Questões de Ciência e Inovação Tecnológica para Concursos

Resolva Questões de Ciência e Inovação Tecnológica para Concursos Grátis. Exercícios com Perguntas e Respostas. Provas Online com Gabarito.

  • 1 - Questão 21854.   Atualidades - Ciência e Inovação Tecnológica - Nível Médio - Técnico Bancário - BANESE - CESPE - 2004
  • A Internet só atingiu o grande público há dez anos. E, em tão pouco tempo, virou pelo avesso setores inteiros da vida política, econômica, social, cultural, associativa. A tal ponto que, neste momento, em referência ao estado da informação e da comunicação no mundo, pode-se falar de uma "nova ordem Internet". Nada é como antes. A aceleração e a confiabilidade das redes mudaram a maneira de se comunicar, de estudar, de comprar, de se informar, de se distrair, de se organizar, de se instruir e de trabalhar de uma parcela importante de habitantes do planeta. O correio eletrônico e a consulta à Internet colocam o computador no centro de um dispositivo de trocas que mexe com todo o universo profissional em todos os setores de atividades. 19% dos habitantes da Terra representam 91% dos usuários da Internet. A África conta atualmente com 1% de usuários da Internet, dos quais pouquíssimos são mulheres.

    Ignácio Ramonet (Le Monde diplomatique). A nova ordem Internet. In: Legis, Ano IV, n.º 34, jan./2004, p. 4 (com adaptações).

    Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os diversos aspectos que envolvem o tema abordado, julgue os itens de 34 a 41.
  • O continente africano é prova expressiva de que a "nova ordem Internet" democratiza o acesso à informação e ao conhecimento, reduzindo as diferenças entre países ricos e pobres.
  • 2 - Questão 21853.   Atualidades - Ciência e Inovação Tecnológica - Nível Médio - Técnico Bancário - BANESE - CESPE - 2004
  • A Internet só atingiu o grande público há dez anos. E, em tão pouco tempo, virou pelo avesso setores inteiros da vida política, econômica, social, cultural, associativa. A tal ponto que, neste momento, em referência ao estado da informação e da comunicação no mundo, pode-se falar de uma "nova ordem Internet". Nada é como antes. A aceleração e a confiabilidade das redes mudaram a maneira de se comunicar, de estudar, de comprar, de se informar, de se distrair, de se organizar, de se instruir e de trabalhar de uma parcela importante de habitantes do planeta. O correio eletrônico e a consulta à Internet colocam o computador no centro de um dispositivo de trocas que mexe com todo o universo profissional em todos os setores de atividades. 19% dos habitantes da Terra representam 91% dos usuários da Internet. A África conta atualmente com 1% de usuários da Internet, dos quais pouquíssimos são mulheres.

    Ignácio Ramonet (Le Monde diplomatique). A nova ordem Internet. In: Legis, Ano IV, n.º 34, jan./2004, p. 4 (com adaptações).

    Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os diversos aspectos que envolvem o tema abordado, julgue os itens de 34 a 41.
  • Além dos evidentes efeitos nas atividades econômicas, as novas tecnologias utilizadas pelos modernos meios de comunicação e de informação influenciam comportamentos e contribuem decisivamente para mudanças na vida cotidiana de milhões de pessoas pelo mundo afora.
  • 3 - Questão 21855.   Atualidades - Ciência e Inovação Tecnológica - Nível Médio - Técnico Bancário - BANESE - CESPE - 2004
  • A Internet só atingiu o grande público há dez anos. E, em tão pouco tempo, virou pelo avesso setores inteiros da vida política, econômica, social, cultural, associativa. A tal ponto que, neste momento, em referência ao estado da informação e da comunicação no mundo, pode-se falar de uma "nova ordem Internet". Nada é como antes. A aceleração e a confiabilidade das redes mudaram a maneira de se comunicar, de estudar, de comprar, de se informar, de se distrair, de se organizar, de se instruir e de trabalhar de uma parcela importante de habitantes do planeta. O correio eletrônico e a consulta à Internet colocam o computador no centro de um dispositivo de trocas que mexe com todo o universo profissional em todos os setores de atividades. 19% dos habitantes da Terra representam 91% dos usuários da Internet. A África conta atualmente com 1% de usuários da Internet, dos quais pouquíssimos são mulheres.

    Ignácio Ramonet (Le Monde diplomatique). A nova ordem Internet. In: Legis, Ano IV, n.º 34, jan./2004, p. 4 (com adaptações).

    Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os diversos aspectos que envolvem o tema abordado, julgue os itens de 34 a 41.
  • Nos dias de hoje, a popularização do correio eletrônico resulta na acelerada decadência dos tradicionais serviços postais, condenando as antigas empresas de correio ao desaparecimento.
  • 4 - Questão 21852.   Atualidades - Ciência e Inovação Tecnológica - Nível Médio - Técnico Bancário - BANESE - CESPE - 2004
  • A Internet só atingiu o grande público há dez anos. E, em tão pouco tempo, virou pelo avesso setores inteiros da vida política, econômica, social, cultural, associativa. A tal ponto que, neste momento, em referência ao estado da informação e da comunicação no mundo, pode-se falar de uma "nova ordem Internet". Nada é como antes. A aceleração e a confiabilidade das redes mudaram a maneira de se comunicar, de estudar, de comprar, de se informar, de se distrair, de se organizar, de se instruir e de trabalhar de uma parcela importante de habitantes do planeta. O correio eletrônico e a consulta à Internet colocam o computador no centro de um dispositivo de trocas que mexe com todo o universo profissional em todos os setores de atividades. 19% dos habitantes da Terra representam 91% dos usuários da Internet. A África conta atualmente com 1% de usuários da Internet, dos quais pouquíssimos são mulheres.

    Ignácio Ramonet (Le Monde diplomatique). A nova ordem Internet. In: Legis, Ano IV, n.º 34, jan./2004, p. 4 (com adaptações).

    Tendo o texto acima como referência inicial e considerando os diversos aspectos que envolvem o tema abordado, julgue os itens de 34 a 41.
  • O texto focaliza um aspecto essencial do atual estágio da economia mundial, comumente chamado de globalização, fundamentado na centralidade do avanço do conhecimento científico e das inovações tecnológicas para a configuração da sociedade contemporânea.