← Mais notícias

Concurso SES SP 2022: novo processo seletivo para 1.070 cargos

Governador João Dória autorizou contratação temporária de 1.700 profissionais entre Oficiais de Saúde e Técnicos de Enfermagem.


Os salários iniciais são de até R$7.452,00.
Os salários iniciais são de até R$7.452,00..

O edital do novo concurso SES SP (Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo) para contratação de 1.070 funcionários foi anunciado pelo governador João Dória no dia 16 de outubro, mas ainda não há definição de quando o edital será publicado, visto que a banca organizadora ainda não foi escolhida. 

Essas 1.070 vagas serão distribuídas da seguinte forma: 450 para ensino médio e 620 para ensino superior. Os salários iniciais são de até R$7.452,00. 

Para ensino médio serão 200 vagas de Oficial de Saúde e 250 vagas para Técnico de Enfermagem com remuneração inicial de R$1.481,50.

Para ensino superior a divisão das vagas é a seguinte:

  • 200 vagas para Agente Técnico de Assistência à Saúde com remuneração inicial de R$1.972,43;
  • 250 vagas para Enfermeiro com remuneração inicial de R$2.391,00;
  • 150 vagas para Médico 24 horas com remuneração inicial de R$5.371,65.

A contratação temporária desses 1.070 profissionais de saúde será por meio de processo seletivo simplificado. Isso significa que a seleção dos candidatos é mais rápida, podendo ser somente por meio de Avaliação de Títulos. 

Quando foi o último concurso SES SP?   

Organizado pelo Instituto Zambini, o último concurso SES SP foi um processo seletivo simplificado e emergencial realizado no 1º semestre deste ano. Foram 12 vagas temporárias de ensino superior para Enfermeiros com remuneração de R$1.516,10.

A explicação para esse processo seletivo é, segundo o edital, “complementação da forma de trabalho das Unidades da Coordenadoria de Controle de Doenças, para o atendimento à população no combate à pandemia do novo Coronavírus”. 

Como foi o último concurso SES SP?

A os documentos enviados para a Avaliação de Títulos foram relacionados assim:

  • a) formação/cursos: desde que a data de conclusão tenha sido até o último dia de inscrição (1º de maio de 2021);
  • b) experiência profissional: foi considerado o tempo trabalhado até o último dia de inscrição (1º de maio de 2021).

A pontuação máxima foi de 20 pontos e cada título teve a seguinte pontuação:

  • Programa de Aprimoramento Profissional (PAP) de no mínimo 1.500 horas-aula: 3 pontos;
  • Programa de Treinamento em Epidemiologia Aplicada ao Sistema Único de Saúde (EPISUS) com carga horária de 3.600 horas: 6 pontos;
  • Doutorado na área de Epidemiologia, Vigilância em Saúde ou Saúde Coletiva: 5 pontos;
  • Mestrado na área de Epidemiologia, Vigilância em Saúde ou Saúde Coletiva: 3 pontos;
  • Curso de Especialização na área de Epidemiologia, Vigilância em Saúde ou Saúde Coletiva com carga horária mínima de 360 horas: 2 pontos;
  • Experiência Profissional na área de Epidemiologia, Vigilância em Saúde ou Saúde Coletiva: 0,5 pontos a cada 12 meses trabalhados. 

A organizadora do certame adotou esses critérios para desempate:

  1. Idade igual ou superior a 60 anos;
  2. Maior pontuação na Prova de Títulos em Formação Acadêmica;
  3. Maior pontuação na Prova de Títulos em Experiência Profissional;
  4. Ter exercido a função de jurado após 09/06/2008.

Quais os requisitos do concurso SES SP?

De acordo com o último edital, os requisitos básicos para inscrição foram:

  • Ser brasileiro nato ou naturalizado ou gozar das prerrogativas do artigo 12, §1º da Constituição Federal;
  • No caso do candidato de nacionalidade portuguesa, comprovar no ato da inscrição que usufrui dos direitos do Estatuto de Igualdade entre Brasileiros e Portugueses quanto ao gozo dos direitos civis (Decreto nº 3.297/2001), mediante apresentação da cópia do requerimento para sua obtenção junto ao Ministério da Justiça;
  • Estar em gozo de boa saúde física e mental;
  • Não ser portador de deficiência incompatível com o cargo;
  • Ter 18 anos completos;
  • Estar em dia com a Justiça Eleitoral;
  • Ter boa conduta;
  • Não exercer cargo, emprego ou função pública na Administração Direta e Indireta da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios, exceto nos casos previstos no inciso XVI do Artigo 37 da Constituição Federal e do inciso XVII do Artigo 115 da Constituição Estadual. 
Foto de perfil Sumaia Santana
Por Sumaia Santana em 21/10/2021 17:12:44
Redatora Web
Redatora freelancer com conhecimentos em SEO para produção de textos. Experiência na criação de artigos sobre concursos públicos, saúde física e mental, alimentação, autoconhecimento, seguros, locação de imóveis, construção/reforma e materiais de construção.

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.