← Início

Questões de Concursos - Desastres Naturais e Humanos - Exercícios com Gabarito

Questões de Concursos Públicos - Desastres Naturais e Humanos - com Gabarito. Exercícios com Perguntas e Respostas, Resolvidas e Comentadas. Acesse Grátis!


Analise a afirmativa a seguir.

“Para você ter queimada natural, você precisa da existência de raios.”

Disponível em: <https://g1.globo.com/natureza/

noticia/2019/08/19/queimadas-aumentam-82percent-em

relacao-ao-mesmo-periodo-de-2018.ghtml>.

Acesso em: 26 out. 2019.


A declaração do pesquisador do Programa Queimadas do Inpe, Alberto Setzer, corrobora com a tese de que parte das queimadas que atingiram o Brasil em meados de 2019


A queda, em março de 2015, no sul da França, do avião da Germanwings, companhia aérea alemã conhecida por vender passagens de baixo valor, foi causada
O desaparecimento do avião MH370, que teve início em 8 de março, com 239 pessoas a bordo, ainda intriga muitos. Os investigadores estão cada vez mais convencidos de que a aeronave foi desviada, talvez milhares de quilômetros fora de seu curso, por alguém com profundo conhecimento do Boeing 777 e de navegação comercial. Diante do exposto, assinale a alternativa que apresenta o nome do país de origem desse voo desaparecido.
Um ano após o incêndio que destruiu a Estação Comandante Ferraz (EACF), vitimando dois militares, o Brasil, em sua 31ª investida oficial no continente, prepara terreno para nova Estação. Desta vez, a operação não será destinada à pesquisa científica, mas para a remoção dos escombros deixados pelo incêndio. Com base nisso, assinale a alternativa que apresenta o nome do continente cuja nova estação será construída.
No mês de maio de 2011, neste estado brasileiro, a morte de um casal de extrativistas e de um agricultor aumentou a longa lista de assassinatos no campo

O estado mencionado no texto é
Com magnitude superior a sete graus, o terremoto no Haiti foi muito mais devastador que outros muito mais fortes, como o do Chile, ocorrido alguns meses depois. Tal fato pode ser explicado em função do elevado grau de empobrecimento desta nação, da qual pode-se afirmar, EXCETO:
O texto contextualiza o tema tratado nas questões de 21 a 23. Leia-o atentamente. 

“O Ministério do Trabalho e Previdência Social resgatou 1.010 trabalhadores em 2015 que estavam em condições análogas à escravidão. As 140 operações feitas pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel e por auditores fiscais do trabalho identificaram trabalhadores nessa situação em 90 dos 257 estabelecimentos fiscalizados, segundo balanço do ministério divulgado para marcar o Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo, lembrado hoje (28 de janeiro de 2015).” 

(Disponível em: http://agenciabrasil.ebc.com.br/direitos-humanos/noticia/2016-01/brasil-resgata-mais-de-mil-trabalhadores-de-condicoesanalogas.) 

O dia 28 de janeiro foi instituído como Dia do Auditor Fiscal do Trabalho e Dia Nacional de Combate ao Trabalho Escravo em homenagem aos auditores Eratóstenes de Almeida Gonsalves, João Batista Soares Lage e Nelson José da Silva e ao motorista Ailton Pereira de Oliveira. Eles foram mortos em 2004, quando investigavam denúncias de trabalho escravo no interior de Minas Gerais, num crime que ficou nacionalmente conhecido como Chacina de: 
No início de abril, a Corte Especial do Tribunal Regional Federal da 1ª Região suspendeu uma liminar que garantia à Usina Hidrelétrica de Belo Monte o seu funcionamento. De acordo com o órgão, o reservatório da usina não pode ser formado até que

“O Ministério Público Federal (MPF) e a mineradora Vale fecharam um Termo de Ajuste Preliminar Extrajudicial (TAP-E) que assegura direitos a indígenas atingidos na tragédia de Brumadinho (MG). O TAP-E Pataxó, como foi apelidado o acordo, estabelece que os indígenas das etnias Pataxó e Pataxó Hã Hã Hãe deverão receber um pagamento mensal emergencial em moldes similares ao compromisso assumido pela Vale com moradores de Córrego do Feijão e do Parque da Cachoeira, comunidades que foram afetadas pelo rompimento da barragem Ida Mina Feijão, em Brumadinho.”


Disponível em: <https://www.hojeemdia.com.br/

horizontes/%C3%ADndios-atingidos-em-brumadinho-fecham

acordo-com-a-vale-1.705715>. Acesso em: 2 nov. 2019.


O TAP-E Pataxó reconhece os indígenas das etnias Pataxó e Pataxó Hã Hã Hãe como vítimas indiretas do rompimento da barragem I da Mina Feijão, em Brumadinho, uma vez que eles

Cidades cobertas pelas águas, mortos, desabrigados. Há 120 anos não chovia tanto em dois países europeus quanto em maio de 2014.

Esses países são