Comentários sobre a Questão 2974

Disciplina: Direito Previdenciário | Comentários: 15

  • Questão 2974. Direito Previdenciário - Nível Médio - Técnico Previdenciário - INSS - BD

  • A respeito da aposentadoria especial, assinale a alternativa CORRETA:

Gabarito: b


Questão relacionada a um simulado publicado nesta categoria: Simulados para Concursos


Comentários Questão

    Monica Stein

    Por monicastein em 22/01/2012 às 11:11:09

    a aposentadoria especial será devida ao segurado a partir do desligamento do emprego, independentemente da data do requerimento - Segurado Empregado: a partir do 16º dia ou data entrada do requerimento; Domestica/Individual/trab. avulso/Espeial ou Facultativo: data do incio da incapacidade ou entrada do requerimento depois dos 30 dias.

      cleverson martin dantas

    Por clevedantas em 07/08/2014 às 10:54:43

    Não concordo com o gabarito apresentado como correta letra B, uma vez que abaixo se encontra publicado no próprio site do INSS, no que se refere a aposentadoria especial, algo que pode me dizer no que estou errando, obrigado...

    VI- valor do benefício: Média dos 80% maiores salários de contribuição desde a competência julho/1994 até a data de entrada do requerimento, sem aplicação do fator previdenciário.

    HELOISE

    Por admheloise em 11/11/2014 às 16:46:27

    Decreto 3048
    Art. 39. A renda mensal do benefício de prestação continuada será calculada aplicando-se sobre o salário-de-benefício os seguintes percentuais:
    I - auxílio-doença - noventa e um por cento do salário-de-benefício;
    II - aposentadoria por invalidez - cem por cento do salário-de-benefício;
    III - aposentadoria por idade - setenta por cento do salário-de-benefício, mais um por cento deste por grupo de doze contribuições mensais, até o máximo de trinta por cento;
    IV - aposentadoria por tempo de contribuição:
    a) para a mulher - cem por cento do salário-de-benefício aos trinta anos de contribuição;
    b) para o homem - cem por cento do salário-de-benefício aos trinta e cinco anos de contribuição; e
    c) cem por cento do salário-de-benefício, para o professor aos trinta anos, e para a professora aos vinte e cinco anos de contribuição e de efetivo exercício em função de magistério na educação infantil, no ensino fundamental ou no ensino médio;
    d) cem por cento do salário-de-benefício, para o segurado que comprovar, na condição de pessoa com deficiência, o tempo de contribuição disposto no art. 70-B; (Incluído pelo Decreto nº 8.145, de 2013)
    V - aposentadoria especial - cem por cento do salário-de-benefício; e
    VI - auxílio-acidente - cinqüenta por cento do salário-de-benefício.

    Bruna Nesello Siqueira

    Por bnesello em 22/12/2014 às 13:35:03

    Cleve Dantas, esse não é o valor do beneficio. Para o cálculo do salário-de-benefício será utilizado 80% DOS MAIORES salários-de-contribuição, assim se chegará no salário-de-benefício. Há diferenças.

    IGOR FABRÍCIO ROCHA DE OLIVEIRA

    Por iguinhocv em 15/01/2015 às 17:43:39

    A letra C para mim parece bem coerente, como correto, pois para poder se aposentar como especial é necessário a comprovação de trabalho de condições insalubres da P.P.P emitido pela empresa.
    A não ser que ao final diz: ocasionais e intermitentes, no qual ainda julgo como correto.

    IGOR FABRÍCIO ROCHA DE OLIVEIRA

    Por iguinhocv em 15/01/2015 às 17:46:14

    Porém a Renda Mensal Inicial, que é o 100% só salario de beneficio, também estar correta, porque os 80% maiores salários é a base de calculo para se chegar qual salário o aposentado vai receber, somente... Ele vai receber 100% da média dos 80% dos maiores salários como aposentadorias.

    Jonathan A. M. Bernardo

    Por natan525 em 28/01/2015 às 11:53:11

    Também optei pela C .....

    Raquel R S G

    Por kelzinha em 12/03/2015 às 23:15:13

    Lei 8.213/91,Art.57, § 3º diz:A concessão da aposentadoria especial dependerá da comprovação pelo segurado,perante o INSS,do tempo de trabalho PERMANENTE,NÃO OCASIONAL NEM INTERMITENTE,em condições especiais que prejudiquem a saúde ou a integridade física,durante o período mínimo fixado.

    Tatiana Barros Capobianco

    Por tatianainss em 15/04/2015 às 17:09:17

    Achei muito estranho a resposta ser a letra "B" por um fato único: "não podendo ser inferior ao salário mínimo, nem superior ao limite máximo do salário-de-contribuição". Pelo que sei, realmente precisa ser respeitado os limites, porém, o limite máximo não é o salario de contribuição, mas sim o teto do INSS.
    Respondi letra "D" porque no meu ver, pra aposentadoria ser especial, o dependente precisa estar exposto permanentemente em condições especiais, e, se somar o tempo de serviço em condições normais, desfigura-se então a aposentadoria especial.
    Alguém concorda?

    Pedro Silva

    Por phlookup em 20/04/2015 às 21:25:13

    Na minha opinião, seria a opção C.

    Para ter direito à aposentadoria especial, além do
    tempo trabalhado, deverá ser comprovada a efetiva
    exposição a agentes nocivos químicos, físicos
    ou biológicos ou associação desses
    agentes prejudiciais à saúde ou à
    integridade física pelo período exigido
    para a concessão do benefício (15, 20
    ou 25 anos).

    Paulo

    Por deathcon4 em 27/04/2015 às 15:29:46

    Artigo 57, §1º da Lei 8213. é a resposta. Sem tirar nem por, acrescido do artigo 33 que diz não poder ser menor e nem maior que o salário de contribuição vigente.

    ygor regato

    Por ygorregato em 26/05/2015 às 22:44:14

    Tatiana, o que desconfigura a aposentadoria especial é a conversão de atividades comuns para atividades insalubres, todavia, pode ser convertido o tempo de atividade insalubre para tempo de atividades comuns para contagem de contribuição.

    bruno dias

    Por breed em 30/09/2015 às 22:06:50

    o tempo de trabalho exercido em condições especiais não poderá ser somado ao tempo de trabalho exercido em atividade comum;
    A respeito da aposentadoria especial, como diz a questão, não é possível somar, se soma, não pode se aposentar pela ESPECIAL, então ta meio estranha essa questão.

    entendo que para fins de aposentadoria especial, o tempo comum não pode ser somado.

    marquei a D.

    vanessa s

    Por vsouzam em 25/11/2015 às 15:09:02

    optei pela letra c


Comentar Questão

Para comentar é preciso Entrar ou Cadastrar-se. É simples e rápido!

Não elaboramos as questões, apenas as transcrevemos de provas já aplicadas em concursos públicos anteriores.