Enem 2020/2021: Apenas 28 estudantes tiram nota mil na redação

Dinake Núbia | 01/04/2021 22:30:23 | Enem, Brasil, Prouni, Fies, Sisu | Comentar (0)

Apenas 28 estudantes tiraram mil pontos na prova, sendo a maioria mulheres, representando 71,4% do total. Este foi o pior resultado desde a edição de 2013 do exame. 

Enem 2020/2021: Apenas 28 estudantes tiram nota mil na redação
Capa: Enem 2020/2021: Apenas 28 estudantes tiram nota mil na redação

Neste ano, apenas 28 estudantes tiraram a nota máxima na redação do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2020). No total, 2.723.583 textos dos participantes do exame foram corrigidos, dos quais 87.567 zeraram a prova de redação.

Apenas 28 estudantes tiraram mil pontos na prova, sendo a maioria mulheres, representando 71,4% do total. Este foi o pior resultado desde a edição de 2013 do exame. 

O Enem 2020, aplicado em 2021 devido a pandemia do novo coronavírus, ofereceu três temas aos estudantes participantes, sendo o “estigma associado às doenças mentais na sociedade brasileira”, abordado na edição impressa, e “O desafio de reduzir as desigualdades entre as regiões do Brasil" na edição digital.

Na reaplicação da prova, o assunto escolhido foi "A falta de empatia nas relações sociais no Brasil". Entre todas as áreas de conhecimento, a redação foi a que teve menor nota de avaliação, com média de 588,74.

Este ano ocorreu pela primeira vez a edição digital das provas, além da versão impressa. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), dos 93 mil inscritos no Enem Digital, apenas 31,5% realizaram as provas.

Ao todo, 2.795.978 pessoas fizeram as provas. Dessas, 862.804 são concluintes do ensino médio e 1.540.413 finalizaram a etapa educacional em anos anteriores. Com isso, 2.403.217 participantes terão a oportunidade de usar as notas do Enem para acessar a educação superior.

Veja os programas que utilizam as notas do Enem 2020

Atualmente, o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) pode ser considerado uma das principais portas para ingresso na educação superior no Brasil. Mas, afinal, você sabe quais são os programas educacionais que aceitam os resultados do exame?

As notas do Enem podem ser utilizadas para ingresso em universidades de ensino superior por meio de programas como o Sisu (Sistema de Seleção Unificada) e Prouni (Programa Universidade para Todos), além de instituições privadas e do exterior.

Vamos entender mais...

Sisu

Diversas instituições públicas oferecem vagas pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC). Entretanto, só podem se inscrever os estudantes que participaram da edição mais recente do Enem, ou seja, a versão de 2020. 

Além disso, a nota da redação precisa ser maior que zero. No Sisu, o candidato pode sinalizar o interesse em até duas opções de curso. 

As inscrições para este programa estão previstas para começar no próximo dia 6 de abril. O encerramento está marcado para o dia 9 do mesmo mês.

Prouni

O Programa Universidade para Todos (Prouni) possibilita que o participante do Enem tenha acesso à bolsa de estudo integral ou parcial (50%).

Os critérios para concorrer são diferentes em cada caso. Para tentar o benefício integral, o estudante precisa apresentar renda familiar bruta mensal, por pessoa, de até um salário mínimo e meio.

Caso a bolsa seja parcial, a renda familiar bruta mensal deve ser de até três salários mínimos por pessoa.

Para participar do Prouni, o estudante não pode ter diploma de curso superior e precisa, ter participado do Enem 2020 e obter, no mínimo, 450 pontos de média das notas do exame. Assim como no Sisu, o estudante não pode ter zerado a redação.

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) é uma outra opção para estudantes de instituições particulares, que também utiliza as notas do Enem para selecionar os beneficiados. Neste caso, o valor do financiamento varia de acordo com a renda familiar do estudante.

Esta é uma oportunidade para financiamento de cursos com juros reduzidos. Durante a formação, o estudante arca apenas com o valor da coparticipação junto ao agente financeiro.

Após a conclusão do curso, o estudante amortiza o saldo devedor do financiamento de acordo com a sua realidade financeira.

Enem Portugal

O Enem também possibilita a oportunidade de ingresso em instituições de ensino superior em Portugal. No total, 51 instituições lusitanas possuem convênio com o Inep para aceitarem as notas do exame. Entretanto, cada universidade define as regras para o uso das notas.

Treineiros

Neste caso, as notas dos participantes servem apenas como autoavaliação de conhecimentos. Por isso, os estudantes que participaram desta modalidade não podem se inscrever em nenhum dos programas citados.

Neste ano, a nota dos treineiros será divulgada no dia 28 de maio, por meio da Página do Participante e do aplicativo do exame.

Deixe seu comentário (0)

Seja o primeiro a comentar!