Comentários sobre a Questão 1559

Disciplina: Conhecimentos Específicos | Comentários: 6

  • Questão 1559. Conhecimentos Específicos - Nível Médio - Técnico Administrativo - MPU - CESPE

  • Considere que, após aprovação em concurso público de provas e títulos para cargo de professor da Fundação Universidade de Brasília, universidade pública federal, Frederico, que não possuía qualquer vínculo com o serviço público, entrou em exercício e, conseqüentemente, submeteu-se ao estágio probatório, durante o qual cometeu crime contra a administração pública. Nesses termos, servidor deverá ser:

Gabarito: b


Questão relacionada a um simulado publicado nesta categoria: Simulados para Concursos


Comentários Questão

    CRISTIANO SOARES DE OLIVEIRA

    Por tiba em 19/8/2010 às 13:04:27

    a resposta é "b"vide art.20 2ºparágrafo da lei 8112/90

    Reginaldo Freitas

    Por regifisico em 13/04/2013 às 15:45:47

    A resposta é a letra B, pois ao entrar em exercício já é servidor efetivo, porém ainda não é estável, sendo assim dó é demitido quem possui estabilidade, e quem não a possui é exonerado. ver art. 20.§ 2º lei 8112-90

    Adilson

    Por adison em 24/06/2016 às 15:10:33

    Demissão! Consoante art. 132, I, da Lei 8.112/90. Pois, a DEMISSÃO é PUNIÇÃO, ao passo que os outros itens da questão não são.

    Denise do Valle Bueno

    Por denisebueno em 09/12/2016 às 22:01:55

    Está errado, é demissão
    a exoneração pode ser pedida pelo servidor ou vir de oficio pela administração
    já a demissão é justamento para punir o servidor, e tb impede ele de conseguir fazer novos concursos por um tempo

    Cleidinaldo Tavares

    Por ctavares em 18/07/2017 às 21:02:21

    Concordo com Denisebueno. A demissão independe de o servidor ser estável ou não! Como a demissão é uma punição e esta, decorre de falta grave, no caso em tela, a pena é DEMISSÃO!

    ELIVALDO almeida

    Por elivaldo2018 em 12/09/2018 às 07:18:11

    ato punitivél: DEMISSÃO


Comentar Questão

Para comentar é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.