Questões de Concursos Soldado PM voluntário

Resolva Questões de Concursos Soldado PM voluntário Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 12 - Questão 2890.   Português - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Leia o texto para responder às questões de números 01 a 05.

    Solteiros e solteiras
      Uma queixa habitual das mulheres é de que faltam homens
    na praça − leia-se homens solteiros e disponíveis. Mas o IBGE,
    que veio ao mundo para desfazer dúvidas quantitativas, acaba de
    apurar que há 31,9 milhões de homens solteiros no Brasil contra
    30,4 milhões de mulheres. Ou seja, com um saldo de 1,5 milhão
    de homens prontos para o abate, não será por falta de material
    que tantas mulheres continuarão encalhadas.
      O problema, no entanto, não é estatístico, mas comportamental:
    a tendência do homem a não ter pressa de assumir compromissos
    sérios e passar anos pesquisando o mercado antes de se
    decidir a investir. Sempre foi assim.
      E, se a querida leitora já estava desanimada, lamento informála
    de que a situação tem tudo para piorar. Com a recente mania
    dos homens de continuarem morando com a mãe até os 40 anos,
    a taxa de rapazes casadouros promete diminuir ainda mais.
      Segundo o IBGE, essa discrepância quantitativa não é geograficamente
    uniforme, alguns Estados do Brasil serão mais propícios
    do que outros para que as mulheres encontrem seu par do baralho.
      Nesse sentido, nenhum supera Santa Catarina. Lá são 122
    solteiros para cada cem solteiras. Outros Estados em que a oferta
    masculina é considerável são Tocantins, Mato Grosso e Espírito
    Santo. Já São Paulo está apenas na média: 108 contra cem. E, em
    alguns Estados, há tantos homens quanto mulheres.
      O Rio, por exemplo, tem pequeno déficit: são 99,55 homens
    para cada cem mulheres − o 0,45 saiu para comprar cigarros e
    não voltou.
      Já no Distrito Federal faltam nove homens para as cem mulheres.
    Se o amigo nunca encontrou motivo para ir até lá, agora
    já tem um.

    (Ruy Castro, Folha de S.Paulo, 13.09.2010. Adaptado)
  • Assinale a alternativa em cujo trecho o cronista usou o humor para expressar suas ideias.
  • 13 - Questão 2897.   Português - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Leia o texto para responder às questões de números 01 a 05.

    Solteiros e solteiras
      Uma queixa habitual das mulheres é de que faltam homens
    na praça − leia-se homens solteiros e disponíveis. Mas o IBGE,
    que veio ao mundo para desfazer dúvidas quantitativas, acaba de
    apurar que há 31,9 milhões de homens solteiros no Brasil contra
    30,4 milhões de mulheres. Ou seja, com um saldo de 1,5 milhão
    de homens prontos para o abate, não será por falta de material
    que tantas mulheres continuarão encalhadas.
      O problema, no entanto, não é estatístico, mas comportamental:
    a tendência do homem a não ter pressa de assumir compromissos
    sérios e passar anos pesquisando o mercado antes de se
    decidir a investir. Sempre foi assim.
      E, se a querida leitora já estava desanimada, lamento informála
    de que a situação tem tudo para piorar. Com a recente mania
    dos homens de continuarem morando com a mãe até os 40 anos,
    a taxa de rapazes casadouros promete diminuir ainda mais.
      Segundo o IBGE, essa discrepância quantitativa não é geograficamente
    uniforme, alguns Estados do Brasil serão mais propícios
    do que outros para que as mulheres encontrem seu par do baralho.
      Nesse sentido, nenhum supera Santa Catarina. Lá são 122
    solteiros para cada cem solteiras. Outros Estados em que a oferta
    masculina é considerável são Tocantins, Mato Grosso e Espírito
    Santo. Já São Paulo está apenas na média: 108 contra cem. E, em
    alguns Estados, há tantos homens quanto mulheres.
      O Rio, por exemplo, tem pequeno déficit: são 99,55 homens
    para cada cem mulheres − o 0,45 saiu para comprar cigarros e
    não voltou.
      Já no Distrito Federal faltam nove homens para as cem mulheres.
    Se o amigo nunca encontrou motivo para ir até lá, agora
    já tem um.

