← Início

Questões de Concursos - Análises Clínicas - Exercícios com Gabarito

Questões de Concursos Públicos - Análises Clínicas - com Gabarito. Exercícios com Perguntas e Respostas, Resolvidas e Comentadas. Acesse Grátis!


Segundo WILLIAMSON, M. A. et al., a ferritina é a proteína de armazenamento celular do ferro, em que 1 nanograma de ferritina por mililitro indica uma reserva de ferro total de 10mg. No exame laboratorial, seus valores encontram-se elevados em algumas situações. Marque a alternativa abaixo que apresenta uma das situações na qual os valores de ferritina se encontram diminuídos:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), os carboidratos são os principais constituintes dos sistemas fisiológicos. Sobre o metabolismo de carboidratos no organismo humano, marque abaixo a alternativa incorreta:
De acordo com McPHERSON, R. A. et al. (2012), o eritrócito atua como veículo de transporte da hemoglobina, sendo também metabolicamente capaz de manter a hemoglobina em estado funcional. Em cada molécula de hemoglobina, há um grupo heme inserido em uma bolsa hidrofóbica de uma cadeia polipeptídica dobrada. Com base em seus conhecimentos sobre a hemoglobina, marque abaixo a alternativa correta:
Segundo WILLIAMSON, M. A. et al., o Fator Reumatoide auxilia no diagnóstico de Artrite Reumatoide, particularmente quando o diagnóstico clínico é difícil. Em relação ao Fator Reumatoide, marque abaixo a alternativa incorreta:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), uma ampla variedade de espécies bacterianas pode ser encontrada em amostras clínicas. Considerando seus conhecimentos sobre a bacteriologia clínica, marque abaixo a alternativa correta:
Leia as a afirmativas abaixo e marque a alternativa incorreta, segundo o que WILLIAMSON, M. A. et al., afirmam sobre os exames de Tempo de Protrombina (TP) e a Razão Normalizada Internacional (INR):
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), o exame microscópico da urina, somado à análise bioquímica com vareta medidora de nível, auxilia na detecção de processos patológicos renais e do trato urinário. A microscopia possibilita a detecção dos elementos celulares e acelulares da urina que não produzem reações bioquímicas distintas. Para realizar uma avaliação microscópica de urina de forma competente é preciso reconhecer as inúmeras entidades morfológicas existentes como: organismos, células hematopoéticas e epiteliais, cristais e cilindros. Em relação ao exame microscópico de urina, assinale a alternativa incorreta:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), a cavidade pleural é um espaço em potencial revestido pelo mesotélio da pleura visceral e parietal. A cavidade pleural normalmente contém uma pequena quantidade de líquido que facilita a movimentação das duas membranas uma contra a outra. Esse líquido é um filtrado de plasma derivado dos capilares da pleura parietal. É produzido continuamente a uma taxa dependente da pressão hidrostática capilar, pressão oncótica plasmática e permeabilidade capilar. O líquido pleural é reabsorvido pelos vasos linfáticos e vênulas da pleura visceral. Considerando seus conhecimentos sobre o líquido pleural, assinale abaixo a alternativa incorreta:
Segundo McPHERSON, R. A. et al. (2012), em relação à proteinúria de Bence Jones, marque a alternativa incorreta:
Segundo WILLIAMSON, M. A. et al., os exames laboratoriais são parte integrante da medicina moderna, sendo importantes na tomada de decisão por médicos, enfermeiros e outros profissionais de saúde para o manejo geral em casos de doença. O Sistema de Saúde depende cada vez mais de serviços confiáveis dos laboratórios de análises clínicas. Assim sendo, antes que um método seja realizado rotineiramente, é indispensável que os protocolos de avaliação desse método assegurem que o procedimento de medida satisfaça critérios definidos. Para isto são utilizados alguns indicadores. Com base nos seus conhecimentos sobre os exames laboratoriais, leia as afirmativas abaixo e marque a alternativa correta:

I- Quatro indicadores são usados com frequência para determinar a fidedignidade de um exame laboratorial clínico. Dois deles, sensibilidade e especificidade, refletem o desempenho do método de teste no dia a dia do laboratório. Os outros dois, acurácia e precisão, indicam a capacidade do teste de distinguir entre doença e ausência de doença.
II- A sensibilidade é definida como a capacidade do exame de identificar corretamente as pessoas que não têm a doença.
III- A precisão é a capacidade de um exame de apresentar o mesmo resultado quando repetido no mesmo paciente ou na mesma amostra.
IV- A especificidade é definida como a capacidade do exame de identificar corretamente as pessoas que têm a doença.
V- A acurácia é a capacidade de um exame de medir o que afirma medir, e é definida como a proporção de resultados (positivos e negativos) corretos.