← Início

Questões de Concursos - Cirurgia Geral - Exercícios com Gabarito

Questões de Concursos Públicos - Cirurgia Geral - com Gabarito. Exercícios com Perguntas e Respostas, Resolvidas e Comentadas. Acesse Grátis!


Uma mulher de 62 anos de idade foi ejetada do veículo durante uma colisão automobilística. A caminho do serviço de emergência, a equipe de atendimento pré-hospitalar relata que a sua frequência cardiaca é de 130 batimentos/minuto, a pressão sanguínea é 83x46 mmHg e a frequência respiratória é de 30 incursões/minuto. A vítima encontra-se confusa e seu re-enchimento capilar periférico está retardado. A via aérea está permeável, mas ela está em insuficiência respiratória, com distensão das veias do pescoço, ausência de murmúrio vesicular no hemitórax direito e desvio da traqueia para a esquerda. Diante do quadro apresentado, qual é a melhor conduta a ser tomada?
Um tempo básico da técnica operatória é a síntese, onde deve-se aproximar as bordas da ferida operatória para reconstituir a integridade anatômica e funcional do órgão/tecido que sofreu a diérese. Assinale a alternativa correta em relação à síntese.
Mulher de 38 anos procura ambulatório de clínica geral devido cefaleia com as seguintes características:

INÍCIO: súbito
TÉRMINO: súbito
DURAÇÃO: curta
INTENSIDADE: forte
LOCALIZAÇÃO: mandíbula e maxila direitas
FREQUÊNCIA: 8 a 12 vezes por dia
DESENCADEANTES: mastigação

A primeira conduta terapêutica a ser adotada é
A microbiologia da Infecção do Sítio Cirúrgico (ISC) é relacionada à flora bacteriana presente na área anatômica exposta após um procedimento particular e sendo relativamente fixa nas últimas décadas. Nos procedimentos contaminados e limpo-contaminados, a bactéria mais comum responsável pela ISC é
Criança do sexo masculino, de 1 ano e 2 meses de idade, deu entrada no pronto atendimento com história de evacuações escurecidas e de odor forte há 4 horas. A mãe dele negou dor, vômitos, febre, alterações cutâneas ou vacinação recente. Ela relatou ainda que a criança já havia apresentado 2 episódios de evacuações com grande quantidade de sangue, nos quais necessitou até de transfusão sanguínea. Qual é o diagnóstico?
Assinale a opção que indica a principal hipótese diagnóstica para um paciente que manifesta os seguintes sinais e sintomas: parestesia perioral, espasmos musculares, sinal de espasmo do carpo induzido por oclusão da artéria braquial decorrente de insuflação do manguito de um esfigmomanômetro acima da pressão arterial sistólica, sinal de contração involuntária dos músculos faciais (do canto da boca, olhos e nariz) induzida por percussão do nervo facial, e prolongamento do intervalo QT do eletrocardiograma (ECG).
Texto associado.
Um homem de 60 anos de idade com diagnóstico de colecistite crônica calculosa será submetido à colecistectomia videolaparoscópica. Ele também apresenta hipertensão arterial sistêmica, em uso de medicação, com bom controle da pressão; não tem outras queixas ou doenças associadas além das citadas e não faz uso de outros medicamentos.
Considerando o caso clínico apresentado, a avaliação pré-operatória desse paciente e o ato anestésico, julgue os itens subsequentes.

Em casos semelhantes ao apresentado, geralmente é permitido ao paciente, durante o período perioperatório, continuar utilizando as medicações anti-hipertensivas.
Logo após a indução da anestesia geral para redução de fratura de fêmur, um paciente sob ventilação mecânica apresenta queda progressiva no valor da capnometria. Qual é a causa mais provável?
As úlceras de pressão normalmente ocorrem em superfícies que suportam pressão, como a região occipital, cotovelo, trocanter maior, sacro e tuberosidades isquiáticas. Sobre elas, assinale a alternativa INCORRETA.
O divertículo faringoesofágico (de Zenker) é o mais comum divertículo esofágico encontrado hoje em dia. Ele é encontrado, especificamente, herniando no triângulo de Killian que apresenta os limites anatômicos dos músculos