Questões de Concursos Tecnologista Júnior

Resolva Questões de Concursos Tecnologista Júnior Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 11 - Questão 10863.   Radiologia - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • A adoção de programas de garantia de qualidade de imagens radiográficas por serviços de radiodiagnóstico é indispensável para a obtenção de imagens que permitam correta interpretação; além disso, garante que o paciente seja exposto a quantidades de radiação minimizadas e otimizadas. Esses programas pressupõem, além da adequação de procedimentos, a realização de testes e medições. Nesse sentido, para a realização de um conjunto mínimo de testes de qualidade em equipamentos de radiodiagnóstico médico, são necessários procedimentos que confirmem o bom desempenho desses equipamentos ou indiquem a necessidade de sua manutenção corretiva. Acerca desse assunto, julgue o item que se segue.
    Para a avaliação do nível de ruído, da uniformidade e da exatidão do valor médio do número de cortes tomográficos de tomógrafos computadorizados, deve-se efetuar corte utilizando-se parâmetros típicos para exame de abdome.
  • 12 - Questão 10853.   Radiologia - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • Julgue o item a seguir, referente à qualidade das imagens radiográficas.
    Sensitometria é o estudo da relação entre a intensidade da exposição do filme e o enegrecimento após o seu processamento.
  • 13 - Questão 10866.   Radiologia - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • Com relação a proteção radiológica e dosimetria, julgue o item subsequente.
    Limitação dos riscos de efeitos estocásticos e determinísticos, justificação e otimização são princípios básicos de radioproteção.
  • 14 - Questão 10830.   Radiologia - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • Em relação à produção, à emissão e à interação dos raios X com a matéria, julgue o item a seguir. 
    No efeito fotoelétrico, há formação de radiação característica pela interação entre o feixe de raios X e o tecido.
  • 15 - Questão 10854.   Radiologia - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • Julgue o item a seguir, referente à qualidade das imagens radiográficas.
    A densidade óptica é uma função logarítmica definida pela relação entre a luz incidente no filme processado e o nível de luz transmitida através desse filme.
  • 17 - Questão 10821.   Direito Sanitário - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • A regionalização é uma diretriz do SUS e um eixo estruturante do Pacto de Gestão e deve orientar a descentralização das ações e serviços de saúde e os processos de negociação e pactuação entre os gestores. Nesse sentido, julgue o item subsequente, relativo às regiões de saúde.

    As regiões de saúde são recortes territoriais em espaço geográfico contínuo, identificadas pelos gestores municipais e estaduais a partir de identidades comuns culturais, econômicas ou sociais e da existência de interligações por redes de comunicação, infraestrutura ou transportes.
  • 18 - Questão 10826.   Radiologia - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • Em relação à produção, à emissão e à interação dos raios X com a matéria, julgue o item a seguir. 
    Bremsstrahlung, também chamado de radiação de frenagem, é produzida pelo choque do feixe de elétrons com elétrons da camada K do anodo.
  • 19 - Questão 10841.   Radiologia - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • Com referência ao tubo de um aparelho radiográfico convencional, julgue o item subsequente.
    Anodos estacionários são utilizados em aparelhos com alta demanda de carga e de longo tempo de produção de raios X, como os arcos em C para arteriografia.
  • 20 - Questão 10844.   Radiologia - Nível Superior - Tecnologista Júnior - INCA - CESPE - 2010
  • Julgue o item que se segue, relativo à fluoroscopia.
    O fato de haver uma variação positiva entre o diâmetro da saída do intensificador e o diâmetro da entrada da câmara de televisão é um fator de intensificação do brilho na fluoroscopia.