Concurso IBGE 2019: Banca retifica cargo de Coordenador

Tão cedo? Concurso IBGE tem uma de suas exigências para ingresso de carreira alterado: de nível médio, passou para qualquer área de nível superior.

Letícia Cunha 26/09/2019 11:16:41 Brasil, IBGE Erro

Horas depois de ser publicado, nesta quarta-feira (25), o edital do concurso do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) foi alterado.

O cargo de coordenador censitário de subárea, que contempla 1.343 das 2.658 vagas do total, agora exige nível superior, e não mais nível médio.

Agora, para concorrer ao cargo de coordenador, é preciso ter nível superior em qualquer área de formação, além de carteira de habilitação (CNH) na categoria B ou superior.

As demais 1.315 vagas, para o cargo de agente censitário operacional, seguem com a exigente de nível médio completo.

As remunerações continuam as mesmas: os aprovados para agente serão remuneração de R$ 2.158 por mês, enquanto os para coordenador ganharão R$ 3.558 mensais, considerando o auxilio-alimentação de R$ 458.

Os contratados também contarão com auxílio transporte e escolar.

Há vagas em municípios de todos os estados do Brasil. Há reserva de 5% para candidatos com deficiência e 20% para negros e pardos.

Será publicada uma retificação do edital com essa correção. As inscrições estão abertas e encerram dia 15 de outubro, às 16h. Para se inscrever, basta acessar o site da Fundação Getúlio Vargas, organizadora, e pagar uma taxa de R$ 58 (coordenador) ou R$ 42,50 (agente).

Prova Concurso IBGE será aplicada em dezembro

O concurso IBGE vai ser composto por apenas uma fase, a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório, no dia 8 de dezembro de 2019, nos municípios presentes no edital.

A prova terá 60 questões de múltipla escolha, constituída por itens de língua portuguesa, raciocínio lógico quantitativo, ética no serviço publico e noções de administração.

O cargo de agente censitário terá, também, itens de noções de informática. Será considerado aprovado na prova objetiva o candidato que acertar, no mínimo, 30% do total da prova e acertar, pelo menos, uma questão de cada módulo.

Os locais de prova serão divulgados com antecedência pela FGV. É aconselhável que o candidato chegue pelo menos com uma hora de antecedência para fazer a prova.

A divulgação dos gabaritos preliminares será no dia seguinte a prova objetiva, o gabarito e o resultado definitivo serão publicados no dia 6 de janeiro de 2020, e o resultado final dia 10 do mesmo mês.

O prazo de validade do concurso será de um ano, contato a partir da data de homologação do resultado final no Diário Oficial da União, podendo ser prorrogado por igual período.

Veja também...