← Mais notícias

Pente-fino INSS: 85 mil podem ter benefício suspenso

Por Sumaia Santana em 21/11/2021 17:10:57 | Governo, Brasil, Perícia INSS

Convocação é para beneficiários do auxílio-doença que não foram submetidos à perícia médica nos últimos seis meses. Cerca de 85 mil pessoas correm risco de ter o benefício suspenso.


Agendar perícia pela central 135
Agendar perícia pela central 135.

O pente-fino do INSS é uma revisão dos auxílios por incapacidade temporária, o famoso auxílio doença. Quem é aposentado por invalidez e quem recebe o amparo assistencial ao deficiente estão isentos dessa revisão.

O procedimento começou em agosto e seu objetivo é rastrear quantos benefícios estavam sendo pagos a mais de seis meses sem que os titulares fossem submetidos a perícia médica. Foram convocadas 268.588 mil pessoas, 173 mil no mês de julho e 95.588 em setembro. 

A lista dos convocados está disponível no Diário Oficial da União. Se você é um deles, tem até o dia 19 para agendar a perícia médica, e poderá ser marcada para a agência do INSS da sua preferência. Quem não agendar a perícia terá o auxílio doença suspenso e, após 60 dias da suspensão, o benefício será cessado.

Como agendar perícia médica no INSS?

A perícia pode ser agendada pela Central 135 e pelo site ou aplicativo Meu INSS, confira:

Agendar perícia pela Central 135: o funcionamento é de segunda a sábado, das 7h às 22h.

Agendar perícia pelo site ou aplicativo Meu INSS: confira o passo a passo

  • Faça o login no Meu INSS;
  • Clique na opção “Do que você precisa?”, digite “Agendar Perícia” e depois escolha “Novo Requerimento”;
  • Se for a primeira perícia, escolha “Perícia Inicial”, caso já tenha feito o procedimento outras vezes, escolha “Perícia de Prorrogação”;
  • Siga as orientações e informe os dados solicitados.

O segurado deverá levar no dia da perícia seus documentos pessoais e comprovantes de sua situação, como laudos médicos com CID (Código Internacional de Doenças), exames recentes e receitas.

Em caso de impossibilidade de comparecimento na perícia, devido à dificuldade de locomoção, o beneficiário pode transferir o procedimento para outro dia. Esse reagendamento deve ser feito somente uma vez até a véspera da perícia.

O resultado estará disponível às 21h do mesmo dia do procedimento, podendo ser consultado no 135 ou no site/aplicativo gov.br/meuinss. Se o cidadão não conseguir acessar o resultado, deverá entrar em contato na Central 135 para verificar se há alguma pendência. Caso haja, poderá solicitar, no mesmo número, o “Acerto Pós Perícia”.

O INSS garante direito de recurso às pessoas que não concordam com o parecer da perícia.O prazo é de até 30 dias contados a partir do dia do acesso ao resultado.

5 dicas para perícia médica no INSS

Se você será submetido ao procedimento pela primeira vez, conheça essas 5 dicas para perícia médica do INSS:

  • Chegar com antecedência: o ideal é chegar na agência com no mínimo 15 minutos de antecedência, porque você pode encontrar fila para entrar;
  • Atenção aos documentos: não esqueça documentos pessoais como RG (ou outro documento oficial com foto), CPF e carteira de trabalho. Outros itens importantes são atestados médicos, exames, receitas, prontuário médico (em caso de muitas consultas médicas), comprovante de agendamento (se agendamento for pela internet) ou número do protocolo (se o agendamento for feito pela Central 135);
  • Cuidado com a roupa: vá com roupas leves e, em caso de problemas nos pés, prefira um sapato aberto;
  • Fale a verdade: explique seus sintomas e efeitos colaterais de medicações de forma objetiva e comece falando sobre o que mais incomoda;
  • Explique como o problema atrapalha seu trabalho: diga ao perito como seu problema afeta a vida profissional. No caso de um pedreiro, por exemplo, relate que está difícil se abaixar para assentar um piso.
Foto de perfil Sumaia Santana
Por Sumaia Santana em 21/11/2021 17:10:57
Redatora Web
Redatora freelancer com conhecimentos em SEO para produção de textos. Experiência na criação de artigos sobre concursos públicos, saúde física e mental, alimentação, autoconhecimento, seguros, locação de imóveis, construção/reforma e materiais de construção.

Deixe seu comentário (0)

Participe, faça um comentário.