    (Ruy Castro, Folha de S.Paulo, 13.09.2010. Adaptado)
  • Assinale a alternativa correta quanto ao emprego do acento indicativo de crase.
  • 14 - Questão 2885.   Matemática - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Para um show, foram vendidos 2 000 ingressos, sendo que 30% deles foram vendidos com 50% de desconto. Sabendo- -se que o valor total arrecadado com a venda desses ingressos foi de R$ 51.000,00, então o valor de um ingresso, sem o desconto, era de
  • 15 - Questão 2880.   Geografia - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Considere as seguintes características:

    I. vegetação predominante de floresta equatorial;
    II. presença de grande número de rios extensos e volumosos;
    III. recente ocupação através da expansão da fronteira agrícola;
    IV. envolta em polêmica devido à construção de três usinas
    hidrelétricas.

    As características apresentadas referem-se à Região
  • 16 - Questão 2896.   Português - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Leia o texto para responder às questões de números 01 a 05.

    Solteiros e solteiras
      Uma queixa habitual das mulheres é de que faltam homens
    na praça − leia-se homens solteiros e disponíveis. Mas o IBGE,
    que veio ao mundo para desfazer dúvidas quantitativas, acaba de
    apurar que há 31,9 milhões de homens solteiros no Brasil contra
    30,4 milhões de mulheres. Ou seja, com um saldo de 1,5 milhão
    de homens prontos para o abate, não será por falta de material
    que tantas mulheres continuarão encalhadas.
      O problema, no entanto, não é estatístico, mas comportamental:
    a tendência do homem a não ter pressa de assumir compromissos
    sérios e passar anos pesquisando o mercado antes de se
    decidir a investir. Sempre foi assim.
      E, se a querida leitora já estava desanimada, lamento informála
    de que a situação tem tudo para piorar. Com a recente mania
    dos homens de continuarem morando com a mãe até os 40 anos,
    a taxa de rapazes casadouros promete diminuir ainda mais.
      Segundo o IBGE, essa discrepância quantitativa não é geograficamente
    uniforme, alguns Estados do Brasil serão mais propícios
    do que outros para que as mulheres encontrem seu par do baralho.
      Nesse sentido, nenhum supera Santa Catarina. Lá são 122
    solteiros para cada cem solteiras. Outros Estados em que a oferta
    masculina é considerável são Tocantins, Mato Grosso e Espírito
    Santo. Já São Paulo está apenas na média: 108 contra cem. E, em
    alguns Estados, há tantos homens quanto mulheres.
      O Rio, por exemplo, tem pequeno déficit: são 99,55 homens
    para cada cem mulheres − o 0,45 saiu para comprar cigarros e
    não voltou.
      Já no Distrito Federal faltam nove homens para as cem mulheres.
    Se o amigo nunca encontrou motivo para ir até lá, agora
    já tem um.

    (Ruy Castro, Folha de S.Paulo, 13.09.2010. Adaptado)
  • Considere o texto para responder às questões de números 08 e 09.

    Mototáxi terá de usar antena contra linha com cerol

    Antenas contra linhas com cerol e proteção para as pernas
    conhecidas como “mata-cachorro” passam a ser obrigatórias a
    partir de hoje em motos usadas para frete e transporte. As multas,
    porém, só serão aplicadas daqui a um ano.
    De acordo com o Denatran (Departamento Nacional de
    Trânsito), o prazo está estabelecido em uma lei que trata da regulamentação
    da profissão de mototáxi e motofretista e serve para
    a adaptação às novas regras.
    Ontem o Órgão confirmou que as multas irão ocorrer apenas
    em 2012.

    (Folha de S.Paulo, 04.08.2011. Adaptado)

    Em − As multas, porém, só serão aplicadas daqui a um ano. −
    o termo em destaque pode ser substituído, sem alterar o
    sentido do texto, por
  • 17 - Questão 2892.   Português - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Leia o texto para responder às questões de números 01 a 05.

    Solteiros e solteiras
      Uma queixa habitual das mulheres é de que faltam homens
    na praça − leia-se homens solteiros e disponíveis. Mas o IBGE,
    que veio ao mundo para desfazer dúvidas quantitativas, acaba de
    apurar que há 31,9 milhões de homens solteiros no Brasil contra
    30,4 milhões de mulheres. Ou seja, com um saldo de 1,5 milhão
    de homens prontos para o abate, não será por falta de material
    que tantas mulheres continuarão encalhadas.
      O problema, no entanto, não é estatístico, mas comportamental:
    a tendência do homem a não ter pressa de assumir compromissos
    sérios e passar anos pesquisando o mercado antes de se
    decidir a investir. Sempre foi assim.
      E, se a querida leitora já estava desanimada, lamento informála
    de que a situação tem tudo para piorar. Com a recente mania
    dos homens de continuarem morando com a mãe até os 40 anos,
    a taxa de rapazes casadouros promete diminuir ainda mais.
      Segundo o IBGE, essa discrepância quantitativa não é geograficamente
    uniforme, alguns Estados do Brasil serão mais propícios
    do que outros para que as mulheres encontrem seu par do baralho.
      Nesse sentido, nenhum supera Santa Catarina. Lá são 122
    solteiros para cada cem solteiras. Outros Estados em que a oferta
    masculina é considerável são Tocantins, Mato Grosso e Espírito
    Santo. Já São Paulo está apenas na média: 108 contra cem. E, em
    alguns Estados, há tantos homens quanto mulheres.
      O Rio, por exemplo, tem pequeno déficit: são 99,55 homens
    para cada cem mulheres − o 0,45 saiu para comprar cigarros e
    não voltou.
      Já no Distrito Federal faltam nove homens para as cem mulheres.
    Se o amigo nunca encontrou motivo para ir até lá, agora
    já tem um.

    (Ruy Castro, Folha de S.Paulo, 13.09.2010. Adaptado)
  • Considere os trechos em destaque.

    I. Ou seja, com um saldo de 1,5 milhão de homens prontos para o abate...
    II. ... mais propícios do que outros para que as mulheres encontrem seu par do baralho.
    III. E, em alguns Estados, há tantos homens quanto mulheres.

    Apresenta(m) linguagem figurada
  • 18 - Questão 2898.   Português - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Leia o texto para responder às questões de números 01 a 05.

    Solteiros e solteiras
      Uma queixa habitual das mulheres é de que faltam homens
    na praça − leia-se homens solteiros e disponíveis. Mas o IBGE,
    que veio ao mundo para desfazer dúvidas quantitativas, acaba de
    apurar que há 31,9 milhões de homens solteiros no Brasil contra
    30,4 milhões de mulheres. Ou seja, com um saldo de 1,5 milhão
    de homens prontos para o abate, não será por falta de material
    que tantas mulheres continuarão encalhadas.
      O problema, no entanto, não é estatístico, mas comportamental:
    a tendência do homem a não ter pressa de assumir compromissos
    sérios e passar anos pesquisando o mercado antes de se
    decidir a investir. Sempre foi assim.
      E, se a querida leitora já estava desanimada, lamento informála
    de que a situação tem tudo para piorar. Com a recente mania
    dos homens de continuarem morando com a mãe até os 40 anos,
    a taxa de rapazes casadouros promete diminuir ainda mais.
      Segundo o IBGE, essa discrepância quantitativa não é geograficamente
    uniforme, alguns Estados do Brasil serão mais propícios
    do que outros para que as mulheres encontrem seu par do baralho.
      Nesse sentido, nenhum supera Santa Catarina. Lá são 122
    solteiros para cada cem solteiras. Outros Estados em que a oferta
    masculina é considerável são Tocantins, Mato Grosso e Espírito
    Santo. Já São Paulo está apenas na média: 108 contra cem. E, em
    alguns Estados, há tantos homens quanto mulheres.
      O Rio, por exemplo, tem pequeno déficit: são 99,55 homens
    para cada cem mulheres − o 0,45 saiu para comprar cigarros e
    não voltou.
      Já no Distrito Federal faltam nove homens para as cem mulheres.
    Se o amigo nunca encontrou motivo para ir até lá, agora
    já tem um.

    (Ruy Castro, Folha de S.Paulo, 13.09.2010. Adaptado)
  • Assinale a alternativa em que o pronome foi empregado de acordo com as normas gramaticais.
  • 19 - Questão 2886.   Matemática - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Alberto e Bruno estudam na mesma classe e levaram, respectivamente, 1h e 16 min e 1,6 h para resolver a prova de matemática aplicada num certo dia. Considerando o tempo gasto por cada um deles para resolver a prova, pode-se concluir que
  • 20 - Questão 2875.   Geografia - Nível Médio - Soldado PM voluntário - Polícia Militar SP - VUNESP
  • Analise o gráfico a seguir.