Questão 1623: Considere os destaques retirados do Texto II e a indica&c...

Responda abaixo: Considere os destaques retirados do Texto II e a indicação de sua classe gramatical: I - “...que o distingue dos animais,” (l. 6-7) –...

Questão 1623 | Português, Técnico Administrativo, BNDES, CESGRANRIO, Ensino Médio

Texto associado.
Texto II

O que é uma virtude


O que é uma virtude? É uma força que age, ou
que pode agir. Assim a virtude de um remédio é tratar, a
virtude de uma faca é cortar... e a virtude de um homem?
Se todo ser possui seu poder específico,
perguntemo-nos qual é a excelência própria do homem.
Aristóteles respondia que é o que o distingue dos animais,
ou seja, a vida racional. Mas a razão não basta:
também é necessário o desejo, a educação, o hábito, a
memória... O desejo de um homem não é o de um
animal, nem os desejos de um homem educado são os
de um selvagem ou de um ignorante. Toda virtude é, pois,
histórica, como toda humanidade, e ambas, no homem
virtuoso, sempre coincidem: a virtude de um homem é o
que o faz humano, ou antes, é o poder específico que
tem o homem de afirmar sua excelência própria, isto é,
sua humanidade.
A virtude é uma maneira de ser, mas adquirida e
duradoura; é nossa maneira de ser e agir humanamente,
nossa capacidade de agir bem.
“Não há nada mais belo e mais legítimo do que o
homem agir bem e devidamente”, diz Montaigne.
A virtude é uma disposição adquirida de fazer o
bem. É preciso dizer mais, ela é o próprio bem, em
espírito e em verdade. Não o Bem absoluto, não o Bem
em si, que bastaria conhecer. O bem não é para se
contemplar, é para se fazer.
Assim é a virtude: é o esforço para se portar bem
na relação consigo e com os outros.
A virtude pode ser ensinada, mais pelo exemplo,
do que pelos livros. Mas, por que ler a seu respeito?
Para tentar compreender o que deveríamos fazer ou
ser, e medir com isso, pelo menos intelectualmente, o
caminho que daí nos separa de sua realização.

SPONVILLE, André Comte. O pequeno tratado das grandes
virtudes. Ed. Martins Fontes. 1999 (Fragmentos do Preâmbulo)
Considere os destaques retirados do Texto II e a indicação de sua classe gramatical:

I - “...que o distingue dos animais,” (l. 6-7) – pronome
pessoal oblíquo átono
II - “ou seja, a vida racional.” (l. 7) – adjetivo.
III - “...uma disposição adquirida de fazer o bem.” (l. 22-23)
– advérbio.
IV- “...e com os outros.” (l. 28) – pronome indefinido

Estão corretos APENAS os destaques/classes gramaticais