Questões de Concursos - Biomedicina - Exercícios com Gabarito

Questões de Concursos Públicos - Biomedicina - com Gabarito. Exercícios com Perguntas e Respostas, Resolvidas e Comentadas. Acesse Grátis!


Na radiologia convencional, os raios X são emitidos através de uma janela da ampola de vidro ou metal, formando um feixe de energias variadas capaz de interagir com os átomos do corpo do paciente sob as formas de efeito Compton e efeito fotoelétrico. A respeito dos fatores que governam essas duas interações e suas consequências em termos de qualidade de imagem, a
Um paciente após assepsia correta, coletou a 1ª urina da manhã por jato médio e enviou no gelo ao laboratório. Devemos considerar como mínimo indicativo de infecção urinária a seguinte contagem em placa após semeadura de 0,1mL da diluição 1/100:
Assinale a alternativa que indica o nome de uma sequência de três nucleotídeos do DNA (ácido desoxirribonucleico) ou de RNA (ácido ribonucleico) que especifica um único aminoácido.
Acerca de proteínas, enzimas, DNA e RNA, julgue os itens subsequentes. As enzimas, proteínas produzidas sob o controle do DNA, desempenham o papel de acelerar determinadas reações químicas por meio da síntese ou degradação de moléculas.
Os microaerófilos são micro-organismos muitas vezes causadores de patologias nosocomiais e ambulatoriais. Analise as afirmativas abaixo:

I – Os microaerófilos só crescem na ausência de oxigênio.
II – Bactérias como a Klebsiella pneumoniae, Proteus mirabilis e Staphylococcus aureus são considerados microaerófilos.
III – Os micro-organismos microaerófilos crescem bem em ambiente hermético junto com uma vela acesa, onde é reproduzido um ambiente composto pelo aumento da concentração de dióxido de carbono.
IV – Os microaerófilos sofrem lise da parede celular quando expostos ao gás oxigênio.
V – Um dos meios de cultura comumente utilizados na jarra de microaerofilia é o ágar-chocolate.

Estão corretas somente as afirmativas:
Na detecção Laboratorial da resistência bacteriana aos antimicrobianos são empregadas várias metodologias. Tais métodos nem sempre são os mais eficazes, porém são os que o laboratório possui condição de realizar devido ao custo e disponibilidade de técnicas mais avançadas. Com base nesta realidade, considere as frases a seguir:

I- Os halos de inibição por disco-difusão são plenamente confiáveis.
II- Todos os antimicrobianos devem ser testados por microdiluição.
III- As metodologias automatizadas possuem algumas limitações dependendo do micro-organismo analisado e do antimicrobiano testado.
IV- Alguns antimicrobianos não difundem adequadamente no ágar.
V- A microdiluição é um método rápido, de baixo custo e de fácil execução para a rotina laboratorial.

Sobre as afirmativas acima podemos dizer que estão corretas:
Para avaliação da atividade antimicrobiana de um extrato pelo método de microdiluição, utilizou-se inicialmente a concentração de 2mg/mL de extrato que foi diluída serialmente em 1:2 até o décimo tubo. Foi introduzido o inóculo bacteriano em turvação correspondente à escala 0,5 de MacFarland e incubado em estufa bacteriológica a 35ºC   1ºC por 24h. A leitura foi realizada e a turbidez apareceu a partir do quinto poço. Tendo em mãos estas informações, podemos afirmar que a CIM do extrato frente à cepa bacteriana testada é de:
Sobre a coleta de material clínico para exame microbiológico e a avaliação do resultado da cultura, devemos considerar como INCORRETA a seguinte premissa:

Um biomédico deseja obter leucócitos polimorfonucleares isolados dos demais componentes celulares do sangue humano utilizando soluções com diferentes densidades. A separação das células deve ser realizada de modo a evitar o desencadeamento de mecanismos que causem a morte celular ou ativem a produção de espécies reativas de oxigênio por essas células. Os tubos a serem usados para essa atividade resistem a temperaturas de até 200 ºC.

Considerando essa situação hipotética e os múltiplos aspectos a ela relacionados, julgue os seguintes itens.

A separação de células pode ser feita por centrifugação, devendo-se realizar o prévio balanceamento dos tubos antes de colocá-los na centrífuga.
Na preparação de extratos vegetais para avaliação de atividade antimicrobiana de produtos naturais, o técnico do laboratório deve:

I – Observar qual o solvente utilizado para não interferir no resultado da atividade antimicrobiana no teste.
II – Autoclavar o extrato para evitar contaminação microbiana do teste.
III – Filtrar em membrana 0,22μm todas as soluções empregadas, para eliminar bactérias, fungos e vírus que possam interferir no resultado.
IV – Sempre avaliar a atividade de inibição bacteriana com base na visualização da turbidez do meio.

Sobre as afirmativas acima, pode-se dizer que somente: