hora de fazer as provas porque as salas já estavam com a lotação máxima.

A distribuição dos candidatos por sala é de responsabilidade do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais), que havia garantido espaço e segurança para todos os inscritos realizarem as provas.  

No último sábado (16), a Defensoria Pública da União entrou com um pedido junto a Justiça Federal para impedir a realização do Enem. De acordo com a Defensoria, o Inep mentiu sobre a segurança e o espaço para os candidatos prestarem o exame.

Reaplicação das provas

Segundo o presidente do Inep, Alexandre Lopes, todos os alunos que foram impedidos de realizar a prova terão uma nova oportunidade. A reaplicação das provas serão nos dias 25 e 29 de janeiro e os barrados devem se cadastrar no site da instituição.

Haverá também outra reaplicação de prova em fevereiro para os candidatos que avisaram, antes da prova, que estavam contaminados por doenças infecciosas, como a Covid-19.

Também poderão realizar o exame nesta data os inscritos do Amazonas e de duas cidades de Rondônia. Ao todo 58 municípios brasileiros não tiveram aplicação das provas do Enem no domingo. No Amazonas, 160.548 inscritos em 56 dos 62 municípios do estado não puderam fazer as provas

Gabarito do Enem sai na quarta-feira

Para saber o número de acertos, os candidatos deverão esperar até a próxima quarta-feira (27). Os candidatos deverão acessar o portal do Inep portal.inep.gov.br/enem para acompanhar a resposta das questões.

Segundo dia de Provas será no próximo domingo.

No próximo dia 24 de janeiro os candidatos farão o segundo dia de provas do Exame. Serão testados conhecimentos de matemática e ciências da natureza